Parati Ubuntu: restaurante com conceito e história singular em Aracaju, Sergipe

Continue lendo essa matéria!

Para continuar essa matéria basta entrar com o seu email abaixo.
É inteiramente GRATUITO.
Seu email estará seguro de SPAM!

De propriedade de  Harry Boersma, holandês radicado no Brasil, o Parati Ubuntu é um dos pontos gastronômicos mais inovadores do Sergipe

Por REDAÇÃO com reportagem de Paulo Atzingen

A região nordeste do Brasil, todos sabem, é um território de sabores diversos e inusitados. O turismo por essa região do País contempla praias paradisíacas, cidades históricas, ruínas que remontam a época da chegada dos portugueses ao Brasil e outras maravilhas. Mas todo viajante, via de regra, quando conta a sua experiência nessas terras sempre ressalta a qualidade da gastronomia como um dos pontos altos da viagem.

O restaurante Parati Ubuntu, localizado na área metropolitana de Aracaju, em frente à Praia do Refúgio, é um exemplo. De propriedade do holandês Harry Boersma, o espaço atrai turistas de todas as regiões e locais, com atmosfera descontraída, decoração diferenciada e menu saboroso.

“O ubuntu, além de idioma sul-africano tem o significado de união, de sermos todos um só, do ‘todo mundo ganha’. Optei por este nome porque idealizo a proximidade de clientes com clientes, clientes com colaboradores, colaboradores com colaboradores. Viver mais em harmonia, para resumir”, explicou o Harry em entrevista ao DIÁRIO.

O restaurante tem uma decoração com cores vibrantes (Crédito: Otávio Meira Lins – DT)

Como surgiu o termo ubuntu?

“Trata-se de um comportamento na verdade. Reza a lenda que um renomado antropólogo visitou esta tribo Ubuntu na África do Sul e fez uma brincadeira que consistia em uma corrida, cujo ponto de chegada era uma árvore, onde colocou o prêmio: uma cesta de frutas e doces. Ao ser dada a largada, o antropólogo viu que todas as crianças deram as mãos e partiram em conjunto, juntas para alcançar a cesta e dividirem irmanamente o seu conteúdo. Isso é algo inspirador e é essa a atmosfera que eu desejo para o espaço”, complementou Boersma.

O espaço já ganha decoração para o Réveillon (Crédito: Otávio Meira Lins – DT)

Novidades e Réveillon

Dentro deste contexto de união, o espaço, localizado na praia do Refúgio, a 10 minutos do centro de Aracaju, acaba de inaugurar um novo ambiente no restaurante, que segundo Boersma, “funciona como uma espécie de clube, tem esse convite à interação entre as pessoas”.

O Parati Ubuntu foi inaugurado por um casal de gaúchos em 1997. Após dez anos de operação, o casal optou pela venda do espaço e Harry resolveu investir. Dali para cá, muitas melhorias foram realizadas pelo holandês, que casou-se com uma sergipana e juntos, tocam o negócio até o hoje.

“Recebemos sergipanos, baianos de Paulo Afonso a Feira de Santana e claro, turistas de fora, oriundos de São Paulo, Rio de Janeiro e outros destinos emissores”, afirmou. “Todos os anos realizamos o Réveillon no restaurante e em 2018 não será diferente. Trabalharemos com sistema de bar, tábua de frios e pratos característicos da celebração de virada do ano. Outra novidade será a chegada do chope artesanal, que deve agradar muito os nossos clientes”, finalizou.

Harry Boersma durante entrevista ao DIÁRIO (Crédito: Otávio Meira Lins)

Ubuntu tropical

Com 80 funcionários e três gerentes de área, o empreendimento deste holandês que escolheu o Brasil como seu lar é um exemplo da iniciativa privada em Aracaju que fomenta o crescimento profissional e humano de seus colaboradores.  Neste clima de praia, sol e descontração, desprende-se esse sentimento de ubuntu, na sua mais genuína forma tropical.


Serviço:

Parati Ubuntu – Avenida Inácio Barbosa, 9201 – 

Praia do Refúgio – Aracaju – Sergipe

+55 79 9 9850-4878


*Matéria publicada originalmente em 18 de dezembro de 2018*

 

CADASTRE-SE GRATUITAMENTE

TENHA ACESSO À CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

+ 300 MATÉRIAS COM CONTEÚDO DIRECIONADO

RECEBA AS ATUALIZAÇÕES EM 1ª MÃO

Tenha acesso ILIMITADO ao conteúdo EXCLUSIVO de turismo.

Conteúdo exclusivo

Recentes

Mais do DT