Accor apresenta lista de aberturas e conversões de hotéis em 2021

A Accor anunciou na noite de sexta-feira (29), seu novo portfólio de aberturas para 2021 na América do Sul e no mundo. Bandeiras como SLS Puerto Madero (Argentina), Novotel Santa Cruz (Bolívia) e JO&JOE Largo do Boticário (Brasil) integram a lista.

com REDAÇÃO E EDIÇÃO DO DIÁRIO (com assessorias)


“Como todos nós sabemos, 2020 teve um impacto profundo em nossas vidas diárias e na indústria da hospitalidade como um todo; mesmo assim, os estágios iniciais de uma recuperação global serão significativos”, disse em nota Agnes Roquefort, diretora de Desenvolvimento Global da Accor.

Segundo ela, apesar dos atrasos e fechamentos temporários devido à pandemia, a rede hoteleira continuará a experimentar um impulso sustentado em seu canal de desenvolvimento. “Estamos otimistas de que o lançamento mundial das vacinas de combate ao Covid-19 levará a uma confiança renovada nas viagens e a um senso pessoal muito maior segurança para toda a população global”.

“Do ponto de vista empresarial, a América do Sul é uma região muito importante para a Accor, onde somos líderes de mercado, com 390 hotéis em network e um pipeline com 99 hotéis. Já do ponto de vista turístico, a América do Sul é um mercado com grande potencial de crescimento no turismo de lazer, com belezas naturais únicas. Por esse motivo, estamos focados em dar continuidade ao nosso plano de expansão na região, que ainda tem muito espaço para novos hotéis e excelentes opções de investimentos, e para isso esperamos contar com nossos parceiros e investidores”, afirma Thomas Dubaere, CEO da Accor América do Sul.

Agnes Roquefort, diretora de Desenvolvimento Global da Accor

Futuras aberturas e conversões

A categoria de lifestyle deve ser um dos segmentos mais importantes da Accor nos próximos anos, com o número de inaugurações de hotéis dessa categoria previsto para triplicar até 2023. O segmento de lifestyle da Accor representa, atualmente, cerca de 5% da receita anual do Grupo, enquanto representa 25% do pipeline de desenvolvimento da empresa por valor. A joint venture recentemente anunciada com a Ennismore, com fechamento previsto para o segundo trimestre de 2021, contribuirá para uma plataforma diversificada e com novas propriedades com estilo exclusivo abrindo suas portas, incluindo Mondrian Shoreditch London; JO&JOE Vienna Westbahnhof; SO/Sotogrande Resort & Spa; SLS Dubai e 25hours Dubai.

O segmento de luxo da Accor também trará novidades em 2021 com o Banyan Tree Doha, no Qatar, e as inaugurações do Raffles em Udaipur e Jeddah.A marca Fairmont verá a tão esperada inauguração do Fairmont Century Plaza, em Los Angeles, junto com o Fairmont Windsor, na Inglaterra; Carton House, um hotel administrado pela Fairmont em Dublin; Fairmont Ramla Riyadh; Fairmont Ambassador Seoul; e Fairmont Tagazhout Bay, em Marrocos. O Sofitel levará a sofisticação francesa a vários novos destinos, incluindo Seul, Hangzhou e Adelaide.

Thomas Dubaere,  CEO Accor América do Sul (Reprodução de Tela – DT)

As oportunidades de conversão também se apresentaram em 2020 e continuarão a ser um impulsionador de crescimento em 2021, já que a Accor emergiu como a parceira preferida entre os proprietários de hotéis independentes, atraídos pela renomada flexibilidade e facilidade de transição da empresa, seu leque incomparável de marcas e sua cultura acolhedora que celebra a autenticidade, diversidade e empreendedorismo.

Em todo o portfólio de marcas incomparáveis ​​do Grupo, as líderes em oportunidades de conversão incluem: The House of Originals (Luxo), MGallery (Upper Premium), Mövenpick (Premium), Grand Mercure (Premium), Mercure (Midscale), ibis Styles (Economy) e greet (budget). Essas sete marcas respondem por 43% do pipeline de abertura da Accor nos próximos cinco anos. Por exemplo, o MGallery dará as boas-vindas a vários novos hotéis em locais importantes e estratégicos neste ano, incluindo Orchard Hills Residences Singapore – MGallery, The Silveri Hong Kong – MGallery e The Porter House Hotel – MGallery em Sydney, Austrália.

ALLSAFE

A nota informa ainda que todas as novas propriedades do Grupo serão inauguradas em total conformidade com o selo de higiene e sanitização ALLSAFE, da Accor. O selo ALLSAFE foi desenvolvido pela empresa em 2020 para oferecer aos hóspedes a garantia de um padrão, verificado por terceiros, em termos de limpeza e requisitos de higiene do hotel. Esses padrões foram desenvolvidos e avaliados pelo Bureau Veritas, líder em testes operacionais, inspeções e certificações.

 

Compartilhe com um amigo:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Redação
Redaçãohttps://diariodoturismo.com.br
Primeiro e-Diário de Turismo do Brasil

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


    Mais lidas

    Site do Editor

    O jornal dos melhores leitores

    Mais recentes

    CNC: volume de receitas do turismo brasileiro encolheu 36,6% em 2020

    Entretanto, segundo a CNC,, a expectativa da vacinação traz a projeção de um avanço de 18,8% Com as medidas restritivas impostas nos estados brasileiros, em...

    Porto de Galinhas lança campanha de incentivo para agentes de viagens

    Nesta quinta-feira (22), Porto de Galinhas lançará uma campanha de incentivo voltada para os agentes de viagens com intuito de ajudar os profissionais do...

    Viação Executiva é alternativa para viagens privadas

    Em momentos de pandemia, poder contar com aeronaves privadas é um privilégio, especialmente se essa possibilidade vem acompanhada de uma oferta de serviço que...

    Hotéis de Floripa personalizam roteiros com foco no turismo de natureza

    Com as mudanças de hábitos e comportamento dos turistas por causa da Covid 19, os destinos turísticos precisaram se adaptar às novas tendências e...

    United Airlines tem prejuízo de US$ 1,357 bi no 1º trimestre

    A United Airlines registrou prejuízo líquido de US$ 1,357 bilhão no primeiro trimestre de 2021, em resultado melhor do que o divulgado no mesmo...

    American Airlines suspende voos para a América do Sul

    A American Airlines anunciou na segunda-feira que reduzirá voos para alguns destinos na América do Sul porque a pandemia Covid-19 diminuiu a demanda. EDIÇÃO DO...

    Relacionadas

    Compartilhe com um amigo:
    Pautas e Marketing
    Olá.
    Esse é um canal exclusivo para Pautas e Marketing.