Após “abre e fecha”, Monte Verde reabre novamente aos turistas

A partir de quinta-feira desta semana, os hotéis do destino mineiro estarão autorizados a operar com 40% da capacidade e a efetuar reservas por apenas 15 dias

por EDUARDO ANDREASSI

Tentando barrar o avanço o Covid-19, o município de Camanducaia vem monitorando os casos e sendo rígido nos decretos e pedindo conscientização das pessoas.

As barreiras que foram colocadas na entrada de Camanducaia causaram muita polêmica, porém foram necessárias para barrar a entrada de turistas em Monte Verde e Camanducaia, visando não alastrar o Covid-19.

Um decreto do prefeito de Camanducaia Edmar Dias flexibilizou as medidas de restrição já impostas para o funcionamento parcial do Distrito de Monte Verde, que já estava fechado desde 16 de março.

Desde estas segunda-feira (01) começaram a funcionar hotéis, bares, restaurantes, lojas, academias e salões de beleza. Quem descumprir as normas do programa Avanço Consciente pode perder o selo, será multado e terá o alvará de funcionamento cassado.

Os restaurantes, por exemplo, tiveram que se adequar às novas normas da Vigilância Sanitária para poderem abrir as portas, com capacidade máxima de 30% de clientes, por exemplo.

Todos os comerciantes estão cientes e já sabem como são as regras. Funcionar como já vinham funcionando. Continua da mesma forma”, relata o prefeito Edmar Dias.

Na reabertura, além das hospedagens operarem com 40% da capacidade, os hotéis não podem abrir as áreas de lazer, como piscinas, saunas, quadras esportivas e playground. As reservas poderão ser feitas valendo até o dia 15 de junho e quem reservar para depois dessa data será por sua “conta e risco”, segundo o prefeito Edmar Dias.

Isso porque nesse período o distrito e Camanducaia ficarão em estado de alerta e observando se há aumentos de casos do Covid-19.

Não dá para imaginar que vamos conseguir fechar indefinitivamente o acesso das pessoas a Camanducaia. Muitos têm propriedades e muitos empregos e famílias são sustentadas pelo turismo que gira por aqui”, relata o prefeito de Camanducaia, Edmar Dias.

Sobre o novo decreto que entrou a partir de 01 de junho, o prefeito relata: “O novo decreto não tem prazo de validade. Não tem como fazer esse tipo de coisa. Abre amanhã, fecha depois de amanhã. Isso causa uma série de transtornos para o empresário. Tem todo o investimento que é feito para ele receber o turista. Nós estamos dando nesse decreto o prazo de 15 dias para ele poder funcionar sem interrupção. Durante esses 15 dias ele terá segurança”. Após análise, completou o prefeito, poderão estender a abertura por mais 15 dias ou fechar mais uma vez.

Quanto à  fiscalização, o prefeito disse que não vai tolerar comerciantes que não respeitarem o decreto. “Tivemos uma série de problemas que não era para acontecer. Se não respeitar não vamos tolerar”. Quanto ao turista por um dia só serão permitidos as idas ao vilarejo nas segundas, terças e quartas-feiras.

 

Até o presente momento, a região tem 55 casos confirmados, sendo 04 pessoas internadas, 31 em isolamento domiciliar, 19 pessoas já curadas e um óbito.

Avatar
Redaçãohttps://www.diariodoturismo.com.br
Primeiro e-Diário de Turismo do Brasil

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

Jornalista de Porto Alegre faz um balanço do turismo Riograndense

Porto Alegre recebeu nos meses de janeiro e fevereiro deste ano uma média de 700 estrangeiros por dia, que vinham à cidade fazer negócios,...

Michael Thamm e Mario Zanetti são os novos CEO e CCO da Costa Cruzeiros

A Costa Cruzeiros anunciou nesta quinta-feira (9) uma nova estrutura organizacional como parte dos esforços da Carnival Corporation para aprimorar as operações antes da...

Emirates retomará voos para São Paulo a partir de 2 de agosto

A Emirates anunciou nesta quinta-feira (9) que retomará voos para São Paulo a partir de 2 de agosto. Outros cinco destinos serão adicionado à...

Diretor geral dos Hotéis-Escola Senac SP: “só reabriremos com segurança total”

"Seguir como sempre priorizando o bem-estar de funcionários, clientes e fornecedores,  adotando uma abordagem prudente para retomada das nossas atividades com total segurança". Assim,...

Costa Cruzeiros anuncia novo protocolo de segurança e higiene a bordo

A Costa Cruzeiros anunciou nesta semana os novos procedimentos operacionais para fortalecer ainda mais as medidas de precaução em sua frota, a fim de...

Mais enólogos, mais sommeliers e menos blá-blá-blá

por Werner Schumacher* Mais enólogos! Mais sommeliers! Muito resumidamente, podemos dizer que estes dois profissionais estão no front. O Enólogo, em contato direto com o...

Relacionadas

1 COMENTÁRIO

  1. Decreto está informando que a data da saída da hospedagem é dia 17/06 e não dia 15/06
    Como está na reportagem

Comments are closed.

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias