Sem aviões, a United Airlines para de voar em sete rotas, incluindo a ligação entre Washington e São Paulo (Guarulhos)

AEROIN

United Airlines parou de voar em sete rotas, incluindo a ligação entre Washington e São Paulo (Guarulhos), mostram as informações da plataforma Cirium de inteligência de dados para aviação.

O motivo para a suspensão declarado pela empresa é a indisponibilidade de aeronaves, presumindo que os Boeing 767-400ER, que faziam a rota ao Brasil, por exemplo, tenham sido alocado para outros trechos.

Um dos principais problemas para a malha da empresa é a ausência de 52 Boeings 777-200 e 777-200ER, que estão parados desde o ano passado. Isto ocorreu quando a aeronave do modelo sofreu uma falha não contida no motor, levando todos os exemplares serem retirados de operação até que uma investigação concluísse o motivo e definisse um plano de remediação.

FAA (Administração Federal de Aviação dos EUA) já emitiu, em 11 de março, uma diretiva de aeronavegabilidade a respeito do modelo, indicando o que deve ser feito para que ele retorne a voar.

No entanto, a companhia aérea ainda não o colocou de volta à malha e isto impacta diretamente o planejamento de frota.

As rotas afetadas até o momento são:

A partir de Washington:

  • Washington – São Paulo
  • Washington – Genebra
  • Washington – Honolulu
  • Washington – Dublin

A partir de Newark:

  • Newark – Maui
  • Newark – Honolulu
  • Newark – Tóquio

 

1 COMENTÁRIO

  1. Não será a “saúde” financeira a afetar a UA? Usei muito, pois era a única com voos diretos GRU/IAD, já desativado há 2 anos. Gostaria que os voos dessa rota voltassem, facilita muito para que viaja a Washington.

Comentários estão fechados.

CADASTRE-SE GRATUITAMENTE

TENHA ACESSO À CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

+ 300 MATÉRIAS COM CONTEÚDO DIRECIONADO

RECEBA AS ATUALIZAÇÕES EM 1ª MÃO

Tenha acesso ILIMITADO ao conteúdo EXCLUSIVO de turismo.

Conteúdo exclusivo

Recentes

Mais do DT

Atendimento Comercial