Equipes de resgate no México buscam por crianças em escola

Número de mortos por terremoto no México passa de 200 e pessoas
ainda estão sendo resgatadas por equipes mexicanas

Reuters com Edição do DT –

Na madrugada desta quarta-feira (20), devido ao abalo sísmico sofrido na última terça-feira (19), equipes de resgate do México reviraram escombros em busca de dezenas de crianças que acredita-se estarem soterradas em uma escola na Cidade do México, uma das centenas de edificações destruídas pelo terremoto mais letal a atingir o país em uma geração.

O tremor de magnitude 7,1 deixou ao menos 217 mortos, sendo quase metade das vítimas na capital, exatos 32 anos depois de um terremoto devastador em 1985 e menos de duas semanas depois que um poderoso tremor matou quase 100 pessoas no sul do país.

Entre as ruínas da escola Enrique Rebsamen, soldados e bombeiros encontraram ao menos 22 crianças e dois adultos mortos, enquanto outras 30 crianças e 12 adultos estão desaparecidos, disse o presidente mexicano, Enrique Peña Nieto.

“Eles continuam tirando crianças, mas nós não sabemos nada sobre a minha filha”, disse Adriana D‘Fargo, de 32 anos, após horas esperando por notícias sobre sua filha de 7 anos de idade.

Três sobreviventes foram encontrados por volta de meia-noite quando equipes de resgate formadas depois do terremoto de 1985, conhecidas como “toupeiras”, entraram profundamente nos destroços.

A rede de TV Televisa relatou que outros 15 corpos, em sua maioria de crianças, foram recuperados, e que 11 crianças foram resgatadas.

Danos

O terremoto derrubou dezenas de prédios, destruiu encanamentos de gás e desencadeou incêndios pela capital e em outras cidades no centro do México. Carros foram esmagados pela queda de destroços.

Partes de igrejas da era colonial desmoronaram no Estado de Puebla, onde o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS) localizou o epicentro do tremor, cerca de 158 quilômetros a sudoeste da capital, a um profundidade de 51 quilômetros.

Com o tremor, o vulcão Popocatépetl, visível da Cidade do México em um dia sem nuvens, teve uma pequena erupção. Em suas encostas, uma igreja em Atzitzihuacán desmoronou durante uma missa, deixando 15 mortos, afirmou o governador de Puebla, José Antonio Gali.

Redação
Redaçãohttps://www.diariodoturismo.com.br
Primeiro e-Diário de Turismo do Brasil

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

Gol retorna voos para Carajás (PA), Noronha (PE) e Cruzeiro do Sul (AC)

A GOL retoma no mês de outubro três de suas bases brasileiras: Carajás (CKS), no Pará, Fernando de Noronha (FEN), em Pernambuco, e Cruzeiro...

Guias de Turismo de Petrópolis anunciam projeto “Ver e Viver Petrópolis”

A Associação de Guias de Turismo de Petrópolis (AGP) criou um projeto para estimular petropolitanos e turistas a conhecerem  melhor a cidade, através de...

Emirates mantém ajuda a Beirute e conta com a generosidade de seus clientes

DIÁRIO com agências Em nota, a empresa aérea informa que as contribuições chegam de clientes da Emirates do mundo todo, em dinheiro ou milhas Skywards,...

IATA altera para baixo sua previsão de tráfego aéreo para 2020

Genebra - A Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA) alterou para baixo sua previsão de tráfego para 2020, refletindo uma recuperação mais fraca do...

Em 1982 fiz a minha primeira viagem para a Itália

Em 1982 fiz a minha primeira viagem para a Itália para participar da Convenção Anual da AEB SPA, empresa de produtos enológicos, na época...

Instituto da Transformação Digital lança programa ITD Partners

No próximo dia 2 de outubro o Instituto da Transformação Digital lança o programa ITD - Partners. DIÁRIO com agências O evento, obviamente digital, acontecerá em...

Relacionadas

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias

Open chat