Búzios é o destino mais caro para alugar por temporada na Semana Santa

O feriado na sexta-feira da Paixão, prolongando o fim de semana, faz com que a Semana Santa aqueça o turismo em várias regiões do país. A menos de um mês da Páscoa, o AlugueTemporada, representante brasileiro do grupo HomeAway, fez um levantamento da média de preços de locação para o período. Búzios, na Região dos Lagos do Rio de Janeiro, apresentou as tarifas mais altas, com média de R$ 972 por noite.

O segundo destino mais caro é Porto de Galinhas, no litoral de Pernambuco, com média de hospedagem de R$ 923. Já as tarifas mais baratas entre os destinos mapeados estão em Guarapari (ES), onde a média por noite é de R$ 510.

A maior variação de preços em relação ao Carnaval foi registrada no bairro de Jurerê Internacional, em Florianópolis (SC), onde a média de diárias caiu de R$ 1.785 para R$ 870 entre uma data e outra.

O levantamento selecionou 18 destinos que costumam receber muitos turistas nessa época do ano. Foram consultados em média dez proprietários de cada região, avaliando casas e apartamentos de três ou quatro quartos, disponíveis para o período de 1 a 5 de abril.

Além de Búzios, a pesquisa feita no Rio de Janeiro inclui a cidade de Cabo Frio e na capital do Estado os bairros de Copacabana, Ipanema e Leblon. A pesquisa em São Paulo abrangeu Guarujá, Ubatuba, Praia Grande e a região da praia de Maresias, em São Sebastião. No Nordeste, além de Porto de Galinhas (PE), Aracaju (SE), Porto Seguro (BA), Salvador (BA), Recife (PE) e Fortaleza (CE) foram consultados. Guarapari (ES), Jurerê Internacional (SC) e Gramado (RS) completam a pesquisa.

Rio de Janeiro

Na cidade do Rio, o Leblon apresenta os preços mais elevados para a Páscoa, com média de hospedagem a R$ 832 por noite. Em Ipanema, os preços têm a mesma variação, mas com média menor: R$ 806. Copacabana tem média de R$ 781.

Região dos Lagos

Búzios aparece com médias de R$ 972 por noite. Em Cabo Frio, a média é de R$ 658.

Litoral de São Paulo

No litoral paulista, a região de Maresias, em São Sebastião, apresenta as locações mais caras, com média de R$ 911 por noite. Guarujá, que tinha os valores mais altos da região durante o Carnaval deste ano, tem uma média de R$ 706 para a Páscoa. A média em Ubatuba é de R$ 675, enquanto em Praia Grande a média é de R$ 597.

Nordeste

Porto de Galinhas (PE) é o destino mais valorizado do Nordeste e o segundo no Brasil. A média no litoral pernambucano é de R$ 923. Porto Seguro (BA) tem a segunda média mais alta na região, de R$ 609. Em Salvador (BA) a média é mais baixa, R$ 530. Aracaju (SE) tem média de R$ 600, enquanto em Fortaleza (CE) a média é de R$ 524. Em Recife (PE), a média é de R$ 516.

Santa Catarina

Jurerê Internacional, em Florianópolis, que bateu o recorde de preços altos no Carnaval, deixa de ser o destino mais caro do Brasil. A região catarinense tem média de R$ 870.

Espírito Santo

Guarapari é o destino mais barato do país para o período. A média é de R$ 510.

Rio Grande do Sul

Em Gramado, a média de hospedagem é de R$ 881, sendo o quarto destino mais caro.

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

WZ Hotel Jardins segue determinação do governo de SP e estende pausa nas operações

Localizado na capital paulista, o WZ Hotel Jardins anuncia que vai prorrogar a suspensão temporária de suas operações até o dia 30 de abril....

Presidente executivo da Ubrafe apresenta ao DIÁRIO os prognósticos de perdas do setor

O presidente executivo da União Brasileira dos promotores de Feiras - Ubrafe, Armando Campos Mello, atendeu ao pedido do DIÁRIO e apresentou uma panorâmica...

Iata: declínio de passageiros em fevereiro foi maior que o de 11 de setembro de 2001

A Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA) anunciou os resultados globais do tráfego aéreo de passageiros de fevereiro de 2020, com a demanda (medida...

Governador de São Paulo estende quarentena até dia 22: “respeitamos a ciência, não fazemos achismos”

O governador de São Paulo, João Doria, em coletiva de imprensa nesta segunda-feira (6) no Palácio dos Bandeirantes, estendeu o período de quarentena no...

Vida pós-crise, como será? – por Gaudêncio Torquato

Há muitas questões no ar e qualquer previsão sobre o amanhã será uma precipitação. Mas a cadeia de eventos que se sucedem nesses dias...

Tirolez doará R$ 1 milhão para sistema de saúde e organizações de apoio a comunidades

Para contribuir com esforços de prevenção, tratamento e apoio social durante a pandemia de Covid-19, a Tirolez, uma das mais tradicionais empresas de laticínios...

Relacionadas

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias