CEO e Fundador do Grupo OYO renuncia a salário anual seguido por equipe de liderança

O COVID-19 impactou significativamente o setor de hospitalidade global, com as ocupações de diversas redes de hotéis sendo afetadas drasticamente. Nesse período difícil e sem precedentes, Ritesh Agarwal, CEO e  Fundador do Grupo, OYO Hotels & Homes, decidiu renunciar a 100% de seu salário pelo resto do ano.

EDIÇÃO DO DIÁRIO com agências


Toda a equipe de liderança executiva da empresa adotou um corte voluntário de salário a partir de 25%, com muitos optando por um valor adicional sem limite e outros subindo até 50%, para permitir a boa performance da empresa. Isso entra em vigor em abril de 2020 e toda a empresa está engajada para minimizar o impacto desse período.

Em nota, a empresa afirma que é motivo de orgulho para a OYO Hotels & Homes manter todos os líderes do grupo de CXOs na história da empresa, e em tempos difíceis como esse, ter a liderança executiva unida como uma entidade forte, e como verdadeiros parceiros da companhia.

“A atual situação em todo o mundo é profundamente preocupante para todos nós. A OYO está fazendo de tudo para apoiar o mundo, com seus recursos limitados nessa pandemia, desde a criação de centros de isolamento até locais seguros para socorristas. Dado o recente cenário comercial, sem precedentes, estou renunciando a 100% do meu salário pelo resto do ano. Sou grato a minha equipe de liderança, que também se voluntariou para cortes na folha de pagamento e apoia a empresa durante esse período tão difícil. Nós estamos comprometidos com a luta contra o COVID-19 e tentaremos fazer tudo que estiver ao nosso alcance para ajudar as pessoas, além de garantir o sucesso a longo prazo da empresa e nossa capacidade de continuar cumprindo nossa missão de oferecer os melhores espaços para todos, a preços acessíveis, globalmente,” afirmou Ritesh Agarwal, CEO do Founder & Group.

Medidas da empresa

De acordo com as políticas adotadas pelo setor, a OYO Brasil adotou uma série de medidas para garantir a saúde e a segurança de seus funcionários, bem como de seus hóspedes e parceiros hoteleiros.

A OYO está em contato com diversas autoridades do governo para entender como algumas de suas propriedades podem ser úteis durante esse período crucial. Recentemente, a OYO vem informando em suas redes sociais a importância do isolamento, bem como oferecendo tarifas solidárias para aqueles que não podem ou não conseguiram voltar para as suas casas nesse período.

“Estou muito orgulhoso com as medidas adotadas tanto em âmbito global, quanto local pela OYO. O espírito de equipe e solidariedade que conseguimos promover é único e nos serve como estímulo para continuarmos firmes e perseverantes na luta contra o COVID-19 ”, declara Henrique Weaver, diretor geral da OYO Hotel & Homes no Brasil. “Todos nós enquanto funcionários da OYO sabemos o quanto o setor de hospitalidade está sendo afetado, pois vemos as consequências de perto. Então, espontaneamente foi criado um crowdfunding interno entre os colaboradores com o objetivo de apoiar os hoteleiros nesse momento tão difícil. A OYO dobrará o valor arrecadado reforçando o compromisso da empresa com o setor e com os parceiros”, finaliza o executivo.

Sobre a OYO Hotels and Homes 

Criada em 2013, a OYO Hotels & Homes é uma startup de hospitalidade e considerada atualmente a principal rede de hotéis, residências e espaços do mundo. O portfólio da empresa, que representa mais de 43.000 propriedades e já ultrapassou a marca de 1 milhão de quartos. www.oyorooms.com/br

Paulo Atzingen
Paulo Atzingenhttps://www.diariodoturismo.com.br
Paulo Atzingen é paulista e jornalista profissional (DRT-185 PA) desde o ano 2000; cursou Letras e Artes e Comunicação Social na Universidade Federal do Pará (UFPA), É poeta, contista e cronista. Estuda gaita (harmônica).

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

PL 2034 aprovado pelo governador do Rio de Janeiro é vitória para os guias de turismo

O Projeto de Lei Nº 2034 acaba de ser aprovado pelo governador do Rio de Janeiro Wilson Witsel e se transforma na Lei Estadual...

Parques da SeaWorld na Flórida reabrirão ao público em 11 de junho

O SeaWorld Entertainment, Inc., uma das empresas de entretenimento líder no mundo, anunciou o projeto de reabertura em fases (com capacidade limitada) dos seus...

Temperaturas caem em Santa Catarina e toneladas de tainha são pescadas (Vejam vídeos)

Por Jefferson Severino especial para o DIÁRIO DO TURISMODe fato, hoje o estado catarinense completa 32 dias com temperaturas negativas. Segundo o Homem do...

Efeitos da pandemia: o fim dos blocos comerciais e início de acordos bilaterais

Por Carlo Barbieri*O mercado globalizado como o conhecemos hoje, já está em plena mudança devido à pandemia. Teremos um realinhamento na estrutura comercial do...

Pedidos de recuperação judicial aumentam depois da Covid-19

O último levantamento da Boa Vista, divulgado no início deste mês, registra alta em maio de 68,6% no número de pedidos de recuperação judicial...

Fronteiras terrestres entre Espanha, Portugal e França abrem em 22 de junho

MADRI (Reuters) - A Ministra da Indústria e do Turismo espanhola, Reyes Maroto, disse nesta quinta-feira que todas as restrições a cruzamentos nas fronteiras...

Relacionadas

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias