Demanda por transporte aéreo cai 7,8% em maio, revela Anac

(Edição do DT com agências)

A demanda por transporte aéreo doméstico de passageiros registrou queda de 7,8% em maio, na comparação com o mesmo mês de 2015, informou na sexta-feira (17) a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

Com o resultado, o setor aéreo brasileiro já registra dez meses consecutivos de retração. Nos cinco primeiros meses deste ano, a demanda doméstica acumula baixa de 6,6% frente igual etapa de 2015.

A oferta por transporte aéreo doméstico, por sua vez, diminuiu 8,2% em maio, em relação ao mesmo período do ano passado, na nona baixa sucessiva do indicador. No ano até agora, a oferta acumula redução de 5,7% ante janeiro a maio de 2015.

Com um recuo da oferta mais acentuado que o da demanda, a taxa de aproveitamento das aeronaves em voos domésticos operados por empresas brasileiras melhorou e ficou em 78,3% em maio de 2016, que representou alta de 0,3 ponto porcentual ante o reportado no mesmo mês do ano passado.

No período de janeiro a maio de 2016, o aproveitamento doméstico foi de 79,4%, frente a 80,3% do mesmo período de 2015, o que representou redução de 1%, destacou a Anac.

No total, as empresas aéreas nacionais transportaram um total de 6,9 milhões de passageiros pagos no mercado doméstico em maio, o que corresponde a uma queda de 10% em relação a maio de 2015, completando dez meses consecutivos de retração.

No período de janeiro a maio de 2016, a quantidade de passageiros transportados acumulou redução de 7,9% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Participação de mercado

A Gol liderou o mercado doméstico no mês passado, com uma participação, medida pelo indicador de demanda RPK, de 36,6%, acima dos 34,5% de sua principal concorrente, a TAM.

A Gol registrou alta de 0,1% em sua participação de mercado, quando comparada com mesmo mês do ano anterior, enquanto a TAM teve queda de 4,5% neste indicador.

A participação das demais empresas somadas foi de 29%, o que representou aumento de 5,8% em relação a maio de 2015.

A Anac destacou a evolução da Avianca, que apresentou crescimento de 18,9% em sua participação no mercado doméstico em maio de 2016, quando comparada com maio de 2015, passando de 9,4% para 11,2%.

Já a Azul passou de 17%, em maio do ano passado, para 16,9%. (Estadão Conteúdo)

Avatar
Redaçãohttps://www.diariodoturismo.com.br
Primeiro e-Diário de Turismo do Brasil

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

Pernambuco amplia horário de funcionamento de restaurantes e bares a partir da segunda-feira (10)

Os turistas que estão começando a planejar viagens para Pernambuco contam com uma boa notícia. A Secretaria de Turismo do Estado informa que devido...

Restaurante Syria resgata a essência da comida árabe em São Paulo

Por Mary Ellen Aquino (Com Edição do DT)* No mesma terça-feira (4) deste mês de Agosto em que uma grande explosão destruiu uma parte de...

SPCVB realiza capacitações online sobre destinos paulistas durante pandemia

Ações de promoção foram realizadas em forma de digital desde o início da pandemia Mesmo diante da presente pandemia que assola empresas e mercados, o...

Beach Park, no Ceará,  reabre para hóspedes em soft opening

Após 140 dias fechado, o Beach Park reabriu o parque aquático na última quinta-feira (6) somente para hóspedes e em soft opening. Em nota,...

Show dos 80 anos de Roberto Carlos será mesmo no Iberostar da Bahia

Após idas e vindas de uma possível mudança de data do show Emoções de Roberto Carlos, o diretor do Iberostar Brasil, Orlando Giglio, confirmou...

Parque Nacional de Jericoacoara reabre neste sábado após autorização do ICMBio

Mais um destino turístico brasileiro retoma suas atividades nesta semana. O Parque Nacional de Jericoacoara (CE) reabre para visitação pública a partir deste sábado...

Relacionadas

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias

Open chat