Visitando a Costa Rica: cenários e perspectivas (I)

Com território de exatos 51.100 km² – similar ao Estado do Rio Grande do Norte -, a Costa Rica reserva 5% da biodiversidade da Terra e aproximadamente 26% de sua área são zonas preservadas.

Marcos Junior T. de Oliveira, repórter freelancer do DIÁRIO

Uma viagem realizada em 2016 à pequena nação centroamericana foi o suficiente para ter noção do motivo de o turismo ser uma bandeira da Costa Rica. A série de três reportagens “Visitando a Costa Rica: cenários e perspectivas” revelará alguns detalhes deste país que se orgulha de ser potência turística na região, ter uma economia sólida, um histórico de não ter exército e realizar a Expotur, principal feira de turismo da América Central. Para quem nunca reparou no mapa da Costa Rica, o país faz divisa no continente com o Panamá e a Nicarágua, além de ser banhada pelos oceanos Pacífico e Atlântico.

Ônibus típico da Costa Rica. Todos são muito coloridos e enfeitados. (Foto: Marcos J. T. Oliveira)
Ônibus típico da Costa Rica. Todos são muito coloridos e enfeitados. (Foto: Marcos J. T. Oliveira)

Com território de exatos 51.100 km² – similar ao Estado do Rio Grande do Norte -, a Costa Rica reserva 5% da biodiversidade da Terra e aproximadamente 26% de sua área são zonas preservadas. Uma característica conhecida internacionalmente é o tema da conservação do meio ambiente. Mentalidade arraigada em diversos segmentos da sociedade e o que é perceptível nos diálogos, na educação, entre outros elementos.

Mauricio Ventura, ministro do Turismo da Costa Rica. (Foto: Marcos J T Oliveira)
Mauricio Ventura, ministro do Turismo da Costa Rica. (Foto: Marcos J T Oliveira)

O turismo na Costa Rica é um dos principais setores econômicos e de maior crescimento do país e desde 1995 representa a primeira fonte de moeda estrangeira da economia. “O trabalho que o mundo vê atualmente e coloca a Costa Rica como o segundo melhor destino de turismo de aventura e ecoturismo no mundo não começou ontem”, afirma Mauricio Ventura, ministro de turismo da Costa Rica. “Há mais de 25 anos quem trabalhava com o turismo já planejava uma ação duradoura. Fizemos uma opção a nível país e isso nos trouxe muitos benefícios”, completa Ventura.

Em apenas quatro horas é possível ir do Pacífico ao Atlântico atravessando o país. A Costa Rica é dividida em sete províncias, subdivididas em 81 cantões (ou cidades). As sete províncias são: San José, Alajuela, Cartago, Heredia, Limon, Guanacaste e Puntarenas. Neste contexto natural é possível encontrar parques, vulcões e muitas praias com as mais distintas paisagens.

A capital, San José de Costa Rica, encontra-se no vale central e é cercada por colinas e vulcões. A cidade é o centro político e econômico do país, reúne mais da metade do comércio e dos serviços e possui importantes museus e centros culturais. Os bairros de San Pedro, Santa Ana e Escazú (conhecido como Zona Rosa) são os mais modernos e destacam-se pelo alto nível de opções hoteleiras, cassinos, clubes e embaixadas.

Cratera do vulcão Irazú. conta com uma cratera de 300 metros de profundidade e 1050 metros de extensão. Foto: Marcos J T Oliveira
Cratera do vulcão Irazú. conta com uma cratera de 300 metros de profundidade e 1050 metros de extensão. Foto: Marcos J T Oliveira

Por lá está o Aeroporto Internacional Juan Santamaría, inaugurado em 1958, sendo o principal portão de entrada. Um terminal moderno, bem distribuído e que opera voos nacionais e internacionais para os Estados Unidos, Canadá, México, América Central, Caribe, alguns destinos na América do Sul e Europa.

Os grandes atrativos são suas paisagens exuberantes, praias caribenhas e do lado do Pacífico, oito parques nacionais (Braulio Carrillo, Cahuita, Chirripó, Corcovado, Guanacaste, Isla del Coco, Manuel Antônio e Tortuguero), refúgios nacionais de vida silvestre, o Caño Negro e o Gandoca Manzanillo e uma reserva biológica, o Parque Nuboso de Monte Verde.

Pavilhão que recebeu a feira Expotur, maior feira de turismo da América Central. (Foto: Marcos J T Oliveira)
Pavilhão que recebeu a feira Expotur, maior feira de turismo da América Central. (Foto: Marcos J T Oliveira)

Foram muitos os locais visitados por lá, acompanhe as outras duas reportagens que serão publicadas aqui no DIÁRIO e destacando o potencial do turismo rural, turismo de base comunitária e ecoturismo do destino centroamericano. Quem quiser conhecer o site oficial do Turismo da Costa Rica pode visitar www.ict.go.cr e www.visitcostarica.com

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

Morre o amigo, colega e ex-presidente da ABIH Nacional, Eraldo Alves da Cruz

Por Paulo Atzingen Generoso, amigo, e um homem que deixava muito clara sua fé, por meio de gestos, palavras e postagens no facebook. Estou falando...

Energia Solar e Eólica atingem 67% de geração de energia elétrica no mundo

As fotovoltaicas (PV) dominaram o setor como a principal nova fonte de tecnologia de geração de energia adicionada às redes de dezenas de países...

Pousada Gaia Viva aceita cães e humanos entram

Concebida para ser um verdadeiro paraíso dog friendly, a Pousada Gaia Viva é o destino perfeito para quem quer relaxar e desfrutar de excelentes...

Paul Pennicook, CEO do Curaçao Tourist Board, fala ao DT sobre a retomada

A crise provocada pela pandemia de coronavírus impactou profundamente o turismo mundial e inaugurou uma realidade inédita nos mercados de modo geral. Foram poucos...

Melbourne, na Austrália, suspende toque de recolher nesta segunda (28)

O toque de recolher noturno em Melbourne será suspenso a partir desta segunda-feira (28), quase dois meses após entrar em vigor na segunda cidade...

Amazonas tem queda de 66% no faturamento do turismo

O setor de turismo no Amazonas registrou uma queda de 66% no faturamento devido às medidas de isolamento social adotadas em virtude da pandemia...

Relacionadas

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias

Open chat