Artigo: “O turismo, a isenção de visto e a promoção do produto”, por Bayard do Coutto Boiteux

Divulgar ações em prol do turismo internacional é um dos temas levantados por Bayard do Coutto Boiteux em seu novo artigo para o DIÁRIO

Por Bayard Do Coutto Boiteux

Promover um produto turístico demanda criatividade e sobretudo foco nos mercados prioritários. A real venda de um destino nasce de um plano que identifique mercados emissores e ações e formas de atingir os mesmos. Há sempre duas maneiras de se trabalhar as cidades receptoras: ações junto ao trade turístico das praças emissoras e junto ao público consumidor. Fora de tais pressupostos, existem ações governamentais importantes. Uma delas acaba de acontecer no Brasil: a isenção de visto, de forma unilateral para quatro países: Austrália, Canadá, Estados Unidos e Japão.

A isenção vai sem dúvida alguma levar a um crescimento já previsto de 30% em cinco anos em visitação de turistas daqueles países. A OMT vem orientando os países membros a abolir o visto, como forma de facilitar os fluxos turísticos.Trata-se de uma das medidas que terá maior impacto no receptivo, tomada nos últimos anos. O que se leva em consideração é o que os tais turistas deixarão dinheiro novo em nossas economias, podendo num futuro haver inclusive uma reciprocidade com o Brasil. É preciso, no entanto, que seja realizada uma grande campanha de marketing com a informação da isenção, para atrair novos turistas.

Promover é também participar dos grandes eventos de turismo, como a Fitur, o ITB e a WTM, desde que os representantes dominem os idiomas, que haja material promocional feito para aquele público e que a participação esteja presente num estudo prévio. A ida de comitivas com governadores em tais eventos não traz nenhum resultado para o turismo, excetuando matérias em jornais locais. Caso não esteja calcada numa ação planejada, ou é dinheiro de diárias e passagens aéreas, já muito reduzido e jogado no lixo. Organização, por exemplo de cafés da manhã para agentes emissores com apoio das companhias aéreas surte muito mais efeito pois falamos direto com quem vende nosso produto. Assim como os tours de familiarização, que devem ter um custo pois se trata de um processo de capacitação.

Hoje,podemos inclusive fazer workshops on line com tecnologia de visita aos diversos prestadores de serviços turísticos e atrativos também.

A importância do “boca a boca”

Não podemos nunca esquecer o boca a boca, oriundo de experiências que superaram as expectativas através da prestação de serviço ou ainda ações. Devo confessar que a apresentação de grupos folclóricos, como tem feito a Riotur nos aeroportos e portos, reveste-se de caráter promocional indireto que muito contribui na fixação de imagem positiva. Os encontros com o Corpo Consular, promovidos para dotá-los de informações sobre projetos e programas contribui para os relatórios que enviam aos seus países de origem. Os embaixadores do Turismo do Rio, reconhecidos por seu trabalho individual, hoje são ícones quando viajam ou desenvolvem trabalhos, palestras e nas entrevistas que concedem.

A promoção também se baseia nos grandes eventos que as cidades sediam: O carnaval, por exemplo necessita de recursos públicos para que mantenha a qualidade vital e siga figurando no inconsciente de muitos que querem nos conhecer, como o Reveillon, que não pode ser uma mera queima de fogos mas um projeto integrado de hotéis, restaurantes, agências e associações de moradodores. O diálogo deve ser aberto entre o Poder Público e a iniciativa privada através dos conselhos municipais de turismo.

Promover é vital mas com critérios profissionais e ações que envolvam todos os atores da cadeia produtiva. Precisamos acreditar mais em nossa sobrevivência nos mercados nacionais e internacionais, deixando de lado um discurso politizado que atrapalha o turismo….

Bayard Do Coutto Boiteux é vice-presidente da associação dos Embaixadores de Turismo do RJ e presidente do Portal Consultoria em Turismo.

Avatar
Redaçãohttps://www.diariodoturismo.com.br
Primeiro e-Diário de Turismo do Brasil

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

As 100 melhores crônicas de João Saldanha são reunidas em livro

As crônicas foram selecionadas pelo historiador Alexandre Mesquita após a leitura de todo o acervo disponível sobre João Saldanha entre 1960 e 1990 EDIÇÃO DO...

Grupo Iberostar inicia reabertura de hotéis e reforça segurança sanitária

De forma escalonada, a reabertura de uma seleção de hotéis do Grupo Iberostar acontece a partir da segunda quinzena de junho garantindo protocolos de...

Portugal recebe o Selo ‘Safe Travels’ do World Travel & Tourism Council

Este selo visa reconhecer destinos que cumprem protocolos de saúde e higiene alinhados com os Protocolos de Viagens Seguras emanados pelo WTTC, ajudando, sobretudo,...

Três perguntas para Sanfo Boubakar, diretor da ClassTraining, sobre treinamento na retomada

Engenheiro químico com mais de 23 anos de experiência profissional e acadêmica, Sanfo Boubakar é marfinense naturalizado brasileiro. REDAÇÃO DO DIÁRIO Há quase 35 anos no...

Bolsa qualificação beneficia turismo de Foz do Iguaçu e preserva 4,5 mil empregos

Foz do Iguaçu vem adotando diversas medidas para preservar empregos e amenizar o impacto social provocado pela pandemia no novo coronavírus (Covid-19). Uma delas...

Os  Embaixadores do Rio e a retomada do turismo fluminense

Bayard Do Coutto Boiteux*O Rio  de Janeiro com a pandemia causada pelo Covid-19 passa o pior momento de sua história turística nas últimas décadas....

Relacionadas

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias