O roteiro turístico que montamos não vendeu nada! Entenda o que deu errado. 

por Eduardo Mielke, da Série SIMTUR*

Se o Roteiro Turístico não vendeu, não necessariamente ele está mal feito. Calma! Muito provavelmente você está batendo nas portas erradas. Desde já é importante ter em mente que elaborar Roteiros NUNCA deveria ser papel nem da Secretaria de Turismo, muito menos do COMTUR. Além disso, antes de mais nada, Roteiro Turístico ou Rota, é um produto. Algo que se vende. Algo que vai para “prateleira”. Portanto, deve ser concebido a partir de uma perspectiva comercial. Dito isso, aqui vai um passo a passo que você precisa seguir. Vamos lá…

  • PRIMEIRO PASSO. Antes de pensar num Roteiro identifique o TEMA principal. Se é Rota  das Louças, do Vinho…etc. Tente ao máximo atrelar este tema ao DNA do seu Município, e/ou aos novos setores que estão surgindo, como é o caso da Cerveja Artesanal. A partir daí, a dica aqui é identificar, escolhendo os micro e pequenos negócios que mais possam se beneficiar DIRETAMENTE do fluxo turístico.

 

  • SEGUNDO PASSODefinido o tema principal, chame imediatamente os Guias de Turismo da sua Cidade ou Região (os mais atuantes), bem como também, as Agências de Viagens/Pequenas Operadoras que já vendem produtos dentro da mesma temática. Estes grupos de empresas são os pilares de qualquer iniciativa de roteirização. Organize 3 a 4 reuniões a cada 3 semanas com eles, cuja missão é formatar o produto.

Fazendo isso, você que trabalha na Secretaria de Turismo, não irá mais perder seu tempo fazendo aquilo que não é o seu trabalho. E de quebra arruma um bom grupo de trabalho para fazer aquilo que eles sabem fazer. 

  • TERCEIRO PASSOCapacitação. Junto com o SEGUNDO, chame todos aqueles micro e pequenos empresários e os capacite em duas frentes:

1º. Sobre Mídias Sociais. Como postar, com boas fotos e gravar vídeos curtos, ajuda e muito. Como gerenciar as contas e abastece-las, fazendo com que cada estabelecimento crie sua própria rede de contatos em todas os veículos possíveis (Instagram, Facebook, Twitter, etc). Aqui, quanto mais é mais mesmo. Mas, muito mesmo. A saída é articular parcerias locais, para esta tarefa. Sem recurso, não há outro jeito.

2º. Sobre Política tanto de Preços (atacado e varejo – balcão & operadora), como de comissionamento. Sem COMISSÃO, TURISMO NÃO EXISTE. Ninguém vai te vender, se não ter bem exposto o benefício$. Não adianta ter 100.000 seguidores se o estabelecimento não dá negócio. Lembre-se disso.

  • QUARTO PASSOTESTE & MÍDIA. Terminado o SEGUNDO PASSO realize três ações concomitantes.

1º. Teste o Roteiro com os Gerentes de Hotéis e Pousadas da sua Cidade, e com os Guias  de Turismo que trabalharam na formatação do produto. Visite os estabelecimentos, anote e avalie junto com eles. Mesmo porque, serão eles que irão potencialmente indicar o seu produto para os hóspedes deles.

2º. Tente identificar Blogs  e Blogueiros de Viagem que poderiam visitar a região gerando boas matérias (mídia dirigida). Articule!!

3º. Monitore como está o desempenho das contas das redes sociais de cada estabelecimento. Veja se eles estão fazendo a tarefa de casa. Lembre – se: Aqui Andorinha faz verão sim!!

Em outras palavras, para de ficar batendo na porta errada, e começa a fazer aquilo que é seu trabalho. Articulação, articulação e articulação. 

Para você, que trabalha na Secretaria de Turismo: Desta forma, você foge do horror de ficar buscando recursos para o folderzinho e mapinha…tudo inha inha. Custa caro, e hoje em dia, ninguém mais acredita. Em outras palavras, para de ficar batendo na porta errada, e começa a fazer aquilo que é seu trabalho. Articulação, articulação e articulação. 

Veja. Este trabalho é constante e permanente, até que o Roteiro ande por suas próprias pernas. O que em outras palavras, significa que está gerando uma certa estabilidade de visitação ao longo do ano. Para isso, é fundamental que a cada 6 semanas, você junte os envolvidos para conversar sobre justamente o andamento do desempenho das vendas. É difícil? Não. É trabalhoso! Seja Bem Vindo ao Turismo. Uma engrenagem que só funciona no COOPERAR PARA COMPETIR. Lembre-se disso.

Dúvidas, esclarecimentos? Escreva. Curta a fanpage @politicadeturismo

Abraço e obrigado pela confiança.

*Sobre Eduardo Mielke

Para quem não me conhece, meu nome é Eduardo Mielke. Meu trabalho é auxiliar Governos na busca por  processos cooperativos que resultem numa melhor articulação entre ele, Terceiro Setor e o Empresariado. O resultado e o que importa mesmo, é a geração de emprego e renda local. O resto é conversa fiada.

Palestras, Workshops e treinamentos? Escreva para emielke@kau.edu.sa

Paulo Atzingen
Paulo Atzingenhttps://www.diariodoturismo.com.br
Paulo Atzingen é paulista e jornalista profissional (DRT-185 PA) desde o ano 2000; cursou Letras e Artes e Comunicação Social na Universidade Federal do Pará (UFPA), É poeta, contista e cronista. Estuda gaita (harmônica).

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

Prefeito de São Sebastião oficializa Área de Proteção Ambiental Baleia Sahy

Nesta sexta-feira (5), o prefeito do município de São Sebastião, Felipe Augusto, assinou o decreto que regulamenta o Plano de Manejo da Área de...

União Europeia só abrirá totalmente as fronteiras internas no final de junho

A União Europeia só abrirá totalmente as fronteiras internas no final de junho e começará a suspender as restrições a viagens fora do bloco...

Accor amplia programa Plant for the Planet agora para a Colômbia

Para reforçar seu objetivo com a preservação ambiental e preocupação com os insumos que utiliza em seus hotéis, a Accor anuncia no Dia Internacional...

Grupo Iberostar inicia reabertura de hotéis e reforça segurança sanitária

De forma escalonada, a reabertura de uma seleção de hotéis do Grupo Iberostar acontece a partir da segunda quinzena de junho garantindo protocolos de...

GOL aprova acordo coletivo em prol da preservação de empregos e caixa da Companhia

A GOL Linhas Aéreas acaba de aprovar um acordo coletivo inédito com o Sindicato Nacional dos Aeronautas (SNA), cujos objetivos primordiais são a manutenção...

Cansei dos enochatos! Eis uma dica pra conversar com eles.

Simplificando os aromas do vinho para os Leigóides, como eu por Werner Schumacher*Os Masters of Wines e os Master Sommeliers, mais que os próprios Enólogos,...

Relacionadas

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias