ABIH-GO divulga Censo Hoteleiro de Goiânia do ano de 2018

Alta carga tributária é a maior queixa dos meios de hospedagem, segundo o levantamento da ABIH-GO

De agências com edição do DT

O Censo hoteleiro é uma ferramenta de pesquisa utilizada para acompanhar a evolução e o crescimento do segmento em Goiânia, além de identificar, quantificar e levantar seu potencial, a fim de avaliar sua infraestrutura e as condições em que os estabelecimentos se encontram, descrevendo suas características, capacidade de atendimento, serviços e principais necessidades.

A pesquisa identificou em Goiânia 167 meios de hospedagem em funcionamento, 25 desativados e três que serão inaugurados até 2019, disponibilizando hoje 17.994 leitos em 8.131 UH’s (Unidade Habitacional). Segundo Vanessa Pires Morales, presidente da ABIH-GO, “Goiânia oferece estrutura hoteleira e serviços condizentes para receber grandes eventos e movimentar toda a cadeia turística”.

A pesquisa apontou ainda que a diária média dos hotéis em 2017 foi R$ 115,44 e a taxa de ocupação hoteleira vem decrescendo nos últimos anos, tendo alcançado em 2015, 54,5%, 53,4% em 2016 e 44,4% em 2017. Isso demonstra, segundo Vanessa, que ”a demanda não aumentada diante de uma super oferta de hotéis requer muito atenção dos gestores para sua sustentabilidade neste mercado altamente competitivo.”

Turismo de Negócios

Foi destacado ainda nesta pesquisa que 92,8% dos meios de hospedagem participantes da pesquisa têm como hóspede o turista de negócios, o que demonstra que “Goiânia é uma cidade altamente corporativa, entretanto com espaço para crescimento do turismo de eventos, moda, saúde, religioso, dentre outras modalidades.”

Os meios de hospedagem pesquisados geram 2.597 empregos formais, tem um perfil de administração predominantemente familiar, são classificados como Simples (1 estrela de acordo com o Ministério do Turismo) em 50,3% dos empreendimentos e se enquadram na categoria de Microempresas em 63,5% da totalidade.

A alta carga tributária é a maior queixa na gestão dos meios de hospedagem, o que vem de encontro à reivindicação da ABIH-GO junto à Prefeitura de Goiânia, Governo do Estado de Goiás e Governo Federal. “É preciso oferecer incentivos fiscais aos meios de hospedagem para que tenham fôlego para sair deste momento de crise e se manter neste cenário em busca de melhores resultados”.

Diante destas informações, a pesquisa traz referências relevantes para os gestores públicos e privados, permitindo a adoção de políticas voltadas para a melhoria e ampliação do setor, mostra a realidade deixada pela crise e o cenário para investimentos hoteleiros na capital.

A pesquisa foi realizada entre os meses de março e novembro de 2018, fruto da cooperação entre Goiás Turismo/Observatório do Turismo do Estado de Goiás, Associação Brasileira da Indústria de Hotéis- Seção Goiás (ABIH-GO) e Sindicato de Hotéis de Goiânia (SIHGO).

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

Bourbon Atibaia Resort doa produtos e alimentos à associações e entidades sociais

Com objetivos bem claros de contribuir com a sociedade diante da pandemia global que alcançou nosso país, o Bourbon Atibaia Resort sensível à situação...

EUA avaliam cancelar voos domésticos para cidades afetadas pelo Covid-19

O presidente Donald Trump disse que está considerando um plano para interromper voos para locais nos Estados Unidos mais afetados pelo coronavírus, em uma...

Colapso na saúde, desemprego e recessão são as três maiores preocupações do brasileiro

Estudo realizado pela Demanda Pesquisa monitora o impacto das medidas de combate à pandemia na rotina do brasileiro EDIÇÃO DO DIÁRIO com agências Entre os dias...

Covid-19: Governo aprova medidas para área da assistência social

O governo federal aprovou recomendações gerais aos gestores e trabalhadores da assistência social para garantir a continuidade de serviços e atividades essenciais, com medidas...

CNC: decisão unilateral de MP fechará unidades do SESC e SENAC de todo o país

CNC: cortes do governo nos recursos de Sesc e Senac prejudicam empresas, trabalhadores e população em plena crise do Coronavírus EDIÇÃO DO DIÁRIOA Confederação Nacional...

Louvre Hotels Group – Brasil suspende recepção de novos hóspedes em oito unidades em abril

O Louvre Hotels Group – Brazil vai suspender a recepção de novos hóspedes em oito unidades pelo país durante o mês de abril, em...

Relacionadas

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias