Guia MICHELIN suspende a atualização de sua seleção de restaurantes do RJ & SP

Nos últimos dois anos, a crise da COVID trouxe para o setor de restaurantes, seus parceiros e toda a cadeia gastronômica desafios sem precedentes. Neste cenário, o trabalho da equipe de inspetores do Guia MICHELIN, que reconhece e valoriza a qualidade e riqueza do cenário gastronômico carioca e paulistano, foi profundamente impactado, assim como suas capacidades financeiras e operacionais.

Aliada à incerteza local, este contexto tem impossibilitado que os inspetores avaliem de forma justa e atualizem as seleções de restaurantes do Rio de Janeiro e São Paulo, a fim de compartilharem recomendações que respeitem os compromissos centrais do Guia MICHELIN — expertise, independência e consistência — bem como a sua metodologia histórica. Também tem impedido que a publicação desempenhe plenamente seu papel de fomentador turístico, cultural e econômico no Brasil.

Como consequência e visando manter o mais alto nível de qualidade de seus serviços, o Guia MICHELIN tomou a difícil decisão de suspender temporariamente a atualização de sua seleção de restaurantes no Brasil.

No entanto, os estabelecimentos brasileiros selecionados continuarão a ser promovidos com suas distinções nas plataformas digitais do Guia MICHELIN — site e aplicativos. Nelas, o Guia informa aos leitores que essas recomendações são baseadas em visitas anteriores feitas pela equipe de inspeção, trazendo a menção “Última atualização: setembro de 2020”. Além disso, o Guia MICHELIN continuará a compartilhar artigos em seu site e mídias sociais do Brasil.

Desde 2015, o Guia MICHELIN tem destacado a gastronomia do Rio de Janeiro e São Paulo, ilustrando o rico cenário gastronômico e a diversidade culinária das duas cidades. A fim de continuar a dar destaque à alta qualidade da gastronomia do Brasil e de seus talentosos chefs, neste momento, o Guia MICHELIN busca encontrar apoio para retomar suas atividades de seleção e recomendação o mais breve possível.

Sobre o Guia MICHELIN

Lançado em 1900 na França, o Guia MICHELIN estabeleceu-se ao longo de mais de um século como a referência de recomendações dos melhores restaurantes e hotéis em todo o mundo.

Hoje presente em 39 destinos internacionais, as seleções do Guia MICHELIN ilustram a paixão e a curiosidade de sua equipe de inspetores, que destaca talentos locais e internacionais, tradições culinárias e culturas gastronômicas.

As seleções também contam com três compromissos-chave que estão no coração do Guia MICHELIN desde o seu início e garantem sua credibilidade e relevância:

 

  • Expertise: todas as recomendações do Guia MICHELIN são fruto do trabalho de campo de seus inspetores, que já trabalharam no setor de restaurantes e hotelaria.
  • Independência: os inspetores são funcionários da Michelin em tempo integral, o que significa que não têm ligação com nenhum estabelecimento que avaliam. Eles trabalham anonimamente, se comportam como qualquer cliente regular e sempre pagam suas contas.
  • Consistência: não importa o tipo de comida, a formalidade ou a localização do restaurante, os inspetores aplicam sempre a mesma metodologia e critérios. Ao selecioná-lo e classificá-lo, apenas levam em consideração a qualidade da sua comida avaliada de acordo com 5 critérios universais: a qualidade dos ingredientes, o domínio das técnicas culinárias, a harmonia dos sabores, a personalidade do chef expressada por sua cozinha e a consistência tanto entre as visitas como no menu como um todo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

CADASTRE-SE GRATUITAMENTE

TENHA ACESSO À CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

+ 300 MATÉRIAS COM CONTEÚDO DIRECIONADO

RECEBA AS ATUALIZAÇÕES EM 1ª MÃO

Tenha acesso ILIMITADO ao conteúdo EXCLUSIVO de turismo.

Conteúdo exclusivo

Recentes

Mais do DT

Atendimento Comercial