ABEOC Brasil e UBRAFE apresentam recomendações para retorno às atividades no pós-pandemia

Para orientar seus associados e o mercado como um todo, a Associação Brasileira de Empresas de Eventos – ABEOC Brasil – e a União Brasileira dos Promotores de Feiras – UBRAFE – elaboraram documento contendo protocolos sanitários e sociais para prevenção no período pós-pandemia.

EDIÇÃO DO DIÁRIO


“Entendemos que assim que for possível voltarmos à ativa teremos que nos adaptar aos novos tempos, às exigências protocolares necessárias para garantir a saúde e reconquistar a confiança, não só de clientes e público, mas também dos profissionais de eventos. Nós, organizadores e promotores, decidimos e acompanhamos de perto cada detalhe de uma feira, um congresso, somos os tomadores de decisão. Então, nada mais importante do que estarmos bem informados e com orientação necessária para prestar mais que um serviço com excelência, um serviço seguro”, afirmou Armando de Campos Mello, presidente-executivo da UBRAFE.

O documento, que já foi enviado ao Ministério do Turismo e tem expectativa de aprovação pela Saúde, está disponível nos sites das entidades e nas redes sociais. Ele traz orientações para clientes e trabalhadores, dentro das empresas; nos centros de convenções em suas diversas áreas, como praça de alimentação, sanitários e estacionamento; e também nos auditórios e estandes. Isso inclui, além de máscaras e álcool em gel, a disposição de mesas, assentos e a montagem.

Segundo a presidente da ABEOC Brasil, Fátima Facuri, “depois de tanto tempo parados e com um calendário excepcionalmente apertado, não teremos lugar para o espetáculo, principalmente no que se refere à montagem. Teremos que oferecer aos parceiros, nossos clientes, a oportunidade de voltarem a fazer negócios, no caso das feiras, aliado ao acesso ao conhecimento, com os congressos e demais componentes do turismo de negócios”.

Armando e Fátima concordam que chegou a hora de serem solidários entre si, com os equipamentos e com os clientes: “Trabalhar em parceria fará a diferença entre um buraco ou uma escada. Queremos acreditar em escadas. É tempo de negociar datas, compartilhar montagens, dividir custos. Será bom para todos. Teremos novamente capital de giro, botaremos a roda em movimento. Quando poderemos retornar ao ponto em que estávamos antes da pandemia, não sei precisar, mas podemos voltar a crescer, com trabalho, aprendizado e paciência. Agora, com protocolos já elaborados, nosso foco passa a ser a data deste retorno. Precisamos voltar a trabalhar”, concluem.

Íntegra do PROTOCOLO ABEOC Brasil/UBRAFE em www.abeoc.org.br e www.ubrafe.org.br .

Avatar
Redaçãohttps://www.diariodoturismo.com.br
Primeiro e-Diário de Turismo do Brasil

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

CNC projeta queda de 6,1% no PIB em 2020

Diante da incerteza em relação à superação da crise provocada pelo novo coronavírus e do grau de contaminação da economia, a Confederação Nacional do...

Empresas conseguem suspender pagamento de energia na primeira instância

Uma empresa que está em recuperação judicial conseguiu na Justiça o direito de pagar apenas a energia consumida. A empresa havia comprado energia no...

Universal Orlando Resort anuncia reabertura de alguns hotéis a partir do dia 2 de junho

A partir de 2 de junho de 2020, alguns hotéis do Universal Orlando Resort irão reabrir para os hóspedes. A reabertura desses hotéis será...

Bolivianos voltarão para casa depois de meses retidos na Alemanha

Os membros de uma orquestra boliviana que inclui flautas tradicionais esperam voltar para casa na próxima semana depois de ficarem retidos em um castelo...

Senado aprova projeto que oferece crédito para profissionais liberais

Em sessão remota nesta quinta-feira (28), o Plenário do Senado aprovou o projeto que abre linha de crédito especial para profissionais liberais durante a...

Alfredo Lopes, presidente do Hotéis Rio: as OTA’s não querem negociar!

Nas negociações para a retomada, o Sindicato dos Meios de Hospedagem do Município do Rio de Janeiro (SindHotéis RJ) vem convidando para a mesa...

Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias