Aeroporto Internacional de Porto Velho reduz o consumo de energia elétrica

O Aeroporto Internacional de Porto Velho adotou uma série de medidas
para reduzir
os custos na conta de energia elétrica e garantir a sustentabilidade ambiental do terminal ao substituir
às lâmpadas a base de mercúrio

REDAÇÃO DO DT com agências –

A primeira ação realizada pelo Aeroporto Internacional de Porto Velho, em Rondônia, para a redução de energia elétrica mês passado foi a revitalização das luminárias do check-in e da administração, que já proporcionou redução de 30% na fatura de maio em relação aos custos de energia gerados pela iluminação. A próxima etapa do processo será a utilização de lâmpadas LED nos banheiros do aeroporto.

Atualmente, os banheiros contam com luminárias com duas lâmpadas, que têm despesa média de R$ 30 mil por ano (lâmpadas e reatores). Utilizando lâmpadas LED, esse custo será reduzido para, em média, R$ 11,5 mil anuais, gerando economia de aproximadamente R$ 18 mil em um ano.

Outras medidas

Também faz parte das ações à substituição das lâmpadas do desembarque, parte do embarque, área de rampa e marquises do aeroporto. Os novos equipamentos chegam a ter vida útil até dez vezes superior em relação às lâmpadas tradicionais.

Além de reduzir custos e aumentar o conforto visual dos passageiros, funcionários e usuários, a mudança representa uma etapa no uso de tecnologias mais sustentáveis.

Consequência

Com as medidas sustentáveis adotadas no terminal rondoniense, a despesa média do terminal com energia consumida pelo sistema de iluminação deve passar de R$ 123,6 mil anuais para R$ 63,8 mil por ano, gerando economia de 48%.

(Lucas Kina)

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

Principais medidas governamentais para empresas prestadoras de serviço

Por Marcelo Vianna* Diante das inúmeras medidas adotadas recentemente para beneficiar o setor empresarial por conta da crise do COVID 19, resumimos a seguir os principais...

Governo Federal suspende reajuste de medicamentos por 60 dias (Ouça!)

Governo do Brasil anunciou que o reajuste anual de todos os remédios será adiado por dois meses. O motivo é a crise provocada pela...

F-31 Quinteto de Medellín veste roupa mais moderna no corpo do tango

A música jamais poderia ser comparada a algo tátil, material,  mas aqui em Medellín, durante o 13° Festival Internacional de Tango, esse gênero musical...

Considerações sobre turismo e confinamento – por Bayard Boiteux*

(com edição do DIÁRIO) -----------------------------O confinamento não é uma escolha. É ao mesmo tempo uma possibilidade e um ato de sobrevivência para os grupos mais...

Governo prorroga prazo para recolhimento de INSS, PIS e COFINS

Por Marcelo Vianna* O Ministério da Economia acaba de publicar a Portaria 139, de 03.04.2020, prorrogando o prazo de recolhimento dos seguintes tributos federais:INSS das competências de março...

CEO e Fundador do Grupo OYO renuncia a salário anual seguido por equipe de liderança

O COVID-19 impactou significativamente o setor de hospitalidade global, com as ocupações de diversas redes de hotéis sendo afetadas drasticamente. Nesse período difícil e...

Relacionadas

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias