Boeing: recuperação do mercado da aviação só daqui a três anos

O presidente executivo da Boeing, David Calhoun, disse nesta quarta-feira que a companhia pretende reduzir mais sua produção e o número de funcionários, e que o mercado de aviação não se recuperará dos problemas causados pela covid-19 antes de três anos.

Financial Times

A companhia sediada em Chicago vai “avaliar melhor” o tamanho de sua força de trabalho. Ela anunciou há três meses que pretendia reduzir o número de funcionários, de 160.000, em 10%. Até agora ela eliminou 12.000 empregos via demissões e pacotes de demissões voluntárias.

“A verdade é que o impacto da pandemia sobre o setor da aviação continua grave”, disse ele em um memorando aos funcionários. “Embora alguns aviões estejam retornando lentamente a operar, seus números continuam bem menores que os de 2019, o que reduziu as receitas das companhias aéreas.”

Com a pressão sobre os clientes comerciais da Boeing, estes estão adiando as compras de aeronaves, tentando retardar as entregas, adiando as manutenções optativas, tirando de circulação aviões mais velhos e reduzindo os investimentos. “Tudo isso afeta nossos negócios e, no final das contas, nossos resultados finais”, disse Calhoun.

A Boeing antecipou uma produção mais lenta do Max, que está fora de atividade há 17 meses, depois de dois acidentes fatais. Agora, ela será ainda mais lenta. Em vez de produzir 31 aviões por mês até o fim de 2021, a companhia agora afirma que só vai atingir essa taxa em 2022.

 

Avatar
Redaçãohttps://www.diariodoturismo.com.br
Primeiro e-Diário de Turismo do Brasil

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

94ª Festa da Achiropita segue até 29 de agosto em São Paulo

A Festa de Nossa Senhora Achiropita está confirmada, mas em uma versão virtual; o público pode desfrutar as delícias da culinária italiana, como fogazzas,...

CEO da Delta Airlines se posiciona a favor da justiça racial e da diversidade

Em um memorando para os funcionários da Delta Airlines, o CEO Ed Bastian compartilhou as medidas que a empresas aérea está tomando para se...

UNEDESTINOS e EMBRATUR em reunião online discutem retomada do Turismo

Entidade promoveu encontro para destacar promoção do Brasil no exterior A UNEDESTINOS, União Nacional de Convention & Visitors Bureaus (CVBs) e Entidades de Destinos, e...

Accor lança hotsite ALLSAFE que responde dúvidas de clientes e hóspedes

A Accor acaba de lançar o hotsite ALLSAFE (https://allsafelatam.com.br/pt) com o objetivo de fornecer para seus clientes todas as informações sobre higienização e segurança,...

Estudo aponta baixa adesão ao ‘Selo Turismo Responsável’, 60 dias após lançado

Um estudo produzido pelo Profo Msc. Thyago Velozo de Albuquerque, do Departamento de Turismo e Hotelaria da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) - pesquisador...

Alemanha tem mais de 200 rotas diferentes para fazer de bike

Com mais de 70 mil km de ciclovias e trilhas, Alemanha é considerada uma das melhores opções do mundo para os ciclistas; nível das...

Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias

Open chat