LATAM manterá redução de sua malha e operações em 95% no mês de maio

Devido às restrições de viagens e a histórica queda na demanda devido à COVID-19, o Grupo LATAM Airlines e suas subsidiárias anunciam que irão manter a redução de suas operações de passageiros em 95% durante maio de 2020.

EDIÇÃO DO DIÁRIO com agências


“Um mês e meio desde que diversos atores da indústria nos alertaram para a maior crise que o setor sofreu, hoje podemos observar que os impactos são mais profundos e que serão mais duradouros do que o inicialmente previsto”, disse o CEO do Grupo LATAM Airlines, Roberto Alvo. “Diante desse cenário adverso, é inevitável que o Grupo e suas subsidiárias redimensionem seu tamanho e a forma como operam”, afirmou Alvo.

Com relação às rotas domésticas, a LATAM informa que no Brasil e no Chile as operações continuarão reduzidas durante maio, com o objetivo de manter uma conectividade mínima nesses países. Na medida em que as permissões de operação existam e que se justifique a demanda, o Grupo LATAM Airlines e suas subsidiárias avaliarão o reinício de voos nos países onde estão presentes.

Nas rotas internacionais, durante o mês de maio, o Grupo LATAM Airlines e a LATAM Airlines Brasil esperam operar seis frequências semanais entre Santiago e Miami e três frequências entre São Paulo e Miami, respectivamente.

As alterações de itinerários para maio serão processadas a partir da próxima semana e os clientes serão comunicados oportunamente.

Latam Cargo

A LATAM Cargo, divisão de cargas do Grupo, cujas operações não foram limitadas pelas restrições de viagem, reforçou sua capacidade de apoiar exportações e importações, o abastecimento e o transporte de bens essenciais. Da mesma forma, a LATAM Cargo aumentou sua capacidade em 40% entre a América do Sul e a Europa e em 15% da América do Sul para Miami. Também lançou novas rotas de carga de Santiago para a Cidade do México e Los Angeles e está utilizando aviões de passageiros para operar dezenas de voos exclusivamente de cargas pelas Américas, e brevemente para a China para transportar insumos médicos para a América do Sul.

Voos humanitários

O Grupo LATAM Airlines e suas subsidiárias irão manter voos humanitários internacionais e fretamentos, dependendo das necessidades, das restrições legais e sujeitos à avaliação. Desde o início da crise, o Grupo e suas subsidiárias transportaram mais de 100.000 passageiros de volta para suas casas e 66 toneladas de carga humanitária no âmbito do programa Avião Solidário.

Paulo Atzingen
Paulo Atzingenhttps://www.diariodoturismo.com.br
Paulo Atzingen é paulista e jornalista profissional (DRT-185 PA) desde o ano 2000; cursou Letras e Artes e Comunicação Social na Universidade Federal do Pará (UFPA), É poeta, contista e cronista. Estuda gaita (harmônica).

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

Theatro Municipal de São Paulo terá passeio virtual nesta quinta-feira (9)

Iniciativa da Secretaria Municipal de Turismo tem como foco promover atrativos turísticos e culturais durante a pandemia de coronavírus Agências municipais com EDIÇÃO DO DIÁRIO ------------------------------------------------------------------------------------------------- Toda...

Avianca Brasil pede falência

Por Marcelo Vianna* Após entrar em recuperação judicial em dezembro de 2018, a Avianca Brasil pediu falência na última sexta-feira (03.07) perante à 1ª Vara de...

OMS orienta que viajantes encarem pandemia de Covid-19 com seriedade

GENEBRA (Reuters) - A Organização Mundial da Saúde (OMS) pediu aos viajantes nesta terça-feira que usem máscaras em aviões e se mantenham informados, à...

7 dicas para se profissionalizar na comunicação virtual

De repente, veio a pandemia, a quarentena e, com elas, mudanças na rotina profissional e na forma de comunicação. Reuniões virtuais, lives, webinars e...

O golpe do motoboy e a responsabilidade dos bancos

O golpe do motoboy é uma fraude efetuada em que os golpistas se passam por funcionários do banco, e ligam para o cliente informando...

Celso Guelfi, CEO da Global Travel Assistance: “Temos mais futuro que passado”

De acordo com dados da recente pesquisa Criteo (NASDAQ: CRTO) - uma empresa global de tecnologia -  68% dos brasileiros estão ansiosos para viajar...

Relacionadas

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias