Accor apresenta números de 2014 e acredita que 2015 será ano “difícil”

(Da Redação) A rede hoteleira Accor apresentou nesta quarta-feira (25) em coletiva de imprensa seus principais resultados de 2014 e sua previsões para 2015 na América Latina. Seus executivos Roland de Bonadona, (CEO Accor Américas & Caribe), Abel Castro (diretor de desenvolvimento AL) e Frank Pruvost (diretor de Operações da marca Ibis) estavam satisfeitos com o desempenho do grupo nos últimos anos: De acordo com Bonadona, o ritmo de crescimento tem sido constante e até 2018 serão abertos mais de 200 hotéis juntando-se às já 279 unidades em operação nas Américas: “Teremos do segmento econômico ao luxo mais de 65 mil quartos, em 180 cidades e em 12 países” enumerou Bonadona. Serão investidos cerca de R$ 2.5 bilhões nestas novas unidades. Só no Brasil serão abertos 20 novos hotéis em 2015.

Segundo Abel Castro, a família de hotéis ibis está na base da pirâmide do negócio da Accor e é a que mais cresce. “Estamos chegando a municípios de 50, 100 mil habitantes com mercado em expansão. A parceria com investidores locais tem nos surpreendido, já que a marca Accor é muito respeitada”, disse Castro ao DT.

De acordo com Bonadona, a rede econômica se adapta facilmente ao processo de interiorização. Cidades menores têm uma economia diferente das capitais, poder aquisitivo menor, por consequência, as pessoas buscam preços melhores”, disse, acrescentando que em recente pesquisa junto ao público final, de cada três marcas questionadas, o Ibis é sempre lembrado pelo menos uma vez.

Só no ano passado foram assinados 40 novos contratos da Família Ibis no Brasil.  No entanto, Bonadona reforçou que as outras bandeiras na modalidade midscale e upscale e luxo também cresceram.

 Marcas não econômicas

“Com as marcas de luxo, upscale e midscale tivemos 14 novos contratos assinados na América e no Caribe, que somados teremos 130 hotéis em operação”, enumerou. “Entre resultados e presença de mercado essas marcas tem 46% de representatividade para a Accor”, completou Bonadona. O Revpar (Revenue Per Available Room) – apresentou na América 5,7% de crescimento em relação a 2013, no Brasil o índice de crescimento foi de 2,1%. A taxa de ocupação de todos os hotéis no Brasil atingiu 69%.

Desafios 2015

“Quem aposta em um PIB (Produto Interno Bruto) com dígitos positivos este ano?”, perguntou Bonadona aos jornalistas presentes. “Nos preparamos para um ano muito difícil, sem dúvida”, adiantou Bonadona, acrescentando que mesmo assim a Accor abrirá quase 5 mil quartos em 2015. O CEO também se mostrou muito favorável a permanência do ministro Vinícius Lages na pasta do Turismo. “Ele tem feito um bom trabalho, tem visão estratégica, é técnico. Se ele for mantido nos sentiremos mais seguros”, afirmou.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Paulo Atzingen
Paulo Atzingenhttps://www.diariodoturismo.com.br
Paulo Atzingen é paulista e jornalista profissional (DRT-185 PA) desde o ano 2000; cursou Letras e Artes e Comunicação Social na Universidade Federal do Pará (UFPA), É poeta, contista e cronista. Estuda gaita (harmônica).

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

Bolivianos voltarão para casa depois de meses retidos na Alemanha

Os membros de uma orquestra boliviana que inclui flautas tradicionais esperam voltar para casa na próxima semana depois de ficarem retidos em um castelo...

Senado aprova projeto que oferece crédito para profissionais liberais

Em sessão remota nesta quinta-feira (28), o Plenário do Senado aprovou o projeto que abre linha de crédito especial para profissionais liberais durante a...

Alfredo Lopes, presidente do Hotéis Rio: as OTA’s não querem negociar!

Nas negociações para a retomada, o Sindicato dos Meios de Hospedagem do Município do Rio de Janeiro (SindHotéis RJ) vem convidando para a mesa...

Receita Federal define tributação de trusts

A passos tímidos, a Receita Federal do Brasil começa a se posicionar sobre a tributação de trusts. Apesar de não proporcionar o nível de segurança...

Rano Raraku: a fábrica de moais da Ilha de Páscoa

15 ANOS DIARIOS - Publicado dia 13 de agosto de 2017Por Paulo Atzingen (de Angaroa, Ilha de Páscoa)Entender a forma como as estátuas da...

Tribunal de Justiça de São Paulo suspende cobrança de dívida de agência de viagens

Diante de um cenário de prejuízo na casa dos bilhões, uma companhia aérea não pode se permitir a ressarcir bilhetes e viagens em prazo elástico...

Relacionadas

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias