90% das pessoas que viajaram de navio pretendem repetir o tipo de viagem, diz estudo

Quando gostamos de alguma coisa, além de indicá-la para outras pessoas, queremos repetir a dose. Foi o que aconteceu com 88,8% das pessoas que viajaram de navio na temporada 2016, que, segundo estudo da CLIA BRASIL (Associação Brasileira dos Cruzeiros Marítimos) em parceria com a FGV, confirmaram sua pretensão em fazer outra viagem em alto mar.

Os cruzeiros marítimos têm como principal característica oferecer uma viagem completa, livre de preocupações. Quem compra um cruzeiro leva, automaticamente, transporte, hospedagem, alimentação all inclusive e entretenimento a bordo. Na temporada 2016, 63,8% das pessoas que navegaram estavam vivendo essa experiência pela primeira vez.

Perfil do cruzeirista

A mesma pesquisa mostra que as mulheres são maioria nas viagens de navio no Brasil. Em 2016, elas representaram 56,5% dos viajantes que gostam de aproveitar momentos em alto mar. Outro dado interessante é que 64,9% dos passageiros são casados, enquanto 24,7% são solteiros e 10,4% divorciados ou viúvos. O estudo ainda destaca que 32% dos turistas viajaram em família e quase 31% em grupos de amigos.

As faixas etárias são muito variadas, já que as companhias costumam oferecer viagens para todos os tipos de público e têm apostado cada vez mais em viagens segmentadas, desde navios com shows de artistas famosos até cruzeiros fitness. O estudo mostra que 23,2% dos passageiros da última temporada tinham entre 25 e 34 anos, enquanto 20% tinham de 55 a 64 anos e 8,7%, mais de 65 anos.

Graças a sua ótima relação entre custo e benefício e às diversas categorias oferecidas pelas armadoras, os navios contaram com 33,1% de pessoas com renda média entre R$ 2.501 e R$ 5 mil, enquanto o percentual de passageiros com renda abaixo de R$ 2.500 (17,4%) e acima de R$ 10 mil (17,6%) foi bem similar. Já no ranking de estados de origem dos turistas, os cinco principais são respectivamente São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

O Estudo de Perfil e Impactos Econômicos de Cruzeiros Marítimos no Brasil, realizado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) a pedido da CLIA BRASIL (Associação Brasileira dos Cruzeiros Marítimos), traz outros dados do setor e pode ser acessado pelo site da entidade.

(Edição do DIÁRIO com agências)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Redação
Redaçãohttps://www.diariodoturismo.com.br
Primeiro e-Diário de Turismo do Brasil

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


    Mais recentes

    Tecnologia e sustentabilidade devem ser as prioridades para o setor do turismo nos próximos 20 anos

    A crise que afetou o mundo em 2020 fez o setor do turismo sofrer com alguns dos piores números desde a década de 50....

    Dubrovnik, na Croácia, uma pérola lapidada e visitada pelo DIÁRIO

    A terceira cidade visitada pelo DIÁRIO em tempos de pandemia e de forma virtual é Dubrovnik, a pérola do Adriático, na Croácia. Por Paulo Atzingen* Dubrovnik...

    Ilhabela inaugura novo receptivo turístico, junto à balsa

    Para estruturar ainda mais o turismo em Ilhabela, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo do município inaugurou nesta sexta-feira (27) o receptivo turístico...

    Hopi Hari anuncia retorno de sua torre no dia que completa 21 anos

    O Parque Temático Hopi Hari confirmou, esta semana, o retorno de uma de suas atrações mais conhecidas: a torre de queda livre. Esta decisão se baseou...

    EUA tem mais de 1 milhão de passageiros viajando no Dia de Ação de Graças

    Mais de 1 milhão de pessoas passaram pelos aeroportos dos Estados Unidos na quarta-feira (25), véspera do dia de Ação de Graças, celebrado nesta...

    Estados Unidos exigirá fiança de até $15 mil para concessão de vistos, Brasil está fora

    A partir do dia 24 de dezembro, quem quiser viajar para os Estados Unidos além de preencher o DS-160 e  recolher as taxas usuais...

    Relacionadas

    Open chat