Ilhabela dispensa uso de máscara em áreas abertas

Decreto assinado pelo prefeito Toninho Colluci (PL) vai contra as recomendações da Fiocruz e da determinação do governo do Estado de São Paulo

Por Redação

Nesta sexta-feira (19), a prefeitura de Ilhabela, no Litoral Norte de São Paulo, publicou um decreto que desobriga o uso de máscara de proteção contra a Covid-19 em áreas abertas.

A medida autoriza moradores e turistas a circular sem máscara por locais como parques, praias, ruas e demais endereços abertos na cidade.

O documento, que entra em vigor neste sábado (20), determina que estabelecimentos comerciais exijam comprovante de vacinação com as duas doses.

O uso de máscara permanece obrigatório em locais fechados como escolas e hospitais, transporte público, hotéis, pousadas e em eventos ao ar livre com aglomeração.

Com o decreto, Ilhabela se torna a primeira cidade do Estado de São Paulo a afrouxar oficialmente o uso de proteção facial contra a Covid-19.

No dia 17 de novembro a Fiocruz publicou boletim alertando para o avanço da contaminação na Europa e chamou a atenção para o abandono de ações preventivas no Brasil, como a liberação do uso de máscara.

De acordo com o governo do Estado de São Paulo, o uso de máscara continua sendo obrigatório em todo o território paulista. Quem descumprir será multado.

CADASTRE-SE GRATUITAMENTE

TENHA ACESSO À CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

+ 300 MATÉRIAS COM CONTEÚDO DIRECIONADO

RECEBA AS ATUALIZAÇÕES EM 1ª MÃO

Tenha acesso ILIMITADO ao conteúdo EXCLUSIVO de turismo.

Conteúdo exclusivo

Recentes

Mais do DT