Como o turismo no Brasil pode ser impulsionado com a liberação dos cassinos

Antes de acontecer a lei que proibiu a prática dos jogos de azar o Brasil tinha cerca de 71 cassinos onde estavam empregadas em torno de 54 mil pessoas

por  Renato Araújo*

Depois de 70 anos de proibição dos jogos de azar no Brasil o assunto vem novamente à tona gerando muita polêmica entre os que são a favor e também àqueles que são contra essa iniciativa. Verdade é que, mesmo havendo pessoas contra a liberação dos cassinos, ele pode trazer várias vantagens para a população e para a economia brasileira que sofre, hoje, uma das suas maiores crises econômicas.

Antes de acontecer a lei que proibiu a prática dos jogos de azar o Brasil tinha cerca de 71 cassinos onde estavam empregadas em torno de 54 mil pessoas e que pagava, só em tributos, algo perto dos 400 bilhões de reais. Depois de proibidos no nosso país, os brasileiros que são fãs e apreciam jogos como roleta, jogo 21, caça níquel, poker e outros tiveram que ir procurar essa diversão em outros lugares como Las Vegas, por exemplo. Para você ter uma ideia dos valores envolvidos nesse mercado, os Estados Unidos recebem cerca de 38 bilhões de dólares só em tributos dos cassinos. Além disso esse setor gera cerca de 2 milhões de empregos regulamentados e faz girar algo próximo dos 240 bilhões de dólares, o que é muito dinheiro! Las Vegas tem um número altíssimo de turistas que visitam a cidade só pelo prazer de jogar cassino. Porque isso também não pode acontecer no Brasil?

Os cassinos, uma vez regulamentados e legalizados no Brasil, iriam gerar renda para vários setores como o turismo, já que várias pessoas viriam ao Brasil justamente por ser uma prática legalizada aqui, iriam aumentar o número de empregos que poderia diminuir, consideravelmente, o número de desempregados hoje em dia, iria gerar renda para a economia com os tributos e taxações comuns e muito mais!

Resorts

Mesmo existindo várias opiniões que defendem que a legalização aumentaria a lavagem de dinheiro, levaria ao vício e atividades criminosas, o próprio governo já chegou a conclusão de que isso não precisa necessariamente acontecer. Os cassinos podem significar um melhor desenvolvimento na nossa economia. Segundo Elman Nascimento, o deputado do partido DEM da Bahia a legalização iria gerar, inicialmente, um investimento em torno de 80 milhões de reais. O deputado ainda afirmou que há interesse de vários grupos estrangeiros no Brasil, inclusive com a criação de um resort completamente integrado ao cassino. Isso, segundo ele, iria aumentar o turismo, a economia do país e ainda ia ajudar o país a crescer, tanto pelos empregos gerados como pelo gasto dos brasileiros que, hoje em dia, praticam jogos de azar fora do Brasil.

Com a legalização dos cassinos o Brasil vai se tornar um ponto de interesse turístico já que os cassinos são responsáveis por uma parte considerável das viagens em todo o mundo. E, além disso, ainda vai desenvolver a sua economia, gerar empregos e muito mais. Essa é, deveras, uma proposta que deve ser bem estudada porque, apesar das desvantagens, traz muitas vantagens para o país.

_______________

*Os artigos assinados, necessariamente não refletem a opinião do jornal e do seu conselho editorial

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Redação
Redaçãohttps://www.diariodoturismo.com.br
Primeiro e-Diário de Turismo do Brasil

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


    Mais lidas

    Site do Editor

    Mais recentes

    Projeta Rocinha, no Rio, tem cinema projetado no Morro Dois Irmãos

    A maior favela da América Latina está sendo palco de uma iniciativa cultural inédita: o Projeta Rocinha. Em tempos de #FiqueEmCasa, a iniciativa que...

    Nova Lei de Falências e Recuperações Judiciais entra em vigor neste domingo

    Legislação, que entrará em vigor no país a partir de 24 de janeiro, dará mais fôlego às empresas, torna mais viável o pedido de empréstimos...

    Novos Embaixadores do Turismo do Rio de Janeiro são anunciados

    Foram anunciados na tarde desta sexta-feira (22) o nome dos 26 novos Embaixadores do Turismo do Rio de Janeiro. O evento vem ano a...

    Turismo Sustentável começam a ser gerados na Grande Reserva Mata Atlântica

    Negócios de turismo sustentável e produção de natureza localizados nos estados do Paraná, Santa Catarina e São Paulo serão impactados pelo primeiro Centro de...

    Operadoras não vendem 50% do que venderam no mesmo mês de dezembro, em 2019

    Um balanço apresentado na tarde desta sexta-feira (22) pela Associação Brasileira das Operadoras de Turismo - Braztoa - aponta que o faturamento referente às...

    Pierfrancesco Vago nomeado Presidente Executivo Global da Cruise Lines International Association (CLIA)

    Uma nota da MSC Cruzeiros acaba de informar que seu presidente honorário Pierfrancesco Vago foi nomeado Presidente Executivo Global da Cruise Lines International Association...

    Relacionadas

    Open chat