FBHA defende proposta de reforma tributária intitulada “Simplifica já”

Os empresários representados pela Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação (FBHA) estão mobilizados pela aprovação da proposta de reforma tributária intitulada “SIMPLIFICA JÁ”. A mesma conclusão teve a coalizão de entidades do trade turístico nacional, chamada de G20+, que reúne 21 associações atuantes na cadeia produtiva do setor.

“Concluímos que esta proposta traz melhores resultados para o setor produtivo, com ganhos mais equilibrados para os setores público e privado”, afirma o presidente da FBHA, Alexandre Sampaio.

EDIÇÃO DO DIÁRIO com agências


Vale afirmar que o “SIMPLIFICA JÁ” está consubstanciado na Emenda Substitutiva Global 144 à PEC 110, em tramitação no Senado Federal. Em termos práticos, a proposta tem a intenção de reformar os tributos ICMS, ISS, PIS e COFINS, considerando a desoneração parcial da tributação sobre a folha das empresas, quanto maior forem o número de empregados e a massa salarial da empresa.

De acordo com Sampaio, depois desta crise sem precedentes instaurada pela pandemia, não há espaço para aumento de carga tributária no país. “Precisamos, sim, de simplificação para o cumprimento das obrigações principais e acessórias para que criemos um ambiente de negócios mais pujante e menos desmotivador, como o atual”, sentencia.

Contas públicas

Para o presidente da FBHA, se a situação das contas públicas brasileiras já era grave, com a pandemia que pegou o mundo de surpresa, este cenário se tornou quase caótico. A base de arrecadação de impostos despencou e os gastos do governo federal, principalmente com auxílio emergencial, aumentaram muito. “Agora, há poucas semanas do final do ano, economistas de todo o país enfatizam a necessidade urgente de uma reforma que reduza os gastos do Estado. Se 2019 foi o ano da Reforma da Previdência, 2021 vai exigir total empenho político para embarcarmos rumo a uma economia mais próspera”, conclui.

Não há dúvidas, entre as entidades representativas do setor produtivo, que a Reforma Administrativa que o governo enviou para o Congresso é muito tímida, afetando somente os funcionários públicos que ainda vão ingressar no serviço público. “E isso não basta”, enfatiza Sampaio, lembrando que se não forem tomadas medidas eficazes para preservar o teto de gastos, a possibilidade de a inflação voltar ao Brasil, por conta da necessidade de emissão monetária, é muito alta.

“Já passou da hora do governo olhar com mais atenção para a agenda econômica nacional e executar planos de ação concretos”, diz. “De todas as reformas que já deveriam ter sido feitas há muito tempo, a de redução dos gastos do Estado se tornou prioritária e urgente”, complementa.

Compartilhe com um amigo:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Redação
Redaçãohttps://diariodoturismo.com.br
Primeiro e-Diário de Turismo do Brasil

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


    Mais lidas

    Site do Editor

    Mais recentes

    Posso viajar na Pandemia? perguntas e respostas!

    O buscador de viagens Skyscanner enviou ao DIÁRIO na última sexta-feira (5) uma lista perguntas e respostas sobre o momento que o mundo das...

    7ª Mostra de Cinema de Gostoso (RN) começa dia 10

    A Mostra de Cinema de Gostoso na Praia do Maceió, em São Miguel do Gostoso (RN), começa no próximo dia 10 e vai até...

    Sally Balcombe, CEO do VisitBritain, fala ao DIÁRIO durante o ExploreGB Virtual

    Durante esta semana ocorreu o principal encontro anual do trade turístico da Grã Bretanha, o ExploreGB,  promovido pelo VisitBritain, mas desta vez, em um...

    Momentos Argentinos desta semana: Neuquén

    Quando os passageiros decidem viajar, mais ainda depois de meses difíceis como foram os de 2020, há um denominador que se estende à maioria...

    GTA prorroga para o fim de março promoção para Terceira Idade

    A GTA - Global Travel Assistance acaba de anunciar que prorrogou para o fim de março a Promoção + 65. Válida para todos os planos...

    Grupo Belmond anuncia Felipe Pereira como novo diretor de Vendas

    Felipe Pereira é o novo diretor de vendas do Copacabana Palace e Hotel das Cataratas, hotéis de luxo do grupo Belmond, no Rio e...

    Relacionadas

    Compartilhe com um amigo:
    Pautas e Marketing
    Olá.
    Esse é um canal exclusivo para Pautas e Marketing.