Artigo dos sócios da Gestour Brasil: “pavões do setor devem recolher asas”

Os sócios da Gestour Brasil, Vadis da Silva e Nara Spada em artigo publicado nesta terça-feira (19) (leia artigo) no DIÁRIO DO TURISMO fazem observações importantes a respeito do papel do Estado na gestão do turismo brasileiro, enaltecem os noventa dias do governo (que já arrecadou R$ 2,2 bilhões com privatizações de aeroportos) e alertam: “O setor produtivo do turismo pode e deve andar com suas próprias pernas”.

REDAÇÃO DO DIÁRIO

Segundo Vadis, os governos em suas três esferas de poder estão financeiramente quebrados e a classe empresarial se acostumou a tempos melhores em ser subsidiada para a promoção do turismo. As coisas mudaram. “Diante de tal penúria, os empresários do turismo ter a pretensão que, ainda assim coloquem dinheiro para promoção do turismo é de deixar faces ruborizadas de quem se preocupa minimamente com a falta de dinheiro para a segurança, saúde, educação e infraestrutura”, afirma em seu artigo.

Por ser uma atividade essencialmente privada e de mercado, Vadis e Nara defendem a importância de se firmar um “Pacto Federativo em favor do Turismo Receptivo”, para que se estabeleça uma nova ordem para novas oportunidades no setor.

E adverte: “as coisas não são tão difíceis quanto são pintadas por alguns acostumados, ao longo da história, a só “mamar” dos cofres públicos.

Em estudo apresentado pelos executivos, somente o segmento de meios de hospedagem nacional fatura anualmente mais de R$12,7 bilhões. “Em números pessimistas para não errar –, levando em conta apenas 21% da oferta de unidades habitacionais disponíveis, a uma diária média de R$160,00”, afirma Vadis.

O executivo reitera a necessidade de união da classe empresarial e política e prognostica: “Os ares para os negócios no mercado do turismo, para este e os próximos anos, indicam que são os melhores de todos os tempos. Cabe ao setor empresarial brasileiro decidir se quer pegar ou deixar que outros peguem a “dinheirama que está sobre a mesa”.

E finaliza: “É hora de, especialmente aos pavões do setor, recolherem um pouco suas belas asas e, todos,  desapegados de egos trabalharmos para aglutinar “gregos e troianos” em favor da causa maior, a independência e autossuficiência do setor privado, na promoção e comercialização do turismo nacional”.

Paulo Atzingen
Paulo Atzingenhttps://www.diariodoturismo.com.br
Paulo Atzingen é paulista e jornalista profissional (DRT-185 PA) desde o ano 2000; cursou Letras e Artes e Comunicação Social na Universidade Federal do Pará (UFPA), É poeta, contista e cronista. Estuda gaita (harmônica).

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

HotelCare fará gestão profissional de hotéis da Tempus Hotelaria

Durante uma coletiva de imprensa virtual nessa quinta-feira (2) em São Paulo, os diretores da HotelCare anunciaram o início da gestão profissional de algumas...

Delta reintroduz cervejas e vinhos nos voos dentro dos Estados Unidos

A partir de hoje, 2 de julho, os clientes da First Class e da Delta Comfort+ que voarem dentro dos Estados Unidos começarão a encontrar cerveja e vinho de cortesia...

Pesquisa revela: 38% dos brasileiros vai esperar 9 meses para entrar em avião

Pandemia cria novas formas de consumo a longo prazo para 67% dos brasileiros EDIÇÃO DO DIÁRIO com agências O isolamento social ditou uma nova forma de...

IATA: financiamento público de medidas de saúde deve ser assegurado

Nesta quinta-feira (2), o Conselho Internacional de Aeroportos de Montreal (ACI) e a Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA) solicitaram que os custos relacionados...

Porto de Galinhas faz mutirão de postagens “Meu Destino é Porto de Galinhas”

"Quando tudo isso passar, meu destino é #PortodeGalinhas" REDAÇÃO DO DIÁRIO Em uma ação coordenada entre os hoteleiros e o outros diversos segmentos do turismo receptivo...

Califórnia fecha bares e restaurantes na maior parte do Estado para deter Covid-19

SACRAMENTO, Califórnia (Reuters) - Salões internos de restaurantes, cinemas e outros estabelecimentos serão proibidos de funcionar na maior parte da Califórnia por pelo menos...

Relacionadas

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias