Demanda por transporte aéreo cai 7,8% em maio, revela Anac

(Edição do DT com agências)

A demanda por transporte aéreo doméstico de passageiros registrou queda de 7,8% em maio, na comparação com o mesmo mês de 2015, informou na sexta-feira (17) a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

Com o resultado, o setor aéreo brasileiro já registra dez meses consecutivos de retração. Nos cinco primeiros meses deste ano, a demanda doméstica acumula baixa de 6,6% frente igual etapa de 2015.

A oferta por transporte aéreo doméstico, por sua vez, diminuiu 8,2% em maio, em relação ao mesmo período do ano passado, na nona baixa sucessiva do indicador. No ano até agora, a oferta acumula redução de 5,7% ante janeiro a maio de 2015.

Com um recuo da oferta mais acentuado que o da demanda, a taxa de aproveitamento das aeronaves em voos domésticos operados por empresas brasileiras melhorou e ficou em 78,3% em maio de 2016, que representou alta de 0,3 ponto porcentual ante o reportado no mesmo mês do ano passado.

No período de janeiro a maio de 2016, o aproveitamento doméstico foi de 79,4%, frente a 80,3% do mesmo período de 2015, o que representou redução de 1%, destacou a Anac.

No total, as empresas aéreas nacionais transportaram um total de 6,9 milhões de passageiros pagos no mercado doméstico em maio, o que corresponde a uma queda de 10% em relação a maio de 2015, completando dez meses consecutivos de retração.

No período de janeiro a maio de 2016, a quantidade de passageiros transportados acumulou redução de 7,9% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Participação de mercado

A Gol liderou o mercado doméstico no mês passado, com uma participação, medida pelo indicador de demanda RPK, de 36,6%, acima dos 34,5% de sua principal concorrente, a TAM.

A Gol registrou alta de 0,1% em sua participação de mercado, quando comparada com mesmo mês do ano anterior, enquanto a TAM teve queda de 4,5% neste indicador.

A participação das demais empresas somadas foi de 29%, o que representou aumento de 5,8% em relação a maio de 2015.

A Anac destacou a evolução da Avianca, que apresentou crescimento de 18,9% em sua participação no mercado doméstico em maio de 2016, quando comparada com maio de 2015, passando de 9,4% para 11,2%.

Já a Azul passou de 17%, em maio do ano passado, para 16,9%. (Estadão Conteúdo)

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

Leonel Andrade é o novo presidente da CVC Corp

A CVC Corp acaba de anunciar a chegada de seu novo presidente, Leonel Andrade.EDIÇÃO DO DIÁRIOCom vasta vasta experiência em gestão, tendo passado por conceituadas empresas como...

Cientistas chineses anunciam descoberta contra covid-19

Um grupo de cientistas chineses isolou vários anticorpos que considera "extremamente eficientes" para impedir a capacidade do novo coronavírus de entrar nas células, o que...

Abav-RJ lança vídeo “Quem dera fosse mentira” (assista!)

Inspirada no 1º de abril - Dia da Mentira, a Abav-RJ acaba de lançar, em seus canais de comunicação, o vídeo “Quem dera fosse...

O que será do mundo após o COVID-19

*por Marcus Marques – Fundador do movimento #AceleradorEmpresarialQuem de nós esperávamos por essa pandemia que se abateu sobre a humanidade e trouxe uma reviravolta...

Pesquisa do BC Convention revela impacto nos empregos do setor turístico

Entre os dias 24 e 26 de março, o Balneário Camboriú Convention & Visitors Bureau realizou pesquisa com os associados que fazem parte do...

Relacionadas

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias