Amazônia ganha hotel de vanguarda em sustentabilidade, a ser inaugurado em 2023

Com abertura prevista para 2023, o hotel Mirante do Madadá começa a ser construído em área de preservação no médio Rio Negro, no coração do Amazonas, frente ao segundo maior arquipélago fluvial do mundo, o Parque Nacional de Anavilhanas, que contempla cerca de 400 ilhas de floresta virgem e biodiversidade abundante, entre samaúmas e castanheiras gigantes, jacarés-açu e botos-cor-de-rosa.

EDIÇÃO DO DIÁRIO com agências


O local será base de uma operação de ecoturismo que pretende elevar a experiência amazônica a um outro nível – a começar pelo design do projeto, cujos materiais, elementos e tecnologia assimilam da natureza as soluções para trazer um modelo integrado de forma simbiótica ao ecossistema natural e cultural da região, não disruptivo, para vivenciar a maior floresta tropical do mundo.

Idealizado por Marko Brajovic, um dos expoentes da biomimética na arquitetura e autor de projetos internacionais inspirados na interconexão do ser humano com o meio ambiente, o Mirante do Madadá foi baseado em elementos naturais e culturais da região, costurando signos, texturas e materiais. As estruturas que compõem o complexo Madadá se assemelham a sementes e se espalham de forma orgânica pela topografia da área, respeitando a mata nativa. Leves, visualmente permeáveis e confortáveis, o projeto dos módulos arquitetônicos buscou equilibrar as relações entre espaços abertos e fechados, superfícies e vedação, interior e exterior, potencializando a experiência de estar neste local privilegiado.

A entrada para o complexo é feita a partir da Casa Coletiva, aberta de um lado para o rio, onde é possível apreciar o nascer do sol, e do outro para a floresta. Contempla recepção, concierge, bar, restaurante, serviços, lounge, espaços expositivos e a piscina de borda infinita. Passarelas conectam a principal construção das doze acomodações que trazem a assinatura de interiores da arquiteta Marília Pellegrini, e distribuem os caminhos entre toda a extensão do hotel, até o ponto mais longe na mata: a Casa de Cura, espaço inspirado na formato da flor Vitória-régia, por sua característica de mudar de coloração e sua importância mitológica nas culturas ancestrais. O local é dedicado a práticas de yoga, encontros com representantes indígenas da região ou simplesmente um espaço para receber uma massagem e banho ayurvédico.

Mais envolvente ainda, o Mirante do Madadá já nasce com o DNA do turismo de base comunitária, trazendo vivências autênticas na Amazônia em comunhão com os ribeirinhos. Dentre as incursões na floresta, observação de espécies da fauna e da flora amazônica, birdwatching, focagem noturna de jacarés, pesca de piranhas, trilhas guiadas até as Grutas do Madadá, passeios de canoa pelos igapós quando na época das cheias, contemplação das praias quando no período da vazante e da seca, entre outros.

Compartilhe com um amigo:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Redaçãohttps://diariodoturismo.com.br
Primeiro e-Diário de Turismo do Brasil

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias para a sua viagem!


    Mais lidas

    Site do Editor

    O jornal dos melhores leitores

    Mais recentes

    Quer ir para a Irlanda? Escola oferece bolsas de estudo para celebrar a reabertura

    SEDA College está oferecendo descontos de 20% para brasileiros que querem estudar em Dublin, capital da Irlanda EDIÇÃO DO DIÁRIO com agências Os maus ventos parecem...

    Brasil é o 3º país que mais usa redes sociais no mundo (veja os infográficos!)

    O Brasil é o 3º país que mais usa redes sociais no mundo, com uma média de 3 horas e 42 minutos por dia....

    Roberto Bertino, CEO do grupo Nobile: “A hotelaria vive uma mutação”

    Fundador e presidente do grupo Nobile Hotels & Resorts, Roberto Bertino fala ao DIÁRIO sobre o início da sua jornada na hotelaria, aponta os...

    Embora remota, erupção de vulcão nas Ilhas Canárias, pode causar tsunami no Brasil

    O vulcão Cumbre Vieja, em La Palma - ilha que compõe o conjunto das Ilhas Canárias espanholas entrou em erupção na tarde deste domingo...

    Feira EBS 2021 confirma edição presencial e abre credenciamento

    Evento abre o calendário oficial do mercado de eventos corporativos com exposição, rodadas de negócio e congresso, nos dias 27 e 28 de outubro,...

    Sambaqui Catamarã é um dos atrativos de Barra do Cunhau, no Rio Grande do Norte

    Em Barra do Cunhau, Canguaretama, a cerca de 90km ao sul de Natal, o Catamarã Sambaqui desliza suavemente pelas águas tranquilas do Rio Cunhaú...

    Relacionadas

    Compartilhe com um amigo:
    Pautas e Marketing