Mutirão de limpeza em Aquiraz (CE) recolhe mais de 23 toneladas de lixo (veja fotos!)

por Vitória Ruano (de Aquiraz (CE) – fotos: Eric Afonso*

O Dia Mundial da Limpeza acontece em setembro no mundo inteiro. No último sábado (15), a praia do Porto das Dunas, em Aquiraz, no Ceará, foi palco do World Clean Up Day. Os voluntários que se dispuseram a limpar o local, iniciaram o projeto logo de manhã.

Com luvas e sacos de lixo, os voluntários percorreram 6km da orla (Fotos: Eric Afonso – DT/360º)

O ponto de partida da ação foi em frente ao Beach Park, na beira mar. Com luvas e sacos de lixo, o mutirão de limpeza percorreu 6km da orla. Cerca de 300 pessoas participaram da iniciativa.

Os voluntários também limparam parte do mangue do estuário da Área de Proteção Ambiental (APA) do Rio Pacoti e realizaram a coleta em espaços do próprio bairro.  Ao todo, foram recolhidas 23 toneladas de material descartado. Os resíduos foram levados pela da Prefeitura da cidade.

Os sacos de lixo foram levados pela Prefeitura da cidade. Foto: Vitória Ruano

Beach Park e Pordunas apresentam o projeto com o intuito de conscientizar as pessoas sobre a importância dos cuidados com o meio ambiente. Além de promover o conceito de cidadania e coletividade.

“O Beach Park realiza a ação de limpar a praia desde 2010. E concretizar esse ato durante o Dia Mundial da Limpeza é mais forte. Muitas pessoas e jovens devem cuidar do nosso meio ambiente. Esse trabalho é pensado para que as futuras gerações tenham um lugar melhor”, comenta Murilo Pascoal, diretor geral do Beach Park, em entrevista para o Diário do Turismo.

Estudantes e colaboradores limpam a Praia Porto das Dunas

Mares e oceanos

Um dos objetivos do programa é reduzir o número de resíduos sólidos nos ambientes costeiros e marítimos. Mais da metade do planeta Terra é ocupada por oceanos e mares. Atualmente o nosso país está na 16ª posição do ranking de países mais poluidores dos mares. De acordo com o projeto Tamar, mais 6,4 milhões de toneladas de lixo marinho são descartados na água a cada ano. Mais de 13.000 pedaços de lixo plástico estão, atualmente, flutuando em cada quilômetro quadrado de oceano. Muitos animais marinhos ingerem estes resíduos confundindo-os com alimentos.

“Eu fui visitar o centro de reabilitação de animais marítimos. É muito duro ver um animal deformado e com a sua vida condenada, por causa de um lacre de garrafa. Antes tínhamos bolsas de lixo de plástico no mar que representavam o tamanho de Goiás e Minas Gerais. Agora são cerca de 4x o tamanho do território brasileiro”, ressalta Marta Rocha, sócia diretora do Atitude Brasil, em entrevista ao DIÁRIO DO TURISMO.

Lixo coletado na Praia do Porto de Dunas (CE). Foto: Vitória Ruano

O evento contou com o apoio do Braslimp, Fretar, Solar, Mar do Ceará, São Luiz, Prefeitura de Aquiraz, Secretaria de meio ambiente do estado, LEP, Centro Educacional Farias Brito, Labomar da UFC – Universidade Federal do Ceará, Limpa Brasil – Let’s Do It, Escoteiros, Escola Espaço Aberto e ONG AQUASIS.

Aplicativo

O projeto desenvolveu o aplicativo do World Clean Up Day. O usuário pode mapear áreas próximas à sua localização que têm os descartes inadequados de resíduos. A comunidade pode auxiliar a encontrar soluções sustentáveis para o problema do lixo.

Dia Mundial da limpeza

A iniciativa de limpeza das praias é um esforço global.  O projeto foi baseado na ação “Let’s Do It”. Evento desenvolvido desde 2008, com início na Estônia. Na época foram 50 mil pessoas reunidas para limpar o país.  Hoje, 150 países exercem limpezas baseadas no mesmo conceito. E assim, no dia 15 de setembro, todos os locais retiram o lixo de suas praias e ruas.

No Brasil, o movimento é realizado pelo Limpa Brasil, que atuou em mais de 300 cidades, engajando a sociedade civil, o setor privado e os órgãos do governo na campanha. Estimularam a educação ambiental e conscientizaram a população brasileira para o problema do descarte inadequado de resíduos.

“O propósito desse dia é preservar a mãe natureza. Nós defendemos ela. Se gerações passadas estivessem fazendo o que realizamos aqui, a situação não estaria tão difícil. Os rios não estariam tão poluídos, não existiria plástico no mar e tanto lixo espalhado por aí. Nós, agora, vamos fazer a diferença”, comenta Ednilton Soárez, diretor do Beach Park

Ednilton Soárez, diretor do Beach Park; Marta Rocha, sócia diretora do Atitude Brasil; Murilo Pascoal, diretor geral do Beach Park, e sua filha

 

*Os repórteres viajaram a convite do Beach Park

veja mais imagens:

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

O mundo precisa de pessoas juntas – Mensagem da Equipotel 2020 (Veja o vídeo)

O mundo precisa de pessoas juntas. Mas juntas de um jeito novo. Por hoje, pedimos que vivencie uma excelente hospitalidade em sua casa, para o seu...

LATAM já operou 115 voos especiais transportando mais de 16 mil passageiros

Grupo já operou 115 voos especiais, transportando não só seus passageiros, mas também clientes de outras companhias EDIÇÃO DO DIÁRIO com agências O Grupo LATAM Airlines...

Airbnb pagará US$ 250 milhões a ‘anfitriões’ para ajudar a cobrir custos de cancelamentos por COVID-19

O CEO do Airbnb, Brian Chesky, anunciou a criação de um fundo de US$ 250 milhões para ajudar os anfitriões a cobrir o custo dos...

Prefeitos do ABC compram 1 milhão de testes de covid-19

O Consórcio Intermunicipal Grande ABC, que reúne prefeitos da região, anunciou a compra de 1 milhão de kits para testes de covid-19. A remessa...

Entidades hoteleiras entregam carta ao Procon-SP

Nesta terça-feira (31), os presidentes da ABIH – Associação Brasileira de Hotéis do Estado de São Paulo; BLTA – Associação Brasileira de Turismo de...

Não é a hora de tirar Jair Bolsonaro – por Rui Jorge Carvalho*

Cresce no meio político a pressão para afastar Jair Bolsonaro. Apesar de tudo não acho que o presidente deva ser afastado agora. Seria pura...

Relacionadas

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias