Accor apresenta números de 2014 e acredita que 2015 será ano “difícil”

(Da Redação) A rede hoteleira Accor apresentou nesta quarta-feira (25) em coletiva de imprensa seus principais resultados de 2014 e sua previsões para 2015 na América Latina. Seus executivos Roland de Bonadona, (CEO Accor Américas & Caribe), Abel Castro (diretor de desenvolvimento AL) e Frank Pruvost (diretor de Operações da marca Ibis) estavam satisfeitos com o desempenho do grupo nos últimos anos: De acordo com Bonadona, o ritmo de crescimento tem sido constante e até 2018 serão abertos mais de 200 hotéis juntando-se às já 279 unidades em operação nas Américas: “Teremos do segmento econômico ao luxo mais de 65 mil quartos, em 180 cidades e em 12 países” enumerou Bonadona. Serão investidos cerca de R$ 2.5 bilhões nestas novas unidades. Só no Brasil serão abertos 20 novos hotéis em 2015.

Segundo Abel Castro, a família de hotéis ibis está na base da pirâmide do negócio da Accor e é a que mais cresce. “Estamos chegando a municípios de 50, 100 mil habitantes com mercado em expansão. A parceria com investidores locais tem nos surpreendido, já que a marca Accor é muito respeitada”, disse Castro ao DT.

De acordo com Bonadona, a rede econômica se adapta facilmente ao processo de interiorização. Cidades menores têm uma economia diferente das capitais, poder aquisitivo menor, por consequência, as pessoas buscam preços melhores”, disse, acrescentando que em recente pesquisa junto ao público final, de cada três marcas questionadas, o Ibis é sempre lembrado pelo menos uma vez.

Só no ano passado foram assinados 40 novos contratos da Família Ibis no Brasil.  No entanto, Bonadona reforçou que as outras bandeiras na modalidade midscale e upscale e luxo também cresceram.

 Marcas não econômicas

“Com as marcas de luxo, upscale e midscale tivemos 14 novos contratos assinados na América e no Caribe, que somados teremos 130 hotéis em operação”, enumerou. “Entre resultados e presença de mercado essas marcas tem 46% de representatividade para a Accor”, completou Bonadona. O Revpar (Revenue Per Available Room) – apresentou na América 5,7% de crescimento em relação a 2013, no Brasil o índice de crescimento foi de 2,1%. A taxa de ocupação de todos os hotéis no Brasil atingiu 69%.

Desafios 2015

“Quem aposta em um PIB (Produto Interno Bruto) com dígitos positivos este ano?”, perguntou Bonadona aos jornalistas presentes. “Nos preparamos para um ano muito difícil, sem dúvida”, adiantou Bonadona, acrescentando que mesmo assim a Accor abrirá quase 5 mil quartos em 2015. O CEO também se mostrou muito favorável a permanência do ministro Vinícius Lages na pasta do Turismo. “Ele tem feito um bom trabalho, tem visão estratégica, é técnico. Se ele for mantido nos sentiremos mais seguros”, afirmou.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Paulo Atzingen
Paulo Atzingenhttps://www.diariodoturismo.com.br
Paulo Atzingen é paulista e jornalista profissional (DRT-185 PA) desde o ano 2000; cursou Letras e Artes e Comunicação Social na Universidade Federal do Pará (UFPA), É poeta, contista e cronista. Estuda gaita (harmônica).

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

Câmara discute isenção de cobrança de direitos autorais em quartos de hotéis

Em carta das entidades ao jornal e endereçada ao Congresso, elas ressaltam que o setor não se opõe à cobrança de direitos autorais em...

Fabricante Rolls-Royce descobre fissuras em lâminas do motor do A350

A Rolls-Royce procurou tranquilizar clientes e investidores nesta terça-feira depois de ter descoberto fissuras nas lâminas dos compressores usados em seu motor Trent XWB,...

Hotelaria em Salvador tem 6,2% de ocupação em julho

O desempenho da hotelaria em Salvador do mês de julho revela uma realidade ainda desanimadora. Considerando todos os hotéis, abertos e fechados, a taxa...

Contagem regressiva para o desaparecimento da Uva Tannat (Final)

A região de Saint Mont, no sudoeste da França, além de possuir os únicos vinhedos com videiras préfiloxera é oficialmente reconhecida na França como...

Facebook anuncia doação de R$ 14 milhões a pequenos empresários de SP e DF

O Facebook lançou um programa de subsídios que vai oferecer R$ 14 milhões para pequenos e médios empresários que estão enfrentando dificuldades por causa...

Desastre em Mariana: homologado acordo de R$ 1 bilhão para reparação de danos

A decisão da 12ª Vara Federal prevê a alocação dos recursos em ações de infraestrutura, turismo e lazer nas áreas atingidas EDIÇÃO DO DIÁRIO com...

Relacionadas

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias

Open chat