Crise do setor hoteleiro em Belo Horizonte é pauta de audiência pública

A ABIH MG abriu a audiência pública realizada no último dia 24 para abordar as dificuldades enfrentadas pelo setor hoteleiro na capital. Na ocasião, Patrícia Coutinho, Presidente da ABIH MG, apresentou relatório sobre os obstáculos enfrentados pela hotelaria que já culminou no fechamento de 6 hotéis de BH, com a demissões de 40% do quadro de funcionários. Segundo Coutinho, só no último ano os principais insumos utilizados pela hotelaria, água e energia, apresentaram um aumento de 60% do valor, penalizando ainda mais o setor: “Precisamos de um regime especial na cobrança de ICMS sobre estes insumos. Pagamos como um consumidor comum e não como uma indústria, e o imposto estadual é altíssimo em MG. Precisamos também de verba para que o PROMINAS, a BELOTUR e a Secretaria de Turismo tenham condições e equipe suficiente para promover o destino e atrair eventos de forma adequada. Além disso, acreditamos que a Prefeitura tenha que dar contrapartida aos investimentos feitos pelos empresários na capital, com grandes eventos durante todo o calendário, além de novos locais de eventos, sejam eles onde for.”

E completou: “Turismo é indústria limpa que envolve um sem número de serviços. Precisamos de mais verba, precisamos ser mais valorizados.”

CADASTRE-SE GRATUITAMENTE

TENHA ACESSO À CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

+ 300 MATÉRIAS COM CONTEÚDO DIRECIONADO

RECEBA AS ATUALIZAÇÕES EM 1ª MÃO

Tenha acesso ILIMITADO ao conteúdo EXCLUSIVO de turismo.

Conteúdo exclusivo

Recentes

Mais do DT

Atendimento Comercial