AccorHotels: uma forma pós-moderna de fazer hotelaria

RETRÔ 2018 – publicado dia 24 de fevereiro

Para 2018 o grupo hoteleiro pretende chegar a 400 hotéis abertos

Por Paulo Atzingen

Embora seus principais dirigentes no Brasil sejam naturais da França e falem com aquele sotaque inconfundível, a AccorHotels tem todas as características de empresa de vanguarda, plurinacional e com um posicionamento transparente junto aos seus acionistas, funcionários e público consumidor. Na apresentação de seus números totais para a América do Sul nesta quinta-feira (22) em São Paulo, foi possível constatar – e seus dirigentes transparecem isso – que mais que sucesso econômico e rentabilidade, o grupo possui um cuidado com o processo de fazer hotelaria e administrar hotéis, muito mais do que implantar e plantar hotéis. “Nosso negócio para ser consolidado, no âmbito do plano 2020 tem quatro pilares estratégicos: valorização dos colaboradores, paixão pelo cliente, plataforma de distribuição e melhor relação com o investidor”, enumerou Patrick Mendes, CEO da AccorHotéis América do Sul.

Esses quatro eixos, segundo Patrick, estabelecem um circulo virtuoso, entre investidores e operadores, mas que necessitam de uma economia estável e um ambiente político também estável. “É evidente que temos riscos e eles são dois: o controle da inflação e a questão política que indiretamente afeta o mercado”, prognosticou o executivo, acrescentando: ‘É sintomático, quando a taxa selic baixa, os investidores ficam mais confiantes”, ilustrou.

Números 2017

E esta confiança ficou expressa nos números do ano passado, apresentados hoje: A rede AccorHotels abriu 52 hotéis na América do Sul – incluindo aí as unidades adquiridas do grupo BHG – passando a operar, só no Brasil, 283 hotéis (cerca de 45 mil quartos). Na América do Sul o grupo hoteleiro opera 329 unidades e a meta é até 2020 chegar ao emblemático número de meio milhar.

Volume de Negócios

“O ano passado foi um ano de transição, esperamos que 2018 seja tão bom quanto foi o último trimestre de 2017”, afirmou Patrick Mendes.

Numericamente falando, o volume de negócios da América do Sul cresceu 1,7% em 2017. Os países Colômbia, Chile e Peru foram destaque no desenvolvimento de novas unidades. Na Colômbia, o grupo já possui nove hotéis em operação e sete em desenvolvimento. No Chile atualmente a Accor possui 15 hotéis e 14 em desenvolvimento e, no Peru, são seis hotéis já funcionando, sendo oito em implantação. Questionado pelo DIÁRIO porque a Argentina possuía apenas dois hotéis em processo de implantação, além dos 10 já instalados, Patrick foi claro: “A Argentina sai de um processo político e econômico muito difícil. Lá os custos (de implantação) são muito elevados, mas o principal ponto é a rentabilidade das unidades que não atraem novos investidores. Mas o pior já passou. Estamos trabalhando com o governo novas perspectivas”, afirmou.

Patrick Mendes, CEO da AccorHotels América do Sul (Crédito: Ana Azevedo)
Patrick Mendes, CEO da AccorHotels América do Sul (Crédito: Ana Azevedo)

Além do tradicional

Experiências únicas, mergulhos sensoriais, tecnologia como interface para os relacionamentos entre outros adjetivos servem para dar uma ideia do que pretende oferecer a AccorHotels aos seus hóspedes. Em duas palavras: design e a inovação tecnológica. “Queremos ir além do tradicional, isso não quer dizer que não teremos mais padrão. Um exemplo é a própria marca íbis, e não apenas a íbis style, que sairá totalmente da caixa”, afirma Franck Pruvost, diretor de operações da marca na América Latina. Diversos hotéis do grupo receberão o selo “Innovation Room”, um conceito da Accor Hotels que propõe design moderno, inovação e elementos tecnológicos de ponta.

Para 2018 o grupo hoteleiro pretende chegar a 400 hotéis abertos, com todas as suas marcas, desde as econômicas, passando pelas midscale até as de luxo.

Pós-modernidade

Essa pós-modernidade em fazer negócio fica ainda mais expressa quando seus dirigentes apresentam os números relacionados a Responsabilidade Social. Em 2017, 100% dos hotéis da América do Sul aderiram ao programa Planet 21, compromisso que a empresa tem de desenvolvimento sustentável global. “Mais de 500 mil mudas de árvores foram plantadas por meio do Plant for the Planet, atingimos a marca de 148 hotéis com hortas urbanas e cerca de 30% dos nossos hotéis têm alguma fonte de energia renovável e de reutilização de água”, afirmou Antonietta Varlese,  VP de Responsabilidade Social Corporativa da Accor Hotels.

Paulo Atzingen
Paulo Atzingenhttps://www.diariodoturismo.com.br
Paulo Atzingen é paulista e jornalista profissional (DRT-185 PA) desde o ano 2000; cursou Letras e Artes e Comunicação Social na Universidade Federal do Pará (UFPA), É poeta, contista e cronista. Estuda gaita (harmônica).

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

Celso Guelfi, CEO da Global Travel Assistance: “Temos mais futuro que passado”

De acordo com dados da recente pesquisa Criteo (NASDAQ: CRTO) - uma empresa global de tecnologia -  68% dos brasileiros estão ansiosos para viajar...

Hotéis em Porto de Galinhas recebem o selo Safe Travel do WTTC

O Hotel Solar Porto de Galinhas e o Vivá Porto de Galinhas Resort, ambos localizados no Litoral Sul de Pernambuco, foram os primeiros do...

Em Brasília, setor de transporte turístico pede socorro e reclama de taxas abusivas

Trabalhadores pedem compreensão da ANTT em relação às taxas e clamam que representantes do órgão ouçam suas reivindicações EDIÇÃO DO DIÁRIO ------------------------------   O setor de turismo é,...

Frida Kahlo tem vinho em sua homenagem da vinícola Carmen, no Chile

Frida Kahlo completaria 113 anos nesta segunda-feira, 6 de julho. Ícone da força feminina,  a artista mexicana é símbolo de reinvenção, tanto em sua...

GOL terá adiantamento de R$ 1,2 bilhão da Smiles

Valor Econômico A Smiles fará um adiantamento à Gol no valor de R$ 1,2 bilhão, para uso futuro na aquisição de passagens aéreas de emissão...

Grandes bancos do Canadá boicotam anúncios no Facebook

Os maiores bancos do Canadá confirmaram na última sexta-feira (3) que se juntaram a um boicote contra anúncios no Facebook, iniciado por grupos de...

Relacionadas

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias