Associações Aéreas Globais apelam a governos para profissionais da aviação terem prioridade na vacinação

A Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA), a Associação Latino-americana e do Caribe de Transporte Aéreo (ALTA), o Conselho Internacional de Aeroportos da América Latina e Caribe (ACI-LAC) e a Organização de Serviços de Navegação Aérea Civil (CANSO), estão conjuntamente buscando os governos da América Latina e Caribe para assegurar que os profissionais da indústria da aviação sejam considerados como trabalhadores essenciais durante a iminente campanha de vacinação COVID-19.

EDIÇÃO DO DIÁRIO com agências


O apelo da indústria aos governos está alinhado com a proposta do Grupo Consultivo Estratégico de Especialistas (SAGE) da Organização Mundial de Saúde sobre a Priorização dos Usos das Vacinas COVID-19. Este define populações prioritárias para a vacinação com base em cenários epidemiológicos e de fornecimento de vacinas. Dentro deste quadro, o SAGE incluiu trabalhadores dos transportes juntamente com outros setores essenciais além fora dos segmentos da saúde e educação, tais como, por exemplo, a polícia.

“O sistema de saúde em toda a América Latina e Caribe depende fortemente do transporte aéreo para a entrega dos seus suprimentos. Ao contrário de outras partes do mundo, por exemplo, América do Norte ou Europa, existem muito poucas alternativas como o transporte rodoviário ou ferroviário que possam proporcionar um transporte rápido, seguro e confiável – especialmente onde considerações tão especiais como a refrigeração são necessárias. Como os cálculos mostram, será necessário o equivalente a 8.000 aviões cargueiros Boeing 747 para a distribuição global de vacinas. É, portanto, essencial que tenhamos a mão-de-obra qualificada para assegurar o funcionamento da cadeia logística”, disse Peter Cerdá, Vice-Presidente Regional da IATA para as Américas.

“A indústria da aviação proporciona conectividade vital na região da América Latina e Caribe e a força de trabalho da aviação é essencial para garantir a distribuição em tempo hábil da vacina. A CANSO está comprometida em apoiar a indústria de gerenciamento do tráfego aéreo (ATM) durante e após a recuperação e precisamos que os governos da região da América Latina e Caribe trabalhem em conjunto e colaborem com a indústria da aviação para assegurar a viabilidade de todos os setores da aviação. A CANSO está trabalhando com todas as organizações internacionais e partes interessadas para apoiar os voos que transportam as vacinas e irá ativar o processo de rotas alternativas ao Sistema Aéreo Planejado (PASA) que permitirá que estes voos cheguem ao seu destino através da rota mais rápida”, disse Simon Hocquard, Diretor-geral da CANSO.

“Os aeroportos são os principais centros na cadeia de distribuição global de vacinas e equipamento na luta contra a COVID-19. O pessoal operacional dos aeroportos interage com vários grupos envolvidos na facilitação de uma entrega rápida e segura de grandes volumes de doses de vacinas; ao mesmo tempo que assegura a recuperação dos serviços de passageiros que são essenciais para o desenvolvimento social e econômico dos nossos países”, disse o Dr. Rafael Echevarne, Diretor-geral da ACI-LAC.

“Embora tenha sido demonstrado que é possível retomar as atividades seguindo os protocolos apropriados, estamos confiantes de que a vacinação permitirá que todos se sintam seguros em ambientes diferentes e, principalmente, nos permitirá, enquanto sociedade, recuperar inúmeros setores econômicos e milhões de postos de trabalho que se encontram atualmente deprimidos. Ao longo deste ano, a indústria da aviação tem feito esforços extraordinários para se manter viável e continuar a prestar um serviço essencial à população. A rápida adoção de protocolos de biossegurança nos permitiu retomar as viagens e iniciar lentamente a recuperação da conectividade que gera oportunidades, e que, além disso, permitirá a distribuição de vacinas em todos os lugares, mesmo naqueles mais remotos. Considerar os trabalhadores da indústria como essenciais durante as campanhas de vacinação é fundamental para reforçar estes esforços que se traduzirão em bem-estar econômico e social para a população. Vemos que os pilotos nos Estados Unidos irão receber a vacina e pedimos que a nossa região inclua todo o pessoal da aviação nas campanhas”, comentou José Ricardo Botelho, Diretor Executivo e CEO da ALTA.

A recente 76ª Assembleia Geral Anual (AGM) da IATA também adotou por unanimidade uma resolução na qual os seus membros pediam aos governos que garantam que o pessoal da aviação seja priorizado para a vacinação COVID-19, uma vez que tratamentos seguros e eficazes estejam disponíveis e os trabalhadores da área da saúde e os grupos vulneráveis tenham sido protegidos. A AGM também reforçou o papel vital do transporte aéreo em facilitar a resposta global à pandemia, incluindo a distribuição rápida de medicamentos, kits de teste, equipamento de proteção e eventualmente vacinas em todo o mundo.

Compartilhe com um amigo:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Redação
Redaçãohttps://diariodoturismo.com.br
Primeiro e-Diário de Turismo do Brasil

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


    Mais lidas

    Site do Editor

    Mais recentes

    Empresa de Silvio Santos paga IPTU atrasado de hotel após cobrança da prefeitura

    O empresário e apresentador de TV Silvio Santos, ao tomar conhecimento do assunto relacionado ao IPTU do Hotel Jequitimar/Guarujá, determinou que fosse realizado, de...

    Presidente do Visit Iguassu é contra medidas restritivas em Foz do Iguaçu

    O presidente do Visit Iguassu, Felipe Gonzalez, é contra as medidas restritivas impostas pelo governo do Estado do Paraná para conter a onda de...

    Duas dezenas de elefantes são afastados dos passeios de Forte Amer, na Índia

    Depois de anos de campanha, a Proteção Animal Mundial comemora o afastamento de elefantes que serviam para transportar turistas até o forte Amer, na...

    Transamerica São Paulo retoma feijoada aos sábados com rígidos protocolos

    Uma das tradições gastronômicas do Hotel Transamerica São Paulo é a feijoada realizada aos sábados. Preparada pelo chef Danilo Brasil, a tradição será retomada...

    Edgony Bezerra: ‘Mulheres que escrevem o turismo do Brasil’

    Conheci Edgony Bezerra em uma coletiva de imprensa, no Riocentro, em uma feira da Associação Brasileira das Agências de Viagens - ABAV-, no Rio...

    Accor aposta em Barretos e anuncia o 1º ibis Styles na cidade

    A Accor acaba de adicionar mais um hotel ao seu portfólio com a assinatura do ibis Styles Barretos, uma parceria com a Construtora Souza...

    Relacionadas

    Compartilhe com um amigo:
    Open chat