Benjamin Liberoff, vice-ministro de turismo do Uruguai: “Queremos o mercado chinês”

Acordo entre Uruguai e China inclui um contrato de cooperação, com permissão de ingresso de visitantes chineses ao Uruguai com visto vigente dos EUA, Canadá e Reino Unido

REDAÇÃO DO DIÁRIO

Em entrevista exclusiva ao DIÁRIO DO TURISMO, o vice-ministro de turismo do Uruguai, Benjamin Liberoff adiantou os principais números de sua pasta. Segundo ele, no ano de 2016 chegaram ao Uruguai 3.328 milhões de turistas, com um ingresso de capital de U$S 1.824.265,758, exatos 3,3% a mais que a temporada anterior. No que tange ao ingresso de turistas brasileiros, visitaram o país da Celeste Olímpica 432.4 mil no ano passado, cerca de 0,8% a mais que no ano anterior. “No primeiro quadrimestre deste ano, a chegada de brasileiros foi de 180.956 mil, um aumento de 34,2% em relação ao mesmo período de 2016”, afirma Liberoff ao DIÁRIO, esclarecendo que os números já se recuperam diante da crise econômica que impactou vários mercados, além do Uruguai. Mas além dos números, uma das apostas do Ministério do Turismo do Uruguai é a China.  Em viagem do presidente Tabaré Vazques ao país asiático, se firmou um Acordo de Associação Estratégica entre ambos os países, o que inclui um acordo de cooperação, com permissão de ingresso de visitantes chineses ao Uruguai que possuam o visto vigente para os Estados Unidos, Canadá e os países do Reino Unido, sem necessidade de realizarem outro tipo de trâmites.

DIÁRIO – Qual foi o balanço de entrada de brasileiros no ano de 2016 no Uruguai? Qual a expectativa de entrada de brasileiros no primeiro semestre deste ano?

BENJAMIN LIBEROFFO primeiro trimestre de 2016 ficou evidenciado uma queda de 20% diretamente relacionada a forte crise económica do Brasil, o que refletiu também, fortemente, em outros mercados. No entanto, logo se foi recuperando, ao ponto que a  chegada de turistas brasileiros em 2016 foi de 432.4 mil, o que mostra um pequeNo aumento de 0,8% em relação ao mesmo período do ano anterior que foi de 429.09 mil.

No  primeiro quadrimestre de 2017, a chegada de turistas brasileiros foi de 180.956, registrando um aumento de  34,2% em relação ao mesmo período de 2016 quando chegaram 134.8 mi. Esses números evidenciam a recuperação de uma tendência que tínhamos na última década.

DIÁRIO – Benjamin, pode nos explicar qual é o objetivo da aprovação pelo governo do ingresso de cidadãos chineses como turistas, bastando que eles tenham vistos emitidos nos Eua, Reino Unido ou Canadá?

LIBEROFFSe estima que em 2020 a China será o maior emisor de turistas do mundo. No ano de 2016, aproximadamente 120 milhões de cidadãos chineses fizeram turismo fora de seu país.

Atualmente, o turista desta nacionalidade é o que mais gasta em sua estadia a nível mundial – uma média de US$ 893 por viagem. Outra característica é que viajam em grupo, ao menos em quatro pessoas.

Não é significativa a chegada de turistas chineses a nosso país. Somente 2% dos visitantes que recebemos em 2016 são provenientes da China, mas é muito importante o interesse de captar turistas desse grande mercado.

Temos trabalhado durante vários anos em um processo pelo qual a China reconhece o Uruguai como país apto a visitar e trabalhamos com um grupo de agências de viagens que manifestaram interesse em relacionar-se com agências chinesas e promover o Uruguai como destino.

Em viagem do presidente Tabaré Vazques à China em outubro do ano passado, se firmou um Acordo de Associação Estratégica entre ambos os países, o que incluía um acordo de cooperação, com permissão de ingresso de visitantes chineses ao Uruguai que possuam o visto vigente para os Estados Unidos, Canadá e os países do Reino Unido, sem necessidade de realizarem outro tipo de trâmites.

Este acordo é um avanço de singular  relevância, mas não resolverá em forma imediata a chegada de turistas chineses a nosso país. Devemos seguir trabalhando firme para colocar o Uruguai no horizonte de turistas asiáticos, em especial os chineses, mas sempre como parte integrante de um plano “multi-destino” para viajantes de larga distância, associando países de nossa região.

Lembro aqui que o Uruguai foi eleito como sede do próximo encontro de negócios entre China e América latina e Carina (China – Lac, 2017). O evento ocorrerá em Punta del Este.

"Somente 2% dos visitantes que recebemos em 2016 são provenientes da China, mas é muito importante o interesse de captar turistas desse grande mercado", afirmou Liberoff (Foto: arquivo DT)
“Somente 2% dos visitantes que recebemos em 2016 são provenientes da China, mas é muito importante o interesse de captar turistas desse grande mercado”, afirmou Liberoff (Foto: arquivo DT)

DIÁRIO – Qual é a posição de países estrangeiros no ranking de turistas recebidos?

LIBEROFF – A chegada de turistas argentinos a nosso país continua sendo de maior relevância, significando uma porcentagem de cerca de 60%.

Se bem que o mercado brasileiro oferece a possibilidade de seguir crescendo a taxas muito mais altas, já que os números de chegada de turistas brasileiros a nosso país se quadruplicou em menos de 10 anos.

O número de visitantes chilenos tem aumentado consideravelmente e estamos tomando ações que nos permitem afirmar que continuará aumentando.

A quantidade de paraguaios também tem crescido e este caracteriza-se por ter um visitante que mais gasta, é muito importante para o turismo do Uruguai seguir crescendo neste mercado.

Como afirmei acima, o conceito de multi-destino é importante para atrair novos destinos mundiais a nosso país,  considerando que as linhas aéreas que unem essas regiões incorporem nossa zona latino-americana, criem códigos de compartilhamento e as operadoras coloquem em suas plataformas promoções de nossos pacotes. Por outro lado, procuramos que cada delegação oficial, incorpore informações sobre o que nosso país oferece.

 

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

Governo prorroga prazo para recolhimento de INSS, PIS e COFINS

Por Marcelo Vianna* O Ministério da Economia acaba de publicar a Portaria 139, de 03.04.2020, prorrogando o prazo de recolhimento dos seguintes tributos federais:INSS das competências de março...

CEO e Fundador do Grupo OYO renuncia a salário anual seguido por equipe de liderança

O COVID-19 impactou significativamente o setor de hospitalidade global, com as ocupações de diversas redes de hotéis sendo afetadas drasticamente. Nesse período difícil e...

Abav-SP e Aviesp realizam LIVE para esclarecer dúvidas dos agentes de viagens

A Abav-SP e Aviesp realizarão uma transmissão ao vivo pela página do Instagram (https://www.instagram.com/abavsp.aviesp/), no dia 7 de abril (terça-feira), às 14h30. A LIVE...

Máscaras caseiras podem ajudar a evitar transmissão da doença (ouça áudio)

Com a disseminação do coronavírus (Covid-19) por todos os estados do país e a falta de máscaras para reduzir a transmissão da doença, muitas...

Festival Coolritiba 2020 será reagendado por conta do COVID-19

A 4ª edição do festival mais cool do Brasil será reagendada! O Coolritiba 2020, previsto para acontecer em Maio, diante do avanço da COVID-19...

Curiosidade: quando surgiram os mapas?

Os mapas mais antigos que se têm registro hoje são os mapas babilônicos, confeccionados em argila por volta de 2.300 A.C. REDAÇÃO DO DTMuito...

Relacionadas

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias