Hotelaria carioca rompe parceria comercial com Decolar

(Edição do DT com agências)

Após 15 dias de boicote à Decolar, em função das altas margens de comissionamento praticadas pela OTA (Online Travel Agencies), a indústria hoteleira do Rio de Janeiro decidiu romper a parceria comercial com a empresa.

A decisão foi tomada por unanimidade na manhã desta quarta-feira (20), durante reunião promovida pela Associação de Hotéis do Rio de Janeiro (ABIH-RJ) no Hotel Arena Copacabana, com a presença de diretores e gestores de mais de 80 grupos hoteleiros que operam na cidade.

O boicote à OTA teve início no dia 6 de julho, quando dezenas de hotéis fecharam seus canais de vendas com a Decolar após a empresa aumentar o comissionamento para margens que ultrapassam 20%.

Após algumas tentativas lideradas pela ABIH-RJ com o objetivo de negociar alternativas ao reajuste imposto unilateralmente, o boicote foi estendido até a data presente, quando os grupos hoteleiros que representam em torno de 90% da oferta de leitos da cidade optaram pelo rompimento. A reunião também foi prestigiada por representantes dos principais destinos turísticos do Estado do Rio de Janeiro que defendem a extensão do posicionamento também aos empreendimentos de hospedagem dos demais municípios fluminenses, como Niterói, Búzios, Cabo Frio, Petrópolis e Teresópolis.

CADASTRE-SE GRATUITAMENTE

TENHA ACESSO À CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

+ 300 MATÉRIAS COM CONTEÚDO DIRECIONADO

RECEBA AS ATUALIZAÇÕES EM 1ª MÃO

Tenha acesso ILIMITADO ao conteúdo EXCLUSIVO de turismo.

Conteúdo exclusivo

Recentes

Mais do DT

Atendimento Comercial