Emirates aumenta capacidade de atendimento e acelera processo de reembolso

A Emirates aumentou sua capacidade de processar reembolsos, reafirmando seu compromisso com os clientes e parceiros comerciais afetados pelas restrições de viagens relacionadas à pandemia de COVID-19.

EDIÇÃO DO DIÁRIO com agências


Com quase 500 mil solicitações de reembolso pendentes aguardando processamento, a companhia aérea tomou medidas proativas para reestruturar seus procedimentos e aumentar o processamento de reembolsos. Antes da pandemia, a Emirates processava em média 35 mil solicitações de reembolso por mês. Agora, está se preparando para processar 150 mil solicitações por mês; a ideia é eliminar todas as pendências até o início de agosto.

“Este é um momento difícil para nós e para todas as companhias aéreas. Estamos usando nossas reservas de caixa e adotando medidas proativas no processamento de reembolsos, mas é nosso dever e responsabilidade. Gostaríamos de enfatizar aos nossos clientes e parceiros comerciais que atenderemos a todos os pedidos de reembolsos e que estamos fazendo o possível para acelerar esse processo,” afirmou Sir Tim Clark, presidente da Emirates Airline.

“Tivemos uma grande movimentação nas primeiras semanas da pandemia, mas, depois disso, reformulamos nossa política de isenção relacionada à COVID-19, adotando globalmente uma abordagem simples que coloca os clientes em primeiro lugar. Também contatamos proativamente os clientes que logo no início enviaram solicitações de reembolso ou alterações de reserva para informar sobre as novas opções disponíveis.”

“Esperamos que nossos clientes e parceiros comerciais optem por reservar e voar com a Emirates em outro momento em breve. Para aqueles que decidirem ficar com a passagem ou trocá-la por vouchers de serviços, esperamos recebê-los em breve em nossos voos. Os anúncios sobre a retomada dos serviços serão feitos assim que possível.”

Os clientes que quiserem solicitar vouchers ou reembolsos de viagem devem preencher o formulárionlindisponível no site da Emirates ou entrar em contato com o agente de reservas e solicitar ajuda.

A Emirates oferece três opções para seus clientes que tiveram cancelamentos de voos e sofreram as consequências das restrições de viagem devido à pandemia:

• Manter a passagem atual por até 24 meses; neste caso, basta ligar e reagendar o voo quando puder voar novamente. A Emirates estendeu essa opção, que se aplica às passagens emitidas até 30 de junho de 2020 para voos até 30 de novembro de 2020.

Avatar
Redaçãohttps://www.diariodoturismo.com.br
Primeiro e-Diário de Turismo do Brasil

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

GOL lança check-in por WhatsApp

A GOL Linhas Aéreas acaba de anunciar que disponibiliza nesta sexta-feira (3), novas funcionalidades em seu atendimento via WhatsApp, dando um primeiro passo para...

Rio Othon Palace otimiza quartos para oferecer serviço de Room-Office

O Rio Othon Palace otimizou parte dos seus quartos para oferecer o serviço de Room-Office a sua clientela corporativa. EDIÇÃO DO DIÁRIO com agências A iniciativa...

Selo Turismo Responsável dá tranquilidade aos hóspedes na rede Bourbon

Os protocolos de higiene e segurança adotadoS nos hotéis resgatam a confiança do hóspede no retorno aos empreendimentos e aos seus dias de relax....

Comércio e Serviços de SP poderão abrir por 6 horas, em 4 dias úteis

O governo de São Paulo vai dar uma segunda opção de funcionamento para os estabelecimentos comerciais autorizados a operar nas regiões do estado que...

Costa Cruzeiros mantém paralisação global até 15 de agosto de 2020

A Costa Cruzeiros acaba de anunciar que estende a pausa voluntária de suas operações globais até o dia 15 de agosto de 2020 e...

Nasci há 10 mil anos atrás – por Werner Schumacher*

Como diria o Mestre Seixas, não é a minha praia, mas a canção te leva a cantá-la e reconheço isto, assim como acabo muitas...

Relacionadas

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias