No ano passado, 5,36 milhões de pessoas se hospedaram em imóveis do Airbnb nos países do BRICS

REDAÇÃO DO DIÁRIO com Agências

O interesse em viagens e turismo cresce no mundo, atingindo 10% do PIB global em 2017.

Destinos emergentes como “os BRICS”: Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul tem lugar destacado no mapa do turismo mundial. A UNWTO (Organização Mundial de Turismo) prevê que as entradas de viajantes nos destinos emergentes aumentarão o dobro da taxa das em economias avançadas até 2030: 4,4% ao ano versus 2,2%2. A China, como um destino em crescimento, registrou um aumento de viajantes domésticos de 11% e de viajantes internacionais em 3,8% em 2016. 3 O desenvolvimento do turismo traz benefícios não só econômicos, mas também reflete em mudanças sociais positivas, capacitando grupos vulneráveis e promovendo regiões não tradicionais, por exemplo.

Cidade do Cabo, São Petersburgo, Moscou, Rio de Janeiro, Johanesburgo, Xangai e Pequim atraem o maior número de viajantes baseados nos países do BRICS.

Desde 2008, 4,1 milhões de cidadãos dos países do BRICS tiveram a oportunidade de viajar, inclusive em mais de 400 cidades do BRICS, fortalecendo os vínculos entre essas economias emergentes e aumentando as relações econômicas e culturais. Cidade do Cabo, São Petersburgo, Moscou, Rio de Janeiro, Johanesburgo, Xangai e Pequim atraem o maior número de viajantes baseados nos países do BRICS.

O Brasil é um dos mercados com o crescimento mais rápido do Airbnb, e a América Latina é o mercado regional de crescimento mais rápido. Entre os demais quatro países do BRICS, as chegadas de turistas da China duplicaram no ano passado (100%) e as chegadas de hóspedes da Índia e África do Sul aumentaram em aproximadamente metade (54 e 60%, respectivamente). A renda total gerada aos anfitriões pelos hóspedes que chegam de provenientes de países do BRICS somou US$ 1,1 milhão no ano passado.

 

Números

5,36 mi: Total de chegadas de hóspedes do Airbnb nos países do BRICS no ano passado

US$467 mi: Receita dos anfitriões do Airbnb nos países do BRICS gerada por todos os hóspedes no ano passado

134%: Taxa de crescimento de um ano para o outro de chegadas de hóspedes entre os países do BRICS

Mais de 400: Cidades do BRICS visitadas por hóspedes do Airbnb entre os países do BRICS

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

O mundo precisa de pessoas juntas – Mensagem da Equipotel 2020 (Veja o vídeo)

O mundo precisa de pessoas juntas. Mas juntas de um jeito novo. Por hoje, pedimos que vivencie uma excelente hospitalidade em sua casa, para o seu...

LATAM já operou 115 voos especiais transportando mais de 16 mil passageiros

Grupo já operou 115 voos especiais, transportando não só seus passageiros, mas também clientes de outras companhias EDIÇÃO DO DIÁRIO com agências O Grupo LATAM Airlines...

Airbnb pagará US$ 250 milhões a ‘anfitriões’ para ajudar a cobrir custos de cancelamentos por COVID-19

O CEO do Airbnb, Brian Chesky, anunciou a criação de um fundo de US$ 250 milhões para ajudar os anfitriões a cobrir o custo dos...

Prefeitos do ABC compram 1 milhão de testes de covid-19

O Consórcio Intermunicipal Grande ABC, que reúne prefeitos da região, anunciou a compra de 1 milhão de kits para testes de covid-19. A remessa...

Entidades hoteleiras entregam carta ao Procon-SP

Nesta terça-feira (31), os presidentes da ABIH – Associação Brasileira de Hotéis do Estado de São Paulo; BLTA – Associação Brasileira de Turismo de...

Não é a hora de tirar Jair Bolsonaro – por Rui Jorge Carvalho*

Cresce no meio político a pressão para afastar Jair Bolsonaro. Apesar de tudo não acho que o presidente deva ser afastado agora. Seria pura...

Relacionadas

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias