Desembarques em São Paulo batem recorde em 2014

O Anuário Estatístico de Turismo, que traz os principais índices do setor referente ao ano de 2014, elaborado pelo Observatório de Turismo e Eventos de São Paulo, destaca o crescimento de cerca de 20% no fluxo de turistas no ano passado na capital paulista, chegando a estimados 15 milhões de visitantes, e uma receita turística de R$ 11,3 bilhões, além do aumento de 8% no número de passageiros nos principais aeroportos que atendem a metrópole: Guarulhos, Congonhas e Viracopos.

Segmentos como lazer, cultura e compras também obtiveram crescimento expressivo nas indicações de motivação da viagem a São Paulo. A visibilidade trazida pela Copa também pode ter refletido nas chegadas de turistas entre os meses de agosto e dezembro, período que também houve um número grande de eventos na capital. Mais de 6,5 milhões de turistas vieram à cidade neste período, o que representa um crescimento de 6,2% acima do mesmo período em 2013.

Fonte: Infraero e Administração dos Aeroportos
Fonte: Infraero e Administração dos Aeroportos

Destaque nos transportes

O número de desembarques de passageiros nos terminais rodoviários do Tiete, Barra Funda e Jabaquara registrou um aumento de 3% em relação ao ano de 2013, totalizando uma média de 16.747 milhões de passageiros.

No ano em que o Brasil sediou a Copa do Mundo com São Paulo como cidade sede e palco da abertura dos jogos, os aeroportos de Guarulhos, Congonhas e Viracopos registraram um aumento de 8% (cerca de 5 milhões) no número de passageiros em relação ao ano de 2013.

Rede hoteleira e arrecadação

Outro dado que chama atenção no Anuário diz respeito à arrecadação de impostos com turismo na cidade. O Imposto Sobre Serviços (ISS) do Grupo 13, que abrange atividades relacionadas diretamente ao turismo, obteve um crescimento de 7,2% em 2014 em relação a 2013, chegando a R$ 270 milhões, uma diferença de R$ 18 milhões.

Somente nos meses de julho, agosto e setembro, o município arrecadou com o turismo R$ 66,6 milhões, crescimento de 8% na comparação com igual período do ano de 2013.

Mesmo com o crescimento no número de turistas, os índices dos hotéis se mantiveram praticamente estáveis, com uma diferença de apenas dois pontos percentuais para menos na taxa de ocupação se comparada ao mesmo período de 2013, enquanto a ocupação dos hostels teve leve alta de quase 1%, mesmo com a abertura de mais unidades.

Tendências para 2015

O Anuário Estatístico de Turismo mostrou ainda algumas tendências para este ano no mercado turístico. Para 2015, o relatório aponta que a expectativa é de ascensão do turismo doméstico e de pequenas distâncias.

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

Governo prorroga prazo para recolhimento de INSS, PIS e COFINS

Por Marcelo Vianna* O Ministério da Economia acaba de publicar a Portaria 139, de 03.04.2020, prorrogando o prazo de recolhimento dos seguintes tributos federais:INSS das competências de março...

CEO e Fundador do Grupo OYO renuncia a salário anual seguido por equipe de liderança

O COVID-19 impactou significativamente o setor de hospitalidade global, com as ocupações de diversas redes de hotéis sendo afetadas drasticamente. Nesse período difícil e...

O mundo precisa de pessoas juntas – Mensagem da Equipotel 2020 (Veja o vídeo)

O mundo precisa de pessoas juntas. Mas juntas de um jeito novo. Por hoje, pedimos que vivencie uma excelente hospitalidade em sua casa, para o seu...

Abav-SP e Aviesp realizam LIVE para esclarecer dúvidas dos agentes de viagens

A Abav-SP e Aviesp realizarão uma transmissão ao vivo pela página do Instagram (https://www.instagram.com/abavsp.aviesp/), no dia 7 de abril (terça-feira), às 14h30. A LIVE...

Roland de Bonadona, CEO da Accor, sob o ponto de vista dos outros

15 ANOS DIARIOS (Publicado dia 25 de junho de 2015)Redação do DTA noite desta quarta-feira (24) foi especial no hotel Pullman, Vila Olímpia,...

Curiosidade: quando surgiram os mapas?

Os mapas mais antigos que se têm registro hoje são os mapas babilônicos, confeccionados em argila por volta de 2.300 A.C. REDAÇÃO DO DTMuito...

Relacionadas

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias