Projeto apresenta Cultura Flamenca e oferece aulas gratuitas (Assista!)

Com o objetivo de disseminar a cultura espanhola e incentivar a prática da arte flamenca, por meio de cursos de dança, música, e demais atividades, a Cuadra Flamenca – Associação Cultural de Dança Espanhola começou no último dia 2 o projeto Isto É Flamenco.

EDIÇÃO DO DIÁRIO com agências


Com acesso gratuito, o público poderá assistir shows de flamenco (tablados), aulas teóricas e aulas práticas de flamenco. Todo o conteúdo é direcionado especialmente para quem não conhece a dança, tem curiosidade para saber mais sobre essa cultura e iniciar a prática. Todos os vídeos ficarão disponíveis no YouTube e as lives transmitidas pelo facebook e instagram da instituição.

Para Vera Alejandra, bailarina, coreógrafa, professora de dança flamenca, diretora artística e idealizadora do projeto, “o que se pretende é mais do que apresentar o Flamenco como dança, é aprofundar o conhecimento, desde a sua origem, até os dias de hoje, detalhando todos os elementos envolvidos. A relação do violão, a voz e o bailarino, a indumentária, a estrutura, o ritmo e sua história. E finaliza, “através dos tablados, das aulas ao vivo e das aulas teóricas, o público conhecerá sobre a arte flamenca  de forma completa”.

A origem do  Flamenco segue sendo um mistério, mas, o mais provável é de que tenha se formado ao longo dos anos graças à miscigenação cultural de diferentes povos que habitaram a Península Ibérica, particularmente o sul da Espanha, na região de Andaluzia.

O Flamenco carrega em seu DNA influências de todos os povos e culturas que habitaram o território andaluz, encruzilhada de tantas culturas e povos milenares, como os fenícios,  visigodos, romanos, árabes, judeus e gitanos. Dessa rica mescla foi se cozinhando a fogo lento os ingredientes que deram origem ao que hoje conhecemos como flamenco, e que foi passado de geração em geração. Sua transmissão e desenvolvimento se deu sobretudo, nas comunidades menos privilegiadas, marcadas pela presença de párias ou marginalizados, muitas vezes perseguidos, como o povo cigano, os árabes e os judeus.

- Advertisement -

Decretado patrimônio imaterial da humanidade em 2010, o Flamenco encanta o mundo todo, sendo uma arte que  transmite as principais emoções da vida de forma única e fascinante, através de seu toque, cante e baile.


Sobre Vera Alejandra

Bailarina, coreógrafa, professora de dança flamenca, preparadora corporal e atriz. Argentina, criada no Rio de Janeiro, integrante de uma família repleta de artistas, como seu irmão Victor Biglione, e sua tia Aida Slon, a arte fez parte fundamental de sua educação. No Rio de janeiro foi aluna dos mestres Lenny Dale, Marly Tavares, Tatiana Leskova e Angel Vianna. Em 1977 vai para Inglaterra passar uma temporada num internato de dança , preparatória para o Royal.Em 1982 faz cursos de dança moderna com bailarinos do Alvin Ailey em Boston. Em 1985 descobriu a dança espanhola com Ana Esmeralda em São Paulo. Em 1986 retornou a Buenos Aires para especializar-se com Luisa Pericet, Marines Lamadrid, Alfredo Gurkel e, em 1987 foi residir em Madri onde estudou com Faico Manzano, Carmen Segura, Maria Magdalena e Cristobal Reyes.

Desenvolveu ao longo dos últimos 30 anos diversos trabalhos solo, duos e atuou junto a diversos artistas, como Victor Biglione, em shows e gravação; Lorca na rua, projeto patrocinado pelo Sesc, que percorreu 30 cidades paulistas em homenagem a Garcia Lorca; Nas raias da loucura, espetáculo de Claúdia Raia; Ternas e eternas serestas , show de Paulo Fortes; Brida, com direção de Luis Carlos Maciel; O burguês ridículo, com direção de Guel Arraes e João Falcão; Barriga de aluguel, novela de Gloria Perez; Oswaldianas (filme) episódio dirigido por Lucia Murat; Os sete gatinhos, com direção de Vadim Nikitim. 

No Rio de Janeiro, ministrou aulas de flamenco por mais de dez anos formando vários profissionais como Eliane Carvalho , Daniela Peres e Clara Kutner do grupo Toca Madeira. Mudou-se para São Paulo em 1997. Desde então deu aulas nos mais importantes centros de dança de São Paulo ,como, por exemplo, o Ballet Stagium. Em 2003 foi convidada a dar aulas no Sesc Pompéia , onde permaneceu por três anos, possibilitando que um número enorme de pessoas conhecesse e estudasse a dança espanhola. Desde Abril de 1998 desenvolve um trabalho de repertório flamenco e clássico espanhol no Club Athlético Paulistano.

Em 2005 dá início às atividades da Associação Cultural de Dança Espanhola Cuadra Flamenca, como diretora artística , ministrando aulas para amadores e profissionais, além de promover e participar de apresentações para eventos particulares e comerciais.


Sobre a Cuadra Flamenca

Fundada em 2005, tem como objetivo promover a divulgação da cultura espanhola, por meio de cursos de dança, música e demais atividades ligadas à cultura, a Cuadra Flamenca é um espaço que busca incentivar e facilitar o encontro de amantes da arte espanhola, bem como a formação de grupos amadores e profissionais em flamenco. Entre as principais atividades oferecidas estão cursos regulares de dança flamenca e trabalhos corporais complementares; workshops de dança e música flamenca; workshops teóricos sobre flamenco e cultura espanhola; formação de grupos amadores e profissionais; organização de shows e eventos de flamenco e produção de cursos internacionais com renomados artistas espanhóis.


SERVIÇO:

Outubro

Dia 7 (quinta) às 21h30– Tablado no Youtube

Novembro

Dia 4 (quinta) às 21h30 – Tablado no Youtube

Dezembro 

Dia  2 ( quinta) às 21h30– Tablado no Youtube

Compartilhe com um amigo:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias para a sua viagem!


    Mais lidas

    Site do Editor

    O jornal dos melhores leitores

    Mais recentes

    Flávia Alessandra e Otaviano Costa vão representar Hotéis Hard Rock no Brasil

    A rede de hotéis Hard Rock, desenvolvida no Brasil pela incorporadora VCI SA, terá Flávia Alessandra e Otaviano Costa como embaixadores e membros consultivos...

    Petrópolis (RJ) realiza 21º Festival Petrópolis Gourmet

    Em formato presencial, de 3 a 19 de dezembro acontecerá a 21ª edição do festival gastronômico Petrópolis Gourmet Edição DIÁRIO com agências A previsão é a...

    Turismo da Cidade do Cabo despenca com a nova variante do coronavírus Omicron

    CIDADE DO CABO, 30 DE NOVEMBRO (Reuters) - A chegada do transatlântico Europa na Cidade do Cabo nesta terça-feira (30) deveria ser uma celebração...

    Governo paulista cria Distrito Turístico Serra Azul para ser a ‘Orlando brasileira’

    "O distrito turístico tem uma capacidade impulsionadora para investimentos privados, empregos e oportunidades em toda a região”, afirmou Doria Edição DIÁRIO com agências O Governador de...

    “O setor não suporta mais a recessão que vem enfrentando”, afirma Manoel Linhares

    Em artigo, presidente da ABIH Nacional fala sobre novas restrições e diz que dificultar as viagens internacionais parece não ser a solução Por Manoel Linhares O...

    Siderley Santos, CEO do grupo Arbaitman: “Nunca vendemos tanto o destino Brasil”

    A chegada do fim do ano combinada com os avanços da vacinação e a abertura das fronteiras de destinos internacionais têm dado novo ânimo...

    Relacionadas

    Compartilhe com um amigo:
    Pautas e Marketing