Arquiteta Consuelo Jorge: “a brasilidade nos ambientes é uma tendência nos hotéis”

RETRÔ 2018 – Publicado dia 27 de outubro

A arquiteta Consuelo Jorge tem mais de 30 anos de experiência no mercado e assina, junto com sua equipe de arquitetos, projetos de arquitetura e interiores residenciais, corporativos e de hotelaria.

REDAÇÃO DO DIÁRIO 

Consuelo tem projetos executados nas principais capitais brasileiras, além de Nova York e Washington. Uma das características de seus projetos arquitetônicos é a sustentabilidade, com com utilização de tecnologia adequada, reaproveitamento de recursos naturais e preservação ambiental.

Pioneira em hotelaria no Brasil, já desenvolveu projetos arquitetônicos para diversas bandeiras como Pullman, Radisson, Clarion, Comfort Suites, Ibis Styles entre outros. Em parceria com a Rede Accor, foi responsável pelos projetos dos primeiros hotéis no Brasil das bandeiras ibis em 1997, Pullman em 2010, e Adágio em 2012. O DIÁRIO a entrevistou, confira:

DIÁRIO – Em seu portfólio você e seu trabalho se apresentam como referência em arquitetura consciente e contemporânea. Você poderia nos esmiuçar esses termos e se eles têm a ver com sustentabilidade?

CONSUELO JORGE – Sim; é um foco grande em meu trabalho. A minha própria casa tem um prêmio de casa sustentável e há algum tempo tenho trabalhado isso no âmbito do setor de hotéis. Hoje a própria hotelaria tem buscado formas de produzir energia, como a solar, no reuso de água, na utilização das lâmpadas  led para economizar energia. Tudo passa pela tomada de consciência. Hoje, as pessoas, as empresas não deixam de fazer projetos de sustentabilidade por falta de informação. Toda reunião de projetos que participo ou sou convidada sugiro para  trazer o verde para dentro do ambiente, o reuso da água, uso de materiais com pegada natural ….As próprias construtoras estão abraçando esta causa. Ainda de forma embrionária, mas acho que é uma tendência irreversível…

Segundo Consuelo, as próprias construtoras adotam iniciativas sustentáveis, ainda que de forma embrionária (Crédito: divulgação)

DIÁRIO – Você está antenada às mais variadas tendências da arquitetura mundial. O que, de novo, está surgindo no design e na arquitetura de hotéis?

CONSUELO JORGE – Nos últimos cinco anos para cá a hotelaria está mudando muito e mudando para melhor. Até então os quartos eram iguais, os lobbys eram padronizados, tudo muito básico. Os hotéis fora do Brasil começaram primeiro a se transformar em seu conceito arquitetônico e design e há cinco anos, principalmente a rede Accor começou buscar algo mais. Hoje a hotelaria deve estimular as experiências . O hóspede deve ser estimulado e o hotel é uma fábrica de vivências e experiências. Novas formas de serviços na hotelaria, novos produtos, novos designs, nova arquitetura,  entraram com tudo nos hoteis.  Um exemplo é o hotel Pullman, da 23 de Maio (em São Paulo). Acabamos de retrofitar o lobby. Só de cadeira tenho quatro ou cinco designs diferentes. Outro exemplo é o Pullman da Villa Olímpia, que propõe uma novo conceito em  hotelaria. Lá você não é recebido na recepção, mas no bar. Você entra no hotel e vê um grande lounge e não uma recepção. Tudo isso está vindo e mudando a cabeça de todo hoteleiro.

DIÁRIO – A engenharia brasileira acompanha as tendências da arquitetura?

CONSUELO JORGE – O design avançou um pouco mais e a engenharia não evoluiu tanto simplesmente por falta de investimento. A parte de engenharia deve ter mais investimentos. Nos projetos hoteleiros a empresa de gestão planeja  todas as áreas em conjunto, e isso ameniza custos na obra, e o planejamento é fundamental. Sofremos com a falta de produtos importados, que são muito caros com o dólar na altura que está; quando chegam (estes produtos) são caros e inviabilizam o preço final e o projeto. Não acho que a engenharia fica muito longe das tendências, falta, como falei, um pouco de verba e de investimento.

balcoes-corian_diario-do-turismo
“Nos últimos cinco anos para cá a hotelaria está mudando muito e mudando para melhor” (Crédito: divulgação)

DIÁRIO – Qual produto ou matéria-prima tem se destacado nas novas tendências?

CONSUELO JORGE – Eu sou super fã dos produtos em corian, acho que a flexibilidade dele, a parte da manutenção, para  hotelaria e parte hospitalar é excepcional. Uso muito em balcões de bar. Aqui no hotel Pullman da 23 de maio, (em São Paulo), projetamos um grande bar redondo,  onde você é recepcionado e é todo em corian. Tenho usado esse produto há vários anos. Queremos implantar as bancadas (de banheiro) e é necessário, no entanto, para viabilizar o custo, um número maior, em escala. Só não conseguimos viabilizar em todos os hotéis porque o preço final ainda é alto.

DIÁRIO – Pode apontar mais tendências?

CONSUELO JORGE – Considerando o preço do dólar atual, todas as tendências importadas estão inviáveis. Mas há uma tendência hoje da brasilidade, além da sustentabilidade. O que é a brasilidade? É trazer o verde para dentro do espaço. Você ter um hotel como uma cara que estimula a arte:  você tem quadros, você tem livros, você tem folhagem, estampas brasileiras, fibras naturais, madeira. Isso faz o hóspede sentir que está em sua casa, se sente acolhido, com a família, com os amigos. A brasilidade é uma tendência muito forte. Todas as bandeiras que a gente senta para conversar geralmente surge a necessidade de implantar um conceito de brasilidade nos ambientes.

http://www.consuelojorge.com.br/

Paulo Atzingen
Paulo Atzingenhttps://www.diariodoturismo.com.br
Paulo Atzingen é paulista e jornalista profissional (DRT-185 PA) desde o ano 2000; cursou Letras e Artes e Comunicação Social na Universidade Federal do Pará (UFPA), É poeta, contista e cronista. Estuda gaita (harmônica).

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

PL 2034 aprovado pelo governador do Rio de Janeiro é vitória para os guias de turismo

O Projeto de Lei Nº 2034 acaba de ser aprovado pelo governador do Rio de Janeiro Wilson Witsel e se transforma na Lei Estadual...

Parques da SeaWorld na Flórida reabrirão ao público em 11 de junho

O SeaWorld Entertainment, Inc., uma das empresas de entretenimento líder no mundo, anunciou o projeto de reabertura em fases (com capacidade limitada) dos seus...

Temperaturas caem em Santa Catarina e toneladas de tainha são pescadas (Vejam vídeos)

Por Jefferson Severino especial para o DIÁRIO DO TURISMODe fato, hoje o estado catarinense completa 32 dias com temperaturas negativas. Segundo o Homem do...

Efeitos da pandemia: o fim dos blocos comerciais e início de acordos bilaterais

Por Carlo Barbieri*O mercado globalizado como o conhecemos hoje, já está em plena mudança devido à pandemia. Teremos um realinhamento na estrutura comercial do...

Pedidos de recuperação judicial aumentam depois da Covid-19

O último levantamento da Boa Vista, divulgado no início deste mês, registra alta em maio de 68,6% no número de pedidos de recuperação judicial...

Fronteiras terrestres entre Espanha, Portugal e França abrem em 22 de junho

MADRI (Reuters) - A Ministra da Indústria e do Turismo espanhola, Reyes Maroto, disse nesta quinta-feira que todas as restrições a cruzamentos nas fronteiras...

Relacionadas

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias