Royal Caribbean não usará mais canudos plásticos até o final de 2018

A nota informa que há mais de um ano, os navios da RCL já atuam com uma política de “canudos plásticos por demanda”

EDIÇÃO DO DIÁRIO com agências

A comunicação da empresa de cruzeiros Royal Caribbean Cruises Ltd. informa que todos os 50 navios de sua frota  estarão livres de canudos de plástico em 2019. Todas as companhias de cruzeiros que compõem o grupo, leia-se, Royal Caribbean International, Celebrity Cruises, Azamara Club Cruises, TUI Cruises e Pullmantur Cruzeiros estão primeiramente eliminando o uso de canudos de plástico e estão a caminho de um abrangente programa de eliminação de plásticos descartáveis.

A nota informa que há mais de um ano, os navios da RCL já atuam com uma política de “canudos plásticos por demanda”. Esse programa será aprimorado no início de 2019, quando os hóspedes que fizerem o pedido receberão um canudo de papel em vez de um de plástico. Quem viajar na frota no próximo ano também começará a ver mexedores de café feitos de madeira do Forrest Stewardship Council e enfeites para drinks feitos de bambu, como parte da estratégia de redução de plástico.

Outros plásticos

Ainda, na nota, a empresa informa que depois dos canudos, mexedores de café e enfeites, os próximos esforços da empresa se concentrarão em outros plásticos descartáveis como as pequenas embalagens de condimentos, copos e sacolas. Uma auditoria completa está em andamento com o plano geral a ser completado em fases até 2020.

A Royal Caribbean tem, desde 1992, o programa Save the Waves que traz as melhores práticas de sustentabilidade para os navios da empresa. “O programa introduziu centros de reciclagem de última geração a bordo dos navios, que são equipados com trituradores, enfardadeiras e compactadores, bem como britadores para vidro, lâmpadas, latão e alumínio. Seu objetivo é “aterro zero”, ou seja, todo resíduo é reutilizado, reciclado ou incinerado. A RCL já faz isso para seus navios que operam em portos com instalações adequadas. Quanto ao resto, o desperdício médio para aterro foi reduzido para menos de 230g por dia por pessoa – menos de 1/8 da média dos EUA”.

Paulo Atzingen
Paulo Atzingenhttps://www.diariodoturismo.com.br
Paulo Atzingen é paulista e jornalista profissional (DRT-185 PA) desde o ano 2000; cursou Letras e Artes e Comunicação Social na Universidade Federal do Pará (UFPA), É poeta, contista e cronista. Estuda gaita (harmônica).

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

Voo inaugural da GOL é recebido com batismo especial em Florianópolis 

Na noite da última quinta-feira (9), a Gol Linhas Aéreas estreou uma nova rota no Aeroporto Internacional de Florianópolis, pousando às 23h30, oriunda de...

José Ozanir sai do Bourbon: “diversas funções exercidas me fizeram ficar tanto tempo”

O hoteleiro José Ozanir Castilhos não é mais o diretor de operações do Bourbon Atibaia Resort. Ele comunicou hoje ao DIÁRIO sua saída. REDAÇÃO DO...

Blue Tree Hotels entra na era room office e lança lança My Space

A rede Blue Tree Hotels anuncia nesta sexta-feira (10) o lançamento do serviço My Space. EDIÇÃO DO DIÁRIO com agências Trata-se da ambientação dos apartamentos em...

Parques temáticos e de diversão de São Paulo poderão reabrir só outubro

Assim como as feiras comerciais, serão necessárias quatro semanas na fase verde antes do retorno Agências Estaduais Os parques temáticos e de diversão poderão reabrir em...

Etnia Casa Hotel, de Trancoso (BA), reabre em 15 de julho com tecnologia em biossegurança

Tudo pronto para a reabertura. Após publicação de decreto de autorização, pela Prefeitura de Porto Seguro, a Etnia Casa Hotel retoma suas atividades em...

Conheça os  tipos de hóspedes do Intercontinental Cartagena de Índias. Um pode ser você!

Preservando as características internacionais da marca, o Intercontinental Cartagena de Índias – possui serviços e produtos que seduzem qualquer tipo de hóspede Por Paulo Atzingen...

Relacionadas

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias