Califórnia determina que população fique em casa

A Califórnia divulgou ordem inédita para a sua população de 40 milhões de habitantes ficar em casa, e o governo dos Estados Unidos orientou cidadãos norte-americanos a voltarem para casa ou ficarem no exterior por tempo indeterminado. O total de mortes pelo coronavírus no país chegou a 200 nessa quinta-feira (19).

AGÊNCIA BRASIL

A decisão do governador da Califórnia, Gavin Novasom, que entrou em vigor de imediato, é a maior e mais abrangente restrição já adotada pelo estado em meio ao agravamento da crise de saúde pública provocada pelo surto de Covid-19, que ele previu que pode infectar mais da metade da Califórnia dentro de oito semanas.

Enquanto as autoridades intensificam medidas para evitar a proliferação do vírus, o governo dos EUA pode anunciar restrições nas viagens na fronteira EUA-México nesta sexta-feira, limitando as travessias ao essencial, segundo duas autoridades que estão a par da questão. A ação viria na esteira de uma medida semelhante, adotada na quarta-feira (18)para fechar a fronteira com o Canadá.

A doença respiratória, de disseminação rápida, está acabando com a maioria dos hábitos cotidianos da nação, ao fechar escolas e negócios, obrigar milhões a trabalharem em casa, causar a demissão de muitos e diminuir drasticamente as viagens.

O Departamento de Estado disse aos cidadãos: se viajarem para o exterior, “seus planos de viagem podem ser seriamente prejudicados, e vocês podem ser forçados a permanecer fora dos Estados Unidos por um período indefinido”.

Como a economia está padecendo, republicanos do Senado apresentaram um plano de estímulo econômico, de US$ 1 trilhão, para disponibilizar fundos diretamente ao público e aos negócios norte-americanos. O presidente Donald Trump vem pedindo o pacote com insistência.

O número de pessoas solicitando seguro desemprego atingiu a maior taxa desde 2012 e atingiu um pico de 2,5 anos na semana passada, já que empresas do setor de serviço dispensaram funcionários porque a pandemia está fechando negócios.

Seria o terceiro projeto de lei de emergência do Congresso para enfrentar o coronavírus, na esteira de um plano de mais de US$ 105 bilhões que cobre os exames gratuitos de coronavírus, licenças-saúde remunerada e gastos adicionais com a rede de segurança, além de outra medida de US$ 8,3 bilhões para combater a disseminação do patógeno altamente contagioso e desenvolver vacinas contra ele.

O mercado de ações em queda e o número crescente de mortes levaram Trump a mudar radicalmente de tom no tocante à doença nesta semana, quando exigiu ações urgentes para repelir um mergulho na recessão, depois de passar semanas minimizando os riscos.

Mais de 13 mil pessoas de todo o país foram diagnosticadas com a doença,batizada de Covid-19, e 200 morreram. Os estados de Washington, Nova York e Califórnia concentraram os maiores números até o momento.

Como os EUA demoram para mobilizar exames em massa para detectar o vírus, que já infectou mais de 229 mil pessoas em todo o mundo, autoridades temem que a quantidade de casos conhecidos da doença respiratória, que pode causar pneumonia, esteja muito distante da realidade.

Hospitais de toda a nação enfrentam falta de equipamento médico, e médicos de Seattle são forçados a improvisar máscaras com folhas de plástico.

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

Medidas do governo darão fôlego às empresas durante a quarentena (OUÇA!)

Com o objetivo de reduzir o impacto financeiro causado pela quarentena da Covid19, o Governo Federal tem adotado diversas medidas na esfera tributária, principalmente...

O mundo precisa de pessoas juntas – Mensagem da Equipotel 2020 (Veja o vídeo)

O mundo precisa de pessoas juntas. Mas juntas de um jeito novo. Por hoje, pedimos que vivencie uma excelente hospitalidade em sua casa, para o seu...

LATAM já operou 115 voos especiais transportando mais de 16 mil passageiros

Grupo já operou 115 voos especiais, transportando não só seus passageiros, mas também clientes de outras companhias EDIÇÃO DO DIÁRIO com agências O Grupo LATAM Airlines...

Airbnb pagará US$ 250 milhões a ‘anfitriões’ para ajudar a cobrir custos de cancelamentos por COVID-19

O CEO do Airbnb, Brian Chesky, anunciou a criação de um fundo de US$ 250 milhões para ajudar os anfitriões a cobrir o custo dos...

Prefeitos do ABC compram 1 milhão de testes de covid-19

O Consórcio Intermunicipal Grande ABC, que reúne prefeitos da região, anunciou a compra de 1 milhão de kits para testes de covid-19. A remessa...

Não é a hora de tirar Jair Bolsonaro – por Rui Jorge Carvalho*

Cresce no meio político a pressão para afastar Jair Bolsonaro. Apesar de tudo não acho que o presidente deva ser afastado agora. Seria pura...

Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias