Olhem para cima!!*

por Paulo Atzingen (Foto: Maroun Abib – NASA)

Manos, brothers
como vão?
Corram corram
aqui pra fora
venham ver o risco
no céu
venham ver o cisco
no breu
O cometa Neowise
está passando
olhem ele e sua cauda
luminosa
nos projeta a outras causas
nos estilinga
a outros planos
corram corram
aqui pra fora
ele volta
em 6 mil anos.

Manos, brothers
Como vão?
gente da estação de trem
saiam já de seus lugares
apaguem as luzes
da casa
desliguem as máquinas
da fábrica
venham ver o asteróide
dos espaços siderais
que mergulha no vazio
que despenca
ao nunca mais

Mano, brother
pessoas do meu convívio
vejam a velocidade
que este astro
se projeta
sem a órbita dos planetas
é um rebelde
é um profeta
traz mensagem
embutida
na cabeça
4.6 bilhões de anos
é o tempo até o momento
a data
o princípio
da eclosão
do firmamento.

O cientista nos avisa
que ele é um mensageiro
traz em seu núcleo ardido
notícias do cosmo
inteiro

Mano, brother
meu amigo
se não consegue sair
de seus afazer
doméstico
vou tentar fotografá-lo
congelar esse momento
entregar a seus bisnetos
sua pressa
responsável
o seu compromisso fátuo
a sua falta de tempo.

Mano, brother
mira os olhos
pro alto
e veja o imensurável
não tente compreender
ou medir com sua trena
a largura de uma estrela
a feitura de um poema.

O cientista nos avisa
que ele é um mensageiro
traz em seu núcleo ardido
notícias do cosmo
inteiro.

———————————

*Texto originalmente publicado na página do autor dia 30 de julho de 2020 com o titulo “Cometa Poema”. Com o lançamento do filme “Não olhe para cima“, da NetFlix, agora em dezembro, os editores do DT resolveram reproduzir alterando apenas o título. O dia 30 de julho de 2020 foi o último dia de possível avistamento do cometa Neowise no Hemisfério Sul. 

CADASTRE-SE GRATUITAMENTE

TENHA ACESSO À CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

+ 300 MATÉRIAS COM CONTEÚDO DIRECIONADO

RECEBA AS ATUALIZAÇÕES EM 1ª MÃO

Tenha acesso ILIMITADO ao conteúdo EXCLUSIVO de turismo.

Conteúdo exclusivo

Recentes

Mais do DT

Atendimento Comercial