A Pedra Alucinógena do Pai Mateus

Por essa estrada de terra em pó já deve ter passado Antonio Conselheiro  que foi fundar a Vila de Canudos e Virgulino Ferreira da Silva, o Lampião, que foi desgraçar a Vida de meio mundo.

por Paulo Atzingen – Fotos de Eliseu Thomae


Quem anda agora nessa calma sertaneja de quem sabe o que fareja, como dizia Ivan Lins, é o andarilho das altitudes que foi para Cabaceiras do Cariri paraibano levar outro choque de realidade, como ele gosta.

Na estrada que leva ao lajedo do Pai Mateus as casas caiadas aparecem como almas em roupa branca em meio ao mundo bicolor do sertão de pedra e pó. A calma impera no terreiro das casas que tem um poço, um cercado para as crias, um jumento e uma jumenta. Quando o carro passa todos saem à janela para ver o acontecimento.

Índios Cariris

Thomae envia imagens do lajedo do Pai Tomás com suas pedras alucinógenas. Conta ele que um curandeiro fez sua toca ali no século 18  e muitos o procuravam para receber seus benefícios sobrenaturais. O lugar é místico e já foi morada dos índios cariris, primeiros proprietários das terras e das pedras.

Cada ângulo captado de cada pedra do lajedo do Pai Mateus estilinga a imaginação para fora dos cercadinhos. Um mar de pedras se junta aos feixes de luz no pôr do sol e faz um buquê que adoça a caatinga, como se víssemos o Brasil de cima.

Sem aguardente, canabinoides, cogumelos ou qualquer outro estratagema para lubrificar os sentidos, as fotos que chegam à redação destravancam o umbral do tosco, do rude e do banal.

Elas emprestam um e-ticket para o metafísico, o mesmo que inspirou Ariano Suassuna no seu Auto da Compadecida, o mesmo que inspirou Marcelo Gomes  para o seu Cinema, Aspirinas e Urubus, filmes que tiveram esse lugar como paisagem e catapulta.

Pedra do Capacete, com o seu poder alucinógeno de colocar os seres humanos em seu devido lugar de insignificância.

Poder

Das inúmeras fotos que Thomae nos envia por Whatsapp, três se destacam: a Pedra do Sino que ao ser tocada por outra grita às outras 100, em sua linguagem pétrea: “ficaremos aqui até o final dos tempos”; a gruta do Pai Mateus, onde provavelmente “grutou” o pai Mateus e a Pedra do Capacete, com o seu poder alucinógeno de colocar os seres humanos em seu devido lugar de insignificância.

CADASTRE-SE GRATUITAMENTE

TENHA ACESSO À CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

+ 300 MATÉRIAS COM CONTEÚDO DIRECIONADO

RECEBA AS ATUALIZAÇÕES EM 1ª MÃO

Tenha acesso ILIMITADO ao conteúdo EXCLUSIVO de turismo.

Conteúdo exclusivo

Recentes

Mais do DT

Atendimento Comercial