Ministro do Turismo dá detalhes sobre MP e destaca apoio aos guias de turismo

Segundo titular da pasta cumpre-se a etapa de sobrevivência do setor do turismo e agora crédito chegará na ponta

REDAÇÃO DO DIÁRIO DO TURISMO (por Paulo Atzingen)

O ministro do Turismo Marcelo Álvaro Antonio em coletiva de imprensa realizada nesta sexta-feira, às 17h30, em Brasília detalhou alguns pontos da Medida Provisória 963 que abre crédito extraordinário para empresas de turismo. O crédito de R$ 5 bilhões destina-se ao Fundo Geral de Turismo (FUNGETur) e a MP foi publicada no DIÁRIO OFICIAL DA UNIÃO nesta sexta-feira (8).

Segundo Álvaro Antonio na próxima semana, o seu ministério fará um aditivo que será assinado com a Caixa Econômica e as outras instituições credenciadas (bancos).

“Essa MP vem corrigir uma distorção de MP provisórias anteriores (não precisou qual), e flexibilizará o acesso ao crédito às pequenas, médias e até grandes empresas. O crédito agora chegará na ponta,” garantiu.

O valor total da linha de financiamento é de R$ 5 bilhões. Segundo o ministro, os créditos para grandes empresas podem chegar a R$ 30 milhões, a profissionais sem CNPJ em torno de R$ 5 mil. “Todos serão contemplados”, reforçou. Ainda, segundo Álvaro Antonio, 80% desse montante serão destinados às pequenas e médias empresas e 20% para as grandes.

O executivo destacou a importância do guia de turismo. “Quero fazer referência aos guias de turismo do Brasil. Este pacote do Fungetur oferecerá crédito tanto à pessoa física quanto à pessoa jurídica. Sabemos que muitos guias se enquadram nessa condição. Ele contemplará os mais de 20 mil guias do Brasil”, reforçou..

Uso dos recursos

Segundo o ministro, os recursos poderão ser utilizados da forma que a empresa achar conveniente. “Os recurso são de livre utilização para as empresas, seja em seu capital de giro, seja na compra de equipamentos, seja em reformas da empresa”, enumerou.

Álvaro ainda garantiu que as dificuldades de acesso ao crédito e as exigências serão minimizadas em função do momento extraordinário que o país e as empresas atravessam. “O Ministério entra com 25% no risco para facilitar e flexibilizar o acesso das empresas”, garantiu.

FBHA comemora mas levanta questões

Para a Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação (FBHA), a decisão da Casa Civil e da Presidência da República de publicar a medida no dia Nacional do Turismo é uma bela conquista que deve ser creditada ao Ministério do Turismo (MTur) e, também, à percepção do Planalto de que não havia como postergar a ação, levando em consideração a falta de crédito no sistema bancário privado e público para atender o setor.

“Urge, agora, a publicação de edital de credenciamento dos bancos, e consequentemente o credenciamento desses, para que haja definições dos parâmetros para concessão dos financiamentos. Ainda persiste uma grande dúvida: será que o capital de giro será contemplado? Além disso, devemos compreender quais serão os juros aplicados, o prazo do empréstimo e o tempo para o início de pagamento dos valores, que somente serão estabelecidos, após as instituições financeiras serem credenciadas”, complementa Alexandre Sampaio, presidente da FBHA.

Paulo Atzingen
Paulo Atzingenhttps://www.diariodoturismo.com.br
Paulo Atzingen é paulista e jornalista profissional (DRT-185 PA) desde o ano 2000; cursou Letras e Artes e Comunicação Social na Universidade Federal do Pará (UFPA), É poeta, contista e cronista. Estuda gaita (harmônica).

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

Associação Brasileira de Enologia faz nota de repúdio à coluna de Hélio Shwartsman

Uma nota assinada pelo presidente da Associação Brasileira de Enologia,  Daniel Salvador e pelo presidente da Organização Internacional do Vinho e do Vinho, Regina...

Mal conservado e em dificuldades financeiras Fundo Financeiro requer falência da Braston Hotéis

O Summit Fundo de Investimento em Direitos Creditórios - Vara/Comarca: 1a Vara de Falências e Recuperações Judiciais de São Paulo/SP requereu na última semana...

Booking.com apresenta as tendências de viagens pós pandemia (ou enquanto ela não acabar)

Sonhos para as próximas viagens, novos valores para a vida de viajante, cuidados que serão tomados a partir de agora e a importância em...

Maria Fumaça para Morretes volta a funcionar em novembro

Conhecida dos curitibanos por circular na cidade durante o período que antecede o Natal, a Maria Fumaça despertou o carinho do público e se...

Companhias aéreas enfrentam teste de sobrevivência com demora em retomada

A segunda onda de covid-19 atrasa a recuperação das viagens aéreas, o que torna o inverno no hemisfério norte um teste de sobrevivência para...

Relacionadas

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias

Open chat