58ª Equipotel abre credenciamento para visitantes

A visitação é gratuita e exclusiva para profissionais do setor acima de 18 anos. O credenciamento poderá ser feito no site da Equipotel

POR REDAÇÃO

A 58ª Equipotel está com o credenciamento aberto. Neste ano, após ser cancelado em 2020 em função da pandemia de Covid-19, o evento de hospitalidade tem como tema “Uma década de infinitas possibilidades”.

A edição deste ano acontece entre os dias 22 e 25 de novembro e conta com 250 marcas espalhadas em 20 mil metros quadrados dos pavilhões da São Paulo Expo. A expectativa dos organizadores é receber 18 mil visitantes.

Uma vez cadastrado, o visitante receberá, até seu ingresso na Equipotel, recomendações de empresas, conforme interesses demonstrados no momento do cadastro. A edição está readequado aos novos protocolos de biossegurança contra a Covid-19.

Além da rodada de negócios promovida em parceria com o FOHB (Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil), o evento apresenta. na Arena do Saber,  debates, workshops e apresentações sobre os pilares da hospitalidade. O conteúdo conta com a curadoria de Gabriela Otto, Embaixadora de Conteúdo da Equipotel, sócia da GO Consultoria e presidente da HSMAI Brasil.

- Advertisement -

Outras experiências também estão confirmadas, como o V Fórum dos Hotéis Independentes AMERIS, que será o palco de conversas sobre a hotelaria independente e caminhos para a recuperação deste segmento.

Também estão presentes o CONOTEL, evento promovido pelo ABIH Nacional; o Motel Xperience, uma parceria com a ABMotéis e o Guia de Motéis. A Equipotel promoverá um espaço em que especialistas do setor compartilharão, assim como os empreendedores, números atualizados do segmento e cases de sucesso.

Para Daniel Pereira, gerente da Equipotel, “a indústria da hospitalidade já testemunha o período de retomada. A pouco mais de dois meses da feira, praticamente todos os espaços já foram comercializados. Trata-se do primeiro grande evento presencial que o turismo brasileiro vai participar pós-pandemia”.

Daniel afirma que há uma demanda reprimida de viagens para 2022 e vê no evento “uma oportunidade de compradores e fornecedores realizarem excelentes negócios. Estudos do FOHB e do HotelInvest mostram que investimentos na ordem de 6 bilhões de reais serão feitos até 2025, apenas na hotelaria”.

Ele reforça que a feira foi readequada para atender aos novos protocolos. “Todas as medidas de biossegurança já foram testadas em eventos internacionais. Os protocolos são extremamente rígidos para garantir a segurança de expositores, visitantes, fornecedores e da nossa equipe”.

Compartilhe com um amigo:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Redaçãohttps://diariodoturismo.com.br
Primeiro e-Diário de Turismo do Brasil

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias para a sua viagem!


    Mais lidas

    Site do Editor

    O jornal dos melhores leitores

    Mais recentes

    Sim ou Não?: um basta à procrastinação!

    CONSELHO EDITORIAL DO DT O dia a dia de cada um de nós, não importa o ramo em que se atua, pede decisões. O modus...

    Brasileiros irão viajar na primeira oportunidade, mostra pesquisa

    “Mais de 150 milhões de brasileiros já foram imunizados com pelo menos uma dose da vacina contra a Covid-19", lembra o ministro do Turismo...

    Recife abre inscrições para o 9º Ciclo de Atualização dos Guias de Turismo

    A atualização é exclusiva para Guias de Turismo e é necessário comprovação com número de registro no Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos (Cadastur) Edição...

    Hotel Rio Othon Palace é palco de Festival Português

    Evento acontece até o dia 2 de novembro de 2021 de quinta a domingo, das 19h às 23h Edição DIÁRIO com agências A culinária portuguesa é...

    Canela (RS) realiza Festival de Gastronomia & Vinhos

    O evento faz parte da programação paralela do 34º Sonho de Natal e é uma realização da Blue Show e da Abrasel - Associação...

    KLM comemora 75 anos de voos entre Brasil e Holanda

    "Setenta e cinco anos depois, o Brasil segue entre nossos mercados prioritários, onde nunca deixamos de voar", afirma Manuel Flahault, diretor geral da Air...

    Relacionadas

    Compartilhe com um amigo:
    Pautas e Marketing