Luciane Leite, diretora da WTM Latin America: “Queremos ser o evento da retomada!”

Uma coletiva de imprensa online na manhã desta terça-feira (18), com uma equipe da Reed Exhibitions apresentou algumas informações adicionais sobre a mudança da WTM Latin America para abril de 2021, anunciada ontem. O evento originalmente ocorreria em abril deste ano e depois foi alterado para outubro.

REDAÇÃO DO DIÁRIO


A diretora da WTM LA para a América Latina, Luciane Leite explicou que devido a vários fatores, entre eles o próprio protocolo sanitário do governo de São Paulo (que divide em categorias e escalas de cinco níveis a reabertura econômica e que para se realizar eventos é necessário se enquadrar no nível 4 (verde) ), as próprias restrições dos voos internacionais e a pesquisa interna com expositores, a decisão de transferir o evento foi bem aplicada. “Por todo o quadro sanitário global além de sentirmos a dinâmica do mercado, decidimos postergar o evento para os dias 6, 7 e 8 de abril de 2021 no Expo Center Norte, em São Paulo”, disse Luciane.

A equipe de coordenação da WTM LA estava representada também pelas executivas Thais del Ben, Bianca Pizzolito e Natalia Hartman.

“Com todos os prognósticos, como por exemplo, a vacina sendo disponibilizada em dezembro deste ano como anunciam, acreditamos que em abril já estejamos aptos para um evento dessa magnitude. Queremos ser o evento da retomada”, arriscou Luciane.

As executivas falaram também do lançamento da WTM Virtual em novembro, um evento digital que reunirá as quatro marcas do portfólio – WTM Latin America, WTM Africa, ATM e WTM London. “O evento em Dubai, que aconteceria em outubro deste ano, já teve sua versão digital e foi muito bem sucedido”, disse Luciane.

Comprometida em oferecer à indústria turística conteúdo relevante, assim como incentivar o networking e as melhores práticas do mercado, a WTM Latin America seguirá com uma agenda de ações que levarão ao público informação, conteúdo, conhecimento e incentivo à prática de networking.

A gerente de vendas da WTM Latin America, Bianca Pizzolito, destacou a atuação muito próxima do time comercial junto aos clientes e a expectativa positiva que o mercado está frente à geração de negócios.

“Um estudo divulgado pela Euromonitor International, revela que a região da América Latina teve uma redução de 45% no crescimento do valor de inbound de receitas em 2019-2020. Em 2021, espera-se que o crescimento das receitas seja positivo e, até 2023, de acordo com a pesquisa, espera-se que a região retorne ao mesmo nível de 2019, estamos confirmando essa expectativa positiva na prática com nossos expositores”.

O DIÁRIO participou perguntando de como os expositores e parceiros da América Latina estão recebendo essas transformações e reagendamentos. “Temos falado com nossos clientes constantemente e temos sentido a dinâmica do mercado. Acreditam que as viagens retomarão seu curso e que a realização da WTM transfere uma confiança muito grande ao mercado”, disse Thais.

“Os contratos firmados entre a Reed Exhibitions e os expositores permanecerão em vigor para as novas datas, os montantes pagos valerão para a edição de 2021 e as parcelas remanescentes serão prorrogadas”, completou a executiva.

 

CADASTRE-SE GRATUITAMENTE

TENHA ACESSO À CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

+ 300 MATÉRIAS COM CONTEÚDO DIRECIONADO

RECEBA AS ATUALIZAÇÕES EM 1ª MÃO

Tenha acesso ILIMITADO ao conteúdo EXCLUSIVO de turismo.

Conteúdo exclusivo

Recentes

Mais do DT

Atendimento Comercial