Grupos étnicos permitem a poligamia na Costa do Marfim, prevalecendo o poder cultural

No lugar onde o coração não está os pés não chegam“. Esta frase,  dita por algum líder do Office National du Tourisme de Cote D’Ivoire (Costa do Marfim) demonstra como a emoção e a força das tradições falam mais alto neste país

Por Paulo Atzingen (de Yamussucro – capital política e administrativa)

 

Diante de um mundo em crise social, política e econômica ir à África tem sido um exercício de tolerância e ponderação.

Os três primeiros dias aqui, na terra de Didier Drogba, o craque da seleção marfinense, já deu para perceber a força e a esperança de uma população que ainda vive o seu período pós-colonial e os reflexos de ter sido o almoxarifado das potências européias por vários séculos.

A visita ao Museu dos Costumes, nesta terça-feira (22), no distrito de Grand Bassan, foi um exemplo preciso (embora tímido porque não retrata de forma mais contundente todo o período de saque e usurpação colonial),  de que um povo não pode perder a sua memória, nem varrê-la para debaixo do tapete.

O museu apresenta quatro grupos étnicos bem distintos distribuídos pelo território da Costa do Marfim: Akan no sudeste, les Mande no noroeste, les Voltaiquesno nordeste e les Krou, no sudoeste. grupos esses existentes muito antes da chegada dos colonizadores (Século XVII e XVIII). A mostra dá especial destaque a formação social e familiar dos clãs tribais do país , detalhando aspectos das vestimentas, habitações, usos e costumes. Estátuas e maquetes das tribos se sobressaem e verifica-se uma ausência de documentos, livros e um maior número de fotografias.

O guia de turismo Ekra Noel, durante apresentação (Crédito: DT)

Poligamia

Algumas tradições daqui chocam os sistemas tradicionais e jurídicos do mundo ocidental, no entanto elas persistem e atravessam os séculos. É o caso da poligamia.

O guia Ekra Noel explica que boa parte dos casamentos nessas tribos a poligamia é comum, sendo que as esposas têm sua própria casa distante da casa do esposo dependendo da intensidade do amor dele por ela. “É comum o homem ter três mulheres. A mais antiga geralmente foi aprovada pela família e tem a palavra final, mas não é a mais amada”, afirma Ekra.

O Museu dos Costumes, em Grand Bassan (Crédito: DT)

Poder Cultural

“O poder cultural foi separado pelo poder administrativo ocidental, embora o poder central proíba o casamento poligâmico, esta prática é muito comum na organização cultural, ou seja, nas aldeias”, afirma Ekra ao DIÁRIO.

“Quando existe uma divergência ou crime comum, a lei cultural sobrepõe-se à lei central e o problema pode ser resolvido dentro da própria aldeia. Pequenos delitos são resolvidos dentro da lei tribal, tipo roubo, dívida, adultério etc. alguns desses crimes comuns são resolvidos a partir do acordo de se repor a perda e até partir para uma espécie de perdão do delito”, informa Boubakar Sanfo, líder tour do grupo de jornalistas e operadores que participam de um press-trip pelo país africano.

Os quatro grupos étnicos são divididos em 60 etnias e um incontável número de tribos espalhadas pelo território da Costa do Marfim com suas leis e costumes próprios.

_______________________

*O jornalista viajou a convite do Cote D’Ivoire Tourisme com seguro GTA

Paulo Atzingen
Paulo Atzingenhttps://www.diariodoturismo.com.br
Paulo Atzingen é paulista e jornalista profissional (DRT-185 PA) desde o ano 2000; cursou Letras e Artes e Comunicação Social na Universidade Federal do Pará (UFPA), É poeta, contista e cronista. Estuda gaita (harmônica).

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

Etnia Casa Hotel, de Trancoso (BA), reabre em 15 de julho com tecnologia em biossegurança

Tudo pronto para a reabertura. Após publicação de decreto de autorização, pela Prefeitura de Porto Seguro, a Etnia Casa Hotel retoma suas atividades em...

Conheça os  tipos de hóspedes do Intercontinental Cartagena de Índias. Um pode ser você!

Preservando as características internacionais da marca, o Intercontinental Cartagena de Índias – possui serviços e produtos que seduzem qualquer tipo de hóspede Por Paulo Atzingen...

Em live, Ministério do Turismo apresenta próximos passos do Programa Revive

Em uma live realizada nesta quinta-feira (09), o Ministério do Turismo, o Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e a Secretaria Especial...

Jornal DIÁRIO DO TURISMO tem novo slogan e anuncia novos colaboradores

Novidade que reforça o protagonismo do leitor integra a nova etapa do projeto de renovação editorial, explica o diretor de redação Paulo Atzingen  POR ZAQUEU...

Uma viagem intergaláctica com o astrônomo Emerson Perez (Exclusivo!)

15 ANOS DIÁRIOS - publicado dia 17 de fevereiro DE 2018 Perez acredita que as viagens interplanetárias ganharão impulso nas mãos de empresas privadas REDAÇÃO DO...

Emirates retomará voos para São Paulo a partir de 2 de agosto

A Emirates anunciou nesta quinta-feira (9) que retomará voos para São Paulo a partir de 2 de agosto. Outros cinco destinos serão adicionado à...

Relacionadas

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias