Tecnologia e sustentabilidade devem ser as prioridades para o setor do turismo nos próximos 20 anos

A crise que afetou o mundo em 2020 fez o setor do turismo sofrer com alguns dos piores números desde a década de 50. Por conta disso, a preocupação com o futuro nessa área ganhou importância e virou prioridade para alguns países. Em um relatório realizado pela Allianz Partners, as tendências globais apontaram que as novas tecnologias e o cuidado com o meio ambiente precisam ser prioridade para um futuro promissor do turismo.


Esse relatório chamado de The Future Travel Experience foi lançado no início deste ano, e realiza algumas projeções para apontar como será o turismo em 2040. Apesar de parecer longe, esses relatórios visando os próximos 20 anos são importantes para guiar países e empresas que trabalham com turismo. O setor de transporte aéreo, por exemplo, precisa dessas previsões para investir no caminho correto.

Nesta pesquisa, dois temas ganharam maior importância e devem ser prioridade para os próximos anos: sustentabilidade e tecnologia

Nesta pesquisa, dois temas ganharam maior importância e devem ser prioridade para os próximos anos. O primeiro é a sustentabilidade no turismo, algo que já vem sendo debatido e deve continuar como prioridade em vários países. Recentemente, algumas nações africanas se reuniram para planejar um futuro sustentável nas viagens. Um dos temas foi o setor da aviação que, atualmente, representa quase 4% de todas as emissões de CO₂. O objetivo é fazer isso mudar completamente nos próximos anos.

O segundo tema que chamou atenção foi da tecnologia. Com o avanço deste campo, e a chegada de cada vez mais inteligência artificial, as inovações tecnológicas terão um papel fundamental no turismo em 2040, segundo o relatório. A projeção afirma que novidades como identificação facial, impressão digital, impressoras 3D e realidade virtual serão usadas pelo turista para facilitar as viagens entre países ou cidades.

Tecnologias virtuais

A tecnologia de realidade virtual aparece no relatório como uma das mais usadas no turismo em 2040. Apesar de parecer algo diferente, a ideia é que essa inovação seja usada pelas pessoas antes de decidir o destino da viagem. Ou seja, seria possível ter uma prévia e conhecer um pouco dos arredores das cidades ou dos hotéis, como acontece com o Google Maps nos dias atuais, e assim viajar com uma sensação maior de segurança.

Isso pode parecer algo distante da nossa realidade. Entretanto, quem está acostumado com ferramentas digitais sabe que essa prévia virtual é realidade atualmente em algumas ocasiões, inclusive no caso do aplicativo de GPS que comentamos. Outro exemplo que podemos citar acontece com os jogos online, principalmente de apostas. Nas principais plataformas de cassinos online, por exemplo, é possível aprender a jogar blackjack online com todas as estratégias e regras que existem nesse tradicional jogo de cartas. Assim, é possível aprender a apostar sem gastar dinheiro. Algo semelhante acontece com os simuladores de corridas virtuais, onde os pilotos profissionais, ou até amadores, podem correr em qualquer circuito do mundo sem sair de casa. Eles usam essa ferramenta para aprender os traçados e, dessa forma, aprimorar os conhecimentos da realidade.

Assim, é possível perceber que 2040 não está tão distante como pensamos. O relatório explica também que o uso de realidade virtual será comum por quem não tem condições, seja financeira ou física, de sair de casa. A ideia é que o turismo com tecnologia será mais popular, e vai permitir experiências cada vez mais reais. Seria uma versão melhorada dos tours virtuais que existem em alguns dos principais museus do mundo.

Comunicação sem barreiras

Outro ponto importante no relatório The Future Travel Experience é a perspectiva quanto ao uso de tecnologia para quebrar as barreiras linguísticas. As previsões acreditam que, daqui a 20 anos, será possível ter uma conversa instantânea com qualquer pessoa do mundo. Isso é algo viável, pois as ferramentas digitais de tradução estão ficando cada vez mais inovadoras, e estão a poucos passos dessa integração.

Outro ponto importante no relatório The Future Travel Experience é a perspectiva quanto ao uso de tecnologia para quebrar as barreiras linguísticas

Isso seria uma novidade importante para o turismo, pois a comunicação é um dos grandes problemas que os turistas enfrentam em países mais distantes de casa. Além disso, com a popularização dos fones sem fio, não seria preciso nenhum dispositivo em mãos para realizar a tradução. Essa previsão é para 2040, onde essa tecnologia estará ainda menor e mais avançada.

O turismo aprendeu neste ano que é preciso pensar no futuro para enfrentar possíveis crises. Apostar na tecnologia é algo importante, assim como o cuidado com a sustentabilidade. Por isso, o relatório da Allianz Partners é essencial para pensar nos próximos 20 anos. Esse setor é importante para quase todos os países, e investir para que ele cresça de maneira consciente é uma das melhores formas de garantir um futuro mais saudável e tecnológico.

Compartilhe com um amigo:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


    Mais lidas

    Site do Editor

    O jornal dos melhores leitores

    Mais recentes

    WTTC World Summit em Cancun deve impulsionar recuperação do Turismo

    O encontro do WTTC será realizado de 25 a 27 de abril com a participação de 600 delegados presenciais e mais de 30 mil...

    França impõe quarentena de dez dias a viajantes do Brasil

    A França obrigará viajantes do Brasil, Argentina, Chile e África do Sul a ficarem isolados por dez dias, por medo da expansão de variantes...

    Hotel Cinco Estrelas e Pet Friedly, pertinho de São Paulo

    Com muito conforto, sofisticação e uma gastronomia espetacular, o Hotel Villa Rossa é pet friendly, e recebe cães de todos os tamanhos. por Sharlene Irente Localizado...

    Tivoli Hotels & Resorts completa 88 anos e lança ofertas para marcar data

    A Tivoli Hotels & Resorts comemora 88 anos neste ano de 2021. Parte do Grupo Hoteleiro Minor Hotels, a rede opera atualmente 13 propriedades...

    Projeto Emoções com Roberto Carlos remarcado para junho de 2022

    A festa dos 80 anos do Rei Roberto que seria comemorada em junho deste ano no âmbito do Projeto Emoções, no Iberostar Praia do...

    O mercado de viagens e turismo em 2022: uma grande incógnita

    Quem leu o título pode pensar que foi um erro de digitação, mas não é. A atual temporada está apenas começando, mas é claro que...

    Relacionadas

    Compartilhe com um amigo:
    Pautas e Marketing
    Olá.
    Esse é um canal exclusivo para Pautas e Marketing.