Brasileiros estão ilhados na África do Sul com o cancelamento dos voos para o Brasil (Veja o vídeo)

O DIÁRIO acaba de receber uma mensagem de uma brasileira que está no aeroporto de Johanesburgo, África do Sul. Barbara Braz relata ao DT que a Latam Airlines cancelou os voos previstos no período de 22 a 29 de março, deixando mais de 200 brasileiros ilhados no país. 

REDAÇÃO DO DIÁRIO

Devido ao agravamento da situação da pandemia de Covid 19 ao redor do mundo, desde o dia 22 de março de 2020 uma série de voos partindo da África do Sul com destino ao Brasil foi cancelado pelas companhias aéreas que operavam este trecho, afetando uma série de brasileiros que se encontram ainda no local esperando por suporte para retorno.

“Moro em São Paulo, eu vim a trabalho, estava abrindo uma empresa de turismo e de viagem. Estava previsto voltar para o Brasil e acabei antecipando a volta por esta questão atual. Mas tem gente de todos os estados do Brasil aqui no aeroporto. tem gente do sul, do nordeste, do Rio de Janeiro, tem gente em situação de risco”, disse Bárbara ao DIÁRIO.

VEJA O VÍDEO:

Segundo Bárbara, o principal problema decorre da série de cancelamentos de voos da companhia aérea Latam Airlines que suspendeu todos os voos previstos no período entre 22 a 29 de março deixando mais de duzentos brasileiros ilhados no país. “Inicialmente a Companhia providenciou acomodação para parte dos passageiros que estavam nos voos dos dias 22 e 23 de março. No entanto, no último dia 23 o presidente da África do Sul decretou lock down a partir de 26/03 e na data de ontem, (dia 25/03), o Ministério dos Transportes da África do Sul decretou proibição total de qualquer deslocamento a partir da data de inicio do Lock down”, relata.

Em contato com a LATAM, a empresa informa que todos os voos internacionais para Johanesburgo estão suspensos temporariamente. A brasileira relata que o escritório da Companhia no aeroporto de Johanesburgo também encontra-se fechado para público.

“Além disso, os canais de atendimento por telefone tem espera de mais de 40min até que a ligação caia. Em paralelo, mesmo em estado de caos total, e sem nem nenhum tipo de suporte aos brasileiros, a companhia segue vendendo tickets de Johanesburgo para Guarulhos via online por valores exorbitantes”, denuncia.

Desde o inicio dos cancelamentos o grupo de Brasileiros em situação de imobilidade da África do Sul, tem se mantido em contato com a Embaixada do Brasil em território Africano, que tem se mostrado solicita e está tentando negociar com a Latam uma solução para a retirada imediata dos brasileiros no país.

Ela relata em áudio que com o fechamento do escritório e a falta de retorno da Latam Airlines, mais e mais brasileiros vindos de outras cidades estão chegando a Johanesburgo, sem nenhum suporte, sem acomodação, sem reagendamento e sem informações.  A partir de amanhã (27), a circulação será proibida, o que agrava ainda mais a situação e as tentativas de solução e retorno ao Brasil.  Todos os consumidores pagaram por seus tickets, há pessoas em situação de risco e prioridade e mesmo assim a Latam Airlines se mantem ausente, tentando isentar-se que qualquer responsabilidade e sem o mínimo suporte aos mais de 200 consumidores e cidadãos brasileiros que não podem retornar aos seus lares e familiares. Precisamos de uma solução urgente”, desabafa.

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

O mundo precisa de pessoas juntas – Mensagem da Equipotel 2020 (Veja o vídeo)

O mundo precisa de pessoas juntas. Mas juntas de um jeito novo. Por hoje, pedimos que vivencie uma excelente hospitalidade em sua casa, para o seu...

LATAM já operou 115 voos especiais transportando mais de 16 mil passageiros

Grupo já operou 115 voos especiais, transportando não só seus passageiros, mas também clientes de outras companhias EDIÇÃO DO DIÁRIO com agências O Grupo LATAM Airlines...

Airbnb pagará US$ 250 milhões a ‘anfitriões’ para ajudar a cobrir custos de cancelamentos por COVID-19

O CEO do Airbnb, Brian Chesky, anunciou a criação de um fundo de US$ 250 milhões para ajudar os anfitriões a cobrir o custo dos...

Prefeitos do ABC compram 1 milhão de testes de covid-19

O Consórcio Intermunicipal Grande ABC, que reúne prefeitos da região, anunciou a compra de 1 milhão de kits para testes de covid-19. A remessa...

Entidades hoteleiras entregam carta ao Procon-SP

Nesta terça-feira (31), os presidentes da ABIH – Associação Brasileira de Hotéis do Estado de São Paulo; BLTA – Associação Brasileira de Turismo de...

Não é a hora de tirar Jair Bolsonaro – por Rui Jorge Carvalho*

Cresce no meio político a pressão para afastar Jair Bolsonaro. Apesar de tudo não acho que o presidente deva ser afastado agora. Seria pura...

Relacionadas

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias