Voo da Latam é cancelado por falha e passageiros dormem em Cumbica

Voo ia de Guarulhos para Foz de Iguaçu, no Paraná. Em casos de pernoite, Anac garante direitos

Por G1 São Paulo –

Um voo da Latam, que sairia do Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, na Grande São Paulo, para Foz de Iguaçu, no Paraná, foi cancelado na noite desta quarta-feira (3) em função de falha mecânica. Passageiros dormiram no aeroporto. Em nota, a Latam informou que “a medida também foi necessária para que a equipe de tripulantes não ultrapassasse o limite de horas de trabalho, previsto por lei” (leia nota na íntegra abaixo).

Na manhã desta quinta-feira (4), passageiros ainda reivindicavam direitos garantidos pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

O voo, que estava previsto para às 2h45 desta quarta-feira, foi cancelado e os passageiros direcionados para outro avião. Lá, foram informados de que não havia tripulação para aquela aeronave e o voo foi novamente cancelado e remarcado para às 9h30 desta quinta-feira.

Em casos de atrasos e cancelamentos de voos que causem pernoite, os passageiros têm direito a:

  • Ser acomodado em outro voo
  • Remarcar voo
  • Ligação telefônica e internet
  • Hospedagem
  • Alimentação
  • Transporte
  • Reembolso integral – neste caso, o uso deste direito anula todos os demais.

“A gente acabou falando com algumas pessoas para ver se eles arrumam hotel, eles falaram que não tinha hotel, que não tinha como arrumar hotel”, afirma um passageiro, que chegou a pedir alimentação para a companhia.

Um dos passageiros afirma que pelo menos dez pessoas conseguiram hospedagem pela companhia aérea por estarem com crianças ou idosos. Já os demais passageiros não foram atendidos e tiveram que ficar no aeroporto. “Eu estou tremendo de frio, não estava preparado. Não imaginava que ia ficar aqui esse tempo todo, sem acomodação nenhuma”, afirma Claudio.

Outra passageira, Maria José, passou mal e teve que ser atendida por funcionários do Aeroporto. “Eu sou hipertensa, passei mal, fiquei no pronto atendimento, sai 3h30 e vou ter que esperar até meu voo [às 9h30], porque não tem hotel”, reclama.

Segundo apurou o Bom Dia São Paulo, ao menos 15 reclamações foram protocoladas pela Anac.

Leia nota da Latam na íntegra

“A LATAM informou que, em virtude de uma manutenção corretiva, o voo JJ3557 (São Paulo-Guarulhos -Foz do Iguaçu), que partiria às 22h45 de ontem (3/5), foi cancelado. A medida também foi necessária para que a equipe de tripulantes não ultrapassasse o limite de horas de trabalho, previsto por lei.

O voo foi reprogramado sob o número JJ9000 com previsão para partir às 9h30 de hoje (4/5) para o destino final.

A companhia esclarece que está prestando a assistência necessária aos passageiros. A empresa reitera ainda que a segurança é um valor imprescindível e, sobretudo, todas as suas decisões visam garantir uma operação segura”, diz nota.

Avatar
Redaçãohttps://www.diariodoturismo.com.br
Primeiro e-Diário de Turismo do Brasil

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

Pesquisa revela: 38% dos brasileiros vai esperar 9 meses para entrar em avião

Pandemia cria novas formas de consumo a longo prazo para 67% dos brasileiros EDIÇÃO DO DIÁRIO com agências O isolamento social ditou uma nova forma de...

IATA: financiamento público de medidas de saúde deve ser assegurado

Nesta quinta-feira (2), o Conselho Internacional de Aeroportos de Montreal (ACI) e a Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA) solicitaram que os custos relacionados...

Porto de Galinhas faz mutirão de postagens “Meu Destino é Porto de Galinhas”

"Quando tudo isso passar, meu destino é #PortodeGalinhas" REDAÇÃO DO DIÁRIO Em uma ação coordenada entre os hoteleiros e o outros diversos segmentos do turismo receptivo...

Califórnia fecha bares e restaurantes na maior parte do Estado para deter Covid-19

SACRAMENTO, Califórnia (Reuters) - Salões internos de restaurantes, cinemas e outros estabelecimentos serão proibidos de funcionar na maior parte da Califórnia por pelo menos...

Imbróglio: Aeroporto de Natal, em São Gonçalo do Amarante, pode fechar

O novo aeroporto de Natal, em São Gonçalo do Amarante, foi construído pela iniciativa privada a partir de 2011, começou a operar em 2014...

O “assédio moral corporativo” e o novo normal

por Gervasio Tanabe* É chover no molhado comentar sobre os efeitos que a pandemia provoca no ecossistema do Turismo, o setor mais atingido em toda...

Relacionadas

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias