São Paulo registra mais duas mortes por coronavírus (OUÇA!)

O estado de São Paulo registrou mais duas mortes em decorrência do novo coronavírus. Segundo informações da unidade hospitalar onde os óbitos ocorreram, as vítimas tinham 65 e 80 anos. Uma delas apresentava histórico de doenças associadas, o que agravou o quadro clínico, e outra não apresentava doenças crônicas. Os pacientes estavam internados no Hospital Sancta Maggiore, na capital paulista, desde 15 de março.

Agência do RÁDIO


Em entrevista coletiva no Palácio do Planalto nesta quarta-feira (18), o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, ressaltou que, mesmo com a crescente do número de casos do novo coronavírus no Brasil, a vigilância brasileira tem se destacado em comparação a outros países.

“Nossa vigilância é considerada hoje a que pegou os casos dentro do Brasil com mais rapidez, conseguimos seguir paciente por paciente, identificamos transmissão sustentada por nexo epidemiológico. A grande maioria dos países começou a perder pacientes quando chegava em 80 casos”.

OUÇA: 

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, ainda reforçou a importância e ação integrada realizada pelo governo para controlar a pandemia do vírus no Brasil.

“A criação junto com o ministro Braga Neto, que fizemos ainda no início, quando reconhecemos a epidemia, fizemos o comitê interministerial para amparar as medidas de saúde. Agora, elas são muito maiores do que a competência apenas da Saúde. O espectro é muito maior”.

Nesta semana, o Ministério da Saúde liberou R$ 432 milhões aos estados para reforçar o enfrentamento ao novo coronavírus. Além disso, 540 leitos novos começaram a ser distribuídos para os 26 estados e o Distrito Federal.

CADASTRE-SE GRATUITAMENTE

TENHA ACESSO À CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

+ 300 MATÉRIAS COM CONTEÚDO DIRECIONADO

RECEBA AS ATUALIZAÇÕES EM 1ª MÃO

Tenha acesso ILIMITADO ao conteúdo EXCLUSIVO de turismo.

Conteúdo exclusivo

Recentes

Mais do DT

Atendimento Comercial