Infraero não terá participação nas concessões dos aeroportos do RS, BA, SC e CE

As principais obras que serão realizadas nesses aeroportos incluem expansão das pistas, novos terminais, entre outras

 

(Agência Estado)
A Secretaria de Aviação Civil (SAC) informou, por meio de nota à imprensa, que a Infraero não terá participação acionária nas concessões dos aeroportos Salgado Filho, em Porto Alegre (RS); Deputado Luís Eduardo Magalhães, em Salvador (BA); Hercílio Luz, em Florianópolis (SC); e Pinto Martins, em Fortaleza (CE). Segundo a SAC, os estudos para a concessão desses terminais foram entregues ao Tribunal de Contas da União (TCU) na última semana e preveem investimentos de R$ 7,1 bilhões nos quatro aeroportos.
Deste total, R$ 2,8 bilhões devem ser investidos no aeroporto de Salvador; R$ 1,8 bilhão, em Fortaleza; R$ 1,7 bilhão, em Porto Alegre; e R$ 918 milhões em Florianópolis. De acordo com a SAC, os investimentos são para todo o período de vigência das concessões. Com exceção do aeroporto Salgado Filho, que será concedido por 25 anos, os demais terão um prazo de concessão de 30 anos.
A SAC informa ainda que as principais obras que serão realizadas nesses aeroportos incluem expansão das pistas de pouso e decolagem, novos terminais ou expansão dos já existentes, ampliação das áreas de pátio das aeronaves, terminal de cargas, entre outros.
O governo vai exigir a antecipação de 25% do valor de outorga já na assinatura do contrato, para aumentar o compromisso dos grupos participantes. A estimativa geral das outorgas é de R$ 3 bilhões para os quatro aeroportos. Após a análise e aprovação pelo TCU dos estudos entregues, os mesmos serão encaminhados à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para a elaboração do edital de concessão e minuta de contrato.
De acordo com a nota da SAC, o ministro da Aviação, Guilherme Ramalho, espera que o leilão seja realizado no primeiro semestre de 2016. “Estamos mantendo o cronograma absolutamente em dia. Entregamos os estudos ao TCU, conforme tínhamos programado no início do processo, em junho deste ano. Mais uma etapa foi cumprida e isso reforça nossa convicção de realizar o leilão entre maio e junho do próximo ano”, afirma o ministro por meio da nota.

 

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

Entidades hoteleiras entregam carta ao Procon-SP

Nesta terça-feira (31), os presidentes da ABIH – Associação Brasileira de Hotéis do Estado de São Paulo; BLTA – Associação Brasileira de Turismo de...

CEO da Vail Resorts doará mais de US $ 2,5 milhões para apoiar funcionários e comunidades montanhosas

À medida que indivíduos e comunidades enfrentam os graves impactos do COVID-19, o CEO da Vail Resorts, Rob Katz, e sua esposa, Elana Amsterdam,...

Senado deve votar projeto que cria renda básica durante pandemia

O Senado deve votar nesta terça-feira (31), o projeto de lei que institui a Renda Básica de Cidadania Emergencial, benefício a ser concedido em...

Moro autoriza uso da Força Nacional no combate ao coronavírus

O Ministro da Justiça, Sergio Moro, autorizou o uso da Força Nacional de Segurança Pública por parte do Ministério da Saúde para atuar no...

Grupo de argentinos ficam ilhados em ponte entre Brasil e Argentina

Um grupo de quase 20 argentinos está preso desde o final de semana na Ponte da Fraternidade, entre Foz do Iguaçu (PR) e Puerto...

Terminal 1 de Guarulhos terá operações suspensas a partir de quarta-feira (1º)

A GRU Airport, concessionária que administra o Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, informa que a partir da 0h de 1 de Abril...

Relacionadas

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias