Vanessa Morales é a primeira mulher candidata a concorrer à presidência da ABIH Nacional

A primeira mulher a se candidatar à presidência da Associação Brasileira de Indústria de Hotéis (ABIH) nasceu em Goiás, Centro-Oeste. A empresária Vanessa Morales, de 40 anos, representa o estado de Goiás e começou no ramo hoteleiro em 2008. Desde então, é diretora operacional da rede Vivence Hotéis. Atualmente, também, é presidente da ABIH-GO.

EDIÇÃO DO DIÁRIO

Tem em seu currículo gestões e administrações de hotéis em Goiás (Caldas Novas, Pirenópolis e Goiânia), Pará e Tocantins (Palmas). “Eu sou sim uma mulher goiana do interior do Brasil. Essas são minhas raízes. Mas a minha maior característica é a determinação. E o que me faz querer chegar à presidência da ABIH é a certeza de que é preciso experiência em gestão, humildade para escutar as demandas de todos estados brasileiros, articulação política, determinação e foco. E isso eu adquiri ao longo de uma década no mercado hoteleiro“, afirma Vanessa.

A empresária encabeça a chapa “Renovação e União” que tem como vice-presidente Nerleo Caus de Souza, capixaba com passagem pela presidência da ABIH, em 2015, quando deixou grandes levados. Para Vanessa Morales, o vice é mais do que um colega de chapa. “Um grande amigo, com vasto conhecimento em políticas públicas voltadas pra hotelaria“, cita a presidente da ABIH-GO. A parceria entre os dois atinge também a diretoria, a qual é composta por grandes empresários hoteleiros que buscam a renovação e o restabelecimento da união na entidade.

PROPOSTAS

 Eu nunca fiz uma gestão isolada. Faremos o trabalho juntos para que consigamos realizar todos nossos projetos“, diz Vanessa. No âmbito da transparência, pretende implantar no calendário da ABIH o compromisso de publicar mensalmente no site a prestação de contas e o resumo de atividades da executiva nacional. Além de integrar e promover uma gestão transparente, a empresária lançou mão de 28 desafios. São propostas que tem como objetivo melhorar a gestão da ABIH e, consequentemente, do mercado hoteleiro. Entre essas propostas está o desafio de regulamentar o Airbnb.

Nós conseguimos regulamentar a plataforma em Caldas Novas, no interior de Goiás. Foi a primeira cidade do Brasil a fazer isso. Nosso objetivo é fazer o mesmo em âmbito federal, contemplando todos os municípios“, destaca a candidata. Outros desafios são a alteração da Lei Brasileira de Inclusão, ajustes na cobrança do ECAD, liberação dos jogos. Além disso, a candidata defende a criação de um conselho entre todas as entidades que representam a hotelaria no Brasil para que todas as demandas do setor sejam discutidas e acionadas em conjunto.

Liberação dos Jogos e Cassinos

A chapa defende a liberação dos jogos de bingo e cassinos. O projeto que já está em fase adiantada de discussão no Senado Federal deve ser analisado pelo plenário e seguir para a sanção presidencial ainda este ano. “A não regulamentação favorece o crime e a ilegalidade. Todos os anos o Governo Federal deixa de arrecadar cerca de R$ 29 bilhões ao não legalizar apostas. Isso num período de três anos”, afirma Vanessa. Empresários do ramo hoteleiro acreditam que a liberação dos jogos no Brasil, além de aumentar a arrecadação de tributos para o governo, seria ainda uma forma de impulsionar a geração de empregos, podendo chegar em torno de 700 mil vagas. “Sabemos que é um assunto polêmico e que deve ser regulamentado”, finaliza Morales. A liberação dos jogos no Brasil deve impulsionar principalmente o setor hoteleiro, que está se recuperando a passos lentos da crise iniciada em 2014.

Redação
Redaçãohttps://www.diariodoturismo.com.br
Primeiro e-Diário de Turismo do Brasil

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

Circuito Urbano de Arte de BH expõe obra do artista indígena Jaider Sbell no viaduto Santa Tereza

5ª edição do evento acontece de 22 de setembro a 22 de outubro com parte da programação realizada online devido à pandemia   Por DIÁRIO com...

Maksoud Plaza entra com pedido de recuperação judicial na Justiça de São Paulo

O Maksoud Plaza entrou ontem com pedido de recuperação judicial na Justiça de São Paulo. O pedido envolve dívidas da ordem de R$ 120...

Iberostar Praia do Forte retorna em grande estilo e com alta procura

Baianos,  mineiros e paulistas têm encabeçado a lista dos hóspedes no Iberostar Selection Praia do Forte, no litoral norte da Bahia, que reabriu no...

Pedro Campos será o novo diretor geral do LATAM Pass no Brasil

O Grupo LATAM Airlines informou nesta segunda-feira (21) que, a partir do próximo dia 25, Pedro Campos, atual diretor de Negócio de Fidelidade, será...

Abrindo a primavera, Inhotim inaugura nova exposição botânica no Google Arts

Na linguagem científica, elas são da família Araceae. Mas pode chamá-las de aráceas. Ou de antúrio, copo-de-leite, taioba, inhame, costela-de-adão... São mais de 3...

‘Sabrer’ ou ‘Sabrage’ do Champagne e Piriri, Pororó…

‘Sabler’ ou ‘Sabrer’ todos os vinhos significava fazer os fundos secarem, conforme o Dicionário da Lingua Francesa Antiga e Moderna de 1728, de Pierre...

Relacionadas

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias

Open chat