São Paulo é o segundo destino mais desejado para se viajar em 2020, aponta Google

São Paulo é o segundo destino mais desejado do mundo para se viajar em 2020, segundo pesquisa do Google.  O levantamento informa que a cidade desbanca destinos populares como Tóquio, Tel Aviv, Viena e Dubai. Considerando apenas viajantes brasileiros, a capital paulista perde apenas para o Rio de Janeiro e Londres, aparecendo em terceiro lugar.

EDIÇÃO DO DIÁRIO com capital.sp.gov.br


 
De acordo com a reportagem, o levantamento faz parte de uma pesquisa do Google que revelou uma lista com os 10 destinos mais populares de 2020, de acordo com buscas globais por hotéis. Foram analisadas as pesquisas do Google Hotéis feitas entre janeiro e dezembro de 2019 para reservas em 2020 e comparando com pesquisas realizadas no mesmo período de 2018, para reservas em 2019.
O maior centro econômico da América Latina sedia algumas das maiores corporações mundiais e consta no roteiro dos principais eventos de abrangência internacional.

Crescimento

Reconhecida pelo Ministério do Turismo como a cidade brasileira que mais recebe turistas nacionais e internacionais, São Paulo vem demonstrado um crescimento significativo no setor turístico nos últimos tempos, gerando impacto econômico em decorrência dos grandes eventos de lazer, turísticos, esportivos e culturais na capital paulista. Entre eles, vale destacar a maior Parada do Orgulho LGBT do mundo, a festa de Carnaval cada vez mais expressiva, a Fórmula 1 e centenas de eventos de negócios ocupando praticamente todo o calendário anual nos dias de semana.
Foram mais de 15 milhões de visitantes na cidade apenas em 2018. Deste total, mais de dois milhões e meio vieram de destinos internacionais, fazendo de São Paulo a cidade mais procurada por turistas estrangeiros no Brasil. A renda gerada com turismo neste mesmo ano chegou próximo de R$ 13 bilhões. Com vocação para negócios, 47% dos turistas desembarcam na capital paulista com este objetivo.
Em 2018, foram realizados cerca de 1700 eventos diversos, entre congressos, convenções, encontros, simpósios e workshops, totalizando mais de quatro milhões de metros quadrados disponíveis para a realização de eventos distribuídos em pelo menos sete grandes centros de convenções. Segundo a União Brasileira dos Promotores de Feiras (UBRAFE), em 2019 foram R$ 14 bilhões em negócios gerados pelos eventos. De acordo com a International Congress and Convention Association (Icca), São Paulo é atualmente o primeiro lugar no Brasil e o terceiro na América Latina em número de eventos corporativos.

O centro de São Paulo é muito procurado por turistas. (créditos: divulgação)

Lazer

Mas o lazer não fica atrás. São 126 museus, 145 teatros, 125 atrativos culturais, 105 centros culturais e 121 bibliotecas, além de inúmeras salas de cinema, casas de espetáculo e atrações acessíveis. Também há inúmeras opções de atividades ao ar livre, com 127 parques e áreas verdes, 9 estádios, 41 centros esportivos e 74 ginásios.
Para quem gosta de fazer compras, a cidade oferece opções para todos os gostos e bolsos, com 56 shopping centers e diversas ruas de comércio, como a 25 de Março e a Oscar Freire. A vida noturna também impressiona, somando mais de 180 casas noturnas e 18 espaços para shows. A gastronomia paulistana é um capítulo à parte, servindo 58 tipos de culinária, oriundas de diferentes estados brasileiros e nacionalidades, totalizando 20 mil restaurantes e 30 mil bares.
Com a melhor infraestrutura turística do país, São Paulo conta com três aeroportos, três terminais rodoviários, várias linhas de trem, rede cicloviária e uma rede hoteleira de 408 hotéis, com 45 mil apartamentos e 80 mil leitos. Além de 3.500 agências de turismo e 330 locadoras de automóveis.
São Paulo respeita a diversidade étnica, religiosa, cultural e de gênero: 67% dos turistas nacionais avaliam a cidade como ótima ou boa. Há também uma atenção especial à acessibilidade. A Prefeitura de São Paulo, por meio das secretarias municipais da Cultura (SMC), Esporte (SEME), Pessoa com Deficiência (SMPED) e Turismo (SMTur), trabalham para fazer de São Paulo a Capital do Turismo e Cultura Acessíveis, por meio de várias ações e projetos.
 

Triângulo SP

Além da ampliação das Centrais de Informações Turísticas (CITs) espalhadas por vários pontos da capital oferecendo guias culturais, bem como a reformulação do City Tour, a Secretaria Municipal de Turismo mantém programas que divulgam o Centro Histórico da cidade. Com destaques para o Vem pro Triângulo SP, Visita ao Mirante do Edifício Martinelli e Visita Guiada ao Edifício Matarazzo. Um dos novos projetos da Prefeitura aposta nas plataformas digitais, através de um aplicativo onde o turista possa usufruir de forma prática e dinâmica de todas as possibilidades que a cidade oferece.
Segundo o secretário municipal de Turismo de São Paulo, Miguel Calderaro Giacomini, “o objetivo da Prefeitura é trazer o que há de melhor no mundo para São Paulo, em termos de qualidade, inovação e entretenimento. Somos a maior cidade do país e agora o segundo destino mais procurado. Temos que garantir esse posto e fomentar a atividade turística, preparando a cidade são só para o turista como também para o paulistano, por meio de políticas públicas eficientes.”

Compartilhe com um amigo:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


    Mais lidas

    Site do Editor

    O jornal dos melhores leitores

    Mais recentes

    Decantar ou não decantar, eis a questão!

    Depois de esvaziar o vinho no decantador da para beber na hora...? Ou ainda tem que mexer e deixar oxigenar..., se for isto, quanto...

    Projeto de Lei sobre alíquota do querosene de aviação é tema de audiência pública

    Foi realizada na manhã desta terça-feira (20) uma audiência pública da Comissão de Tributação, Controle da Arrecadação Estadual e de Fiscalização dos Tributos Estaduais...

    Nomadismo Digital e Trabalho Remoto: setor hoteleiro se prepara para o futuro

    Com as restrições internacionais em vigor por conta da pandemia, as tendências do turismo apontam para um aumento nas viagens locais ou regionais para destinos...

    CNC: volume de receitas do turismo brasileiro encolheu 36,6% em 2020

    Entretanto, segundo a CNC,, a expectativa da vacinação traz a projeção de um avanço de 18,8% Com as medidas restritivas impostas nos estados brasileiros, em...

    Porto de Galinhas lança campanha de incentivo para agentes de viagens

    Nesta quinta-feira (22), Porto de Galinhas lançará uma campanha de incentivo voltada para os agentes de viagens com intuito de ajudar os profissionais do...

    Viação Executiva é alternativa para viagens privadas

    Em momentos de pandemia, poder contar com aeronaves privadas é um privilégio, especialmente se essa possibilidade vem acompanhada de uma oferta de serviço que...

    Relacionadas

    Compartilhe com um amigo:
    Pautas e Marketing
    Olá.
    Esse é um canal exclusivo para Pautas e Marketing.